Quem avisa é a expert Nina Horta: chique é cozinhar e comer em casa!

Então as férias, ou melhor, as pseudo férias, visto que trabalhei durante todo o período (em slow motion, mas trabalhei), terminaram. Debandamos de Punta del Este domingo por volta de 4h da tarde e chegamos em casa perto de 1h da madrugada. Viagem tranquila, graças a Deus – inacreditavelmente tranquila naquele trecho Pelotas-Porto Alegre, uma espécie de trem fantasma da série salve-se quem puder.

Minha mala, obviamente, ainda jaz intacta no chão do closet. Porque cheguei, molhei as plantas, fiquei embasbacada com a lindeza dos meus pés de manjericão (obrigada, Rosa, você foi uma mãe para eles), abri a geladeira e constatei o óbvio: nada para comer no café da manhã. Então, acordei – um pouco tarde, é verdade -, dividi com o Chico meia xícara de leite para cada um (e foi isso) e saí me descabelando para o Zaffari Higienópolis.

zaffari 808_1929929497_nRESULTADO DE DUAS HORAS PEREGRINANDO NOS CORREDORES DO SÚPER

Voltei empolgadíssima com nossas comidinhas durante as férias em Punta e as idas ao Porto para comprar peixes e frutos do mar. Então, no carrinho, além do básico papel higiênico, saco de lixo, sabonete, desodorante, frutas, verduras e blablablá, incluí também três filés frescos de brótola comprados na peixaria do súper e um saquinho de camarão pré-cozido congelado. Então, achei que merecíamos uma paellera e uma frigideira de presente, subi até o bazar, perdi mais algumas horas distraída por lá e voltei com esses dois imprescindíveis utensílios domésticos da Multiflon (não conhecia esta marca, achei linda!) para quem quer começar a fazer mais frutos do mar em casa e chamar os amigos para experimentar.

Olha a paellera!

profissional-blurp2OOOOOOHHHHH!!!!
Peguei esta foto no site! Foi comprada pensando nos amigos!

Olha a frigideira!

Profissional-510x188OOOOOOOHHHHH!!!
Foi comprada pensando em jantares a dois!

Ontem, na estrada, Chico e eu vínhamos conversando sobre essa história de comer mais em casa e de como isso é confortável. Sabe o ditado “a dor ensina a gemer?”. Pois então: lá em Punta, com os preços nas alturas nos restaurantes – e não valendo a pena gastar para comer o que esses restaurantes ofereciam (fazíamos tão bom quanto em casa com ingredientes frescos e uma vista de cinema da varanda do apartamento) -, começamos a experimentar pratos novos e fomos pegando gosto pela coisa.

Quando as férias permitem tempo para aprender a fazer ceviche

Então, vínhamos conversando na estrada sobre o que mais podíamos pesquisar para aprender e tal. Podíamos pesquisar novas receitas de peixes, risotos, coisas para fazer na nossa panela de Wok… O céu é o limite. Eu ia conversando com ele e dando uma olhadinha nas notícias da internet quando de repente, não mais que de repente….

03-por-ai-mulher-gritando513SOMOS CHIQUES!!

– O que é isso, Mariana? – ele perguntou, rindo, enquanto me espiava.
– Escuta esta notícia que acabo de ler no site Veja.com.: “Nina Horta diz que o chique agora é comer em casa”! – falei.
– Sério? – ele riu.
– Siiim! Peraí que vou tentar abrir para ler a notícia.

Só que a notícia não era de ler, era de assistir. Era o programa Bons de Garfo em que Nina, uma das maiores críticas de comida do país (que eu amo de paixão ler!!!) e colunista da Folha de S.Paulo, participa na TV Veja. Para quem quiser assistir o episódio na íntegra, este é o link: http://veja.abril.com.br/multimidia/video/nina-horta-o-chique-agora-e-comer-em-casa

ninaNINA É ESTA SENHORA MUITO SIMPÁTICA

No programa, ela diz:

“Para saber o que está na moda, primeiro você tem que botar a mão no bolso. Para saber o que é chique tem que saber antes qual é a quantidade de dinheiro que você tem. Quase ninguém hoje em dia está com um tostão no bolso. Então, o chique agora é comer em casa. A gente sempre dá um jeito de fazer do momento em que estamos vivendo algo mais glamouroso. Hoje, a realidade mostra que ninguém mais pode comer fora o tempo todo. Isso é para os endinheirados, que são poucos. Então, a solução para a maioria das pessoas é o homem ir aprendendo a fazer um risotinho (Nina ouviu tuas palavras, Chico!!!), a mulher também junta duas coisinhas ali e pronto. Moda tem que ser aquilo que você pode fazer. No momento em que você faz o que não pode, já não é moda. Quando falo em comer em casa, não é apenas comer. É o fazer, lidar com ingredientes, lidar com o fogão, comer conscientemente”.

James DevaneyESTOU ME ACHANDO MUITO CHIQUE

bento1123POBRE E EXIBIDA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

7 Comentários
  1. Somos chiquérrimas! Faz uns dois anos que eu honestamente enjoei de comer na rua e depois que passei a fazer as contas me dei conta que com o valor de um xis filé com bacon eu faço uma comida simples, deliciosa, sem gordura e ainda escolho a trilha sonora e componho a mesa conforme minha vontade. Meu namorado e meus amigos amam, pedem “junção” toda semana. É bom demais.

  2. Parabens!! Sucesso com as panelas, eu comecei assim ha 7 anos atras e hj cozinho super bem!!
    Hum e adorei a historia do ape em Punta, ja fui algumas vezes mas sempre eh hoteis q tbem sao caros…se puder me dar algumas dicas de como algugar p verao! Adorei La Barra e Jose Ignacio.
    Beijos

  3. Mariana,

    A única coisa que acho não muito chique são os camarões pre-cozidos. Um dia aprendi com um pescador, e vi ele fazer, que eles são assim pq estão estourando o prazo de validade e, cozidos, ganham mais tempo. E congelados ainda mais…..
    Mas, claro, são mais baratos que os “in natura” o que torna-os “chiques”.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻
  • Início de namoro no balanço. Fazenda Tapera, Santo Augusto, RS. Junho 2007. #tbt #valentinesday2019 ♥️
  • Uma tarde em família descobrindo @pueblogarzon e as maravilhas da cozinha do @restaurantegarzon do super chef @francismallmann 👌🏻🇺🇾🐶 #uruguay #poraí #francismallmann
  • “Não existe uma raça superior. Tem tanto valor um porteiro quanto um médico, porque cada um desempenha o seu trabalho com dignidade e cada um é importante para toda a sociedade. Nós não vamos acabar com os problemas sociais enquanto não mudarmos nossas cabeças e exigirmos dos que estão acima de nós o respeito que o povo tem que ter e merece ter. Tem que nos dar respeito, e não caridade pública, mas respeito”. Dona Mercedes, mãe de Ricardo Boechat. A fruta não cai longe do pé. 🖤 #rip #ricardoboechat