Quer aprender? Atitudes cotidianas que contribuem para melhorar o astral e ser mais feliz

Um estudo da Universidade de Wisconsin (EUA) constatou que o monge francês Matthieu Ricard, que vive no Himalaia há 40 anos, é uma das pessoas mais felizes do mundo. Ele apresenta alta atividade no córtex pré-frontal esquerdo, região ligada à sensação de felicidade, e quase nenhuma do lado oposto, relacionado à ansiedade. O segredo? Não se apegar a bens materiais e preocupar-se apenas com questões do espírito.

Mas você não precisa imigrar para o Tibet e passar horas meditando para ser feliz. Cientistas calculam que 50% da felicidade é determinada pela genética, 10%, pelas circunstâncias da vida e 40%, por pensamentos e ações. Ou seja, você tem boa parte do controle. Não é um alento saber disso? Por isso, que tal dar uma espiadinha em pequenas atitudes que contribuem para melhorar o astral para o resto da vida?

mulher curiosaLIÇÃO 1: AGUCE A CURIOSIDADE

Pessoas inquisitivas têm mais chances de extrair significado e prazer de pequenas coisas. É o que mostra um estudo publicado na revista americana Motivation and Emotion. Mas não vale passar a tarde procurando vídeos novos no YouTube. O ideal é experimentar atividades fora da sua área de conforto.

– Quanto mais diversifica o seu dia a dia e descobre atividades novas, mais exercita o cérebro e melhora o humor – diz Ana Maria Rossi, psicóloga e presidente da Isma-BR (braço brasileiro da International Stress Management Association). Prefira atividades que desenvolvam habilidades específicas, como aulas de idiomas. Isso porque, para aprender, você se desliga dos problemas cotidianos.

aguaLIÇÃO 2: ACORDE COM ÁGUA

A equação não é complicada: a desidratação deixa você para baixo, numa morosidade só, e a água ajuda a recuperar os níveis de energia. Já foi constatado que a taxa de hidratação é menor pela manhã. Então, tomar um ou dois copos do líquido logo cedo é um bom antídoto contra o mau humor matinal. Outra pesquisa recente mostrou que a água torna a malhação mais prazerosa. As pessoas que se hidratavam antes de subir na esteira e a cada 20 minutos, durante o esforço físico, disseram estar mais bem-humoradas ao longo e depois da atividade do que aquelas que não se hidratavam.

LIÇÃO 3: APOSTE NAS GORDURAS CERTAS

Estudos mostram que dietas com menos de 25% das calorias vindas de gorduras aumentam a ansiedade, a frustração e a raiva. Por isso, nada de riscá-las do cardápio. Mas é preciso escolher as fontes certas, ou pode surtir o efeito contrário.

– Quem ingere muita gordura saturada fica mal-humorada, por exemplo – alerta a nutricionista Anna Christina Castilho.

A dica é preferir as monoinsaturadas (encontradas no abacate e em oleaginosas) e o ômega-3, presente principalmente nos peixes de água fria.

– Esse tipo de gordura cria um ambiente ideal para a troca rápida de mensagens entre as células cerebrais. Na ausência de ômega-3, o cérebro se adapta e as respostas ficam mais lentas, levando a alterações de humor – ensina Anna.

bigstock_Writing_Soft_focus__16411064LIÇÃO 4: TÁ RUIM? ESCREVA!

Em momentos de tensão, é comum que nosso cérebro foque em pensamentos negativos.

– Precisamos mudá-los ou neutralizá-los para que não nos influenciem – diz a psicóloga Ana Maria Rossi.

Como? Fazendo uma faxina mental: identifique exatamente o que passa pela sua cabeça. Depois de isolar os pensamentos negativos, analise-os com calma (escrevê-los num papel pode ajudar). Por exemplo: se estiver preocupada com seu emprego, enumere possibilidades para apaziguar a angústia: converse com seu chefe, conheça a situação da empresa, acione sua rede de contatos.

woman-reflection-self-esteem-image-mirror-stocksy-mainLIÇÃO 5: ASSUMA VOCÊ

Seu conceito de felicidade não é bem a família de propaganda de margarina? Ok. Nem precisa ser. Estar encaixada no padrão social não significa necessariamente felicidade. Tente levar a vida de acordo com o que deseja e lute para conseguir. Não é fácil, mas lembre-se de que a maioria das situações que acontecem (de bom e de ruim) com você depende… de você.

handsLIÇÃO 6: PROMOVA O BEM

Pesquisadores da Universidade da Califórnia pediram a voluntários que fizessem ao menos cinco boas ações por semana. Os mais dedicados – que faziam cinco boas ações por dia – relataram maior sensação de felicidade. Outro levantamento indicou que quem expressa gratidão com frequência – e de forma sincera – também controla melhor a ansiedade.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. É isso aí, o segredo é aprender a sentir a felicidade possível com o que a vida nos apresenta e não pirar muito naquilo que não podemos resolver. E, mais do que tudo, nunca dar importância excessiva ao que não importa tanto assim. Vai ser lindo o dia que a gente aprender essa lição plenamente.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Pra quem conhece alguém precisando cair na real 👌🏻🍷
  • Bad hair day e antenas brancas a gente não vê por aqui! 👌🏻 #mariespertinha #truquedeestilo #turbante #veludo #youhairstore
  • Que Nossa Senhora Aparecida esteja sempre contigo, Bentolino. Feliz Dia da Criança, meu velho companheiro de jornada há 17 anos ♥️🙏🏻🐶 #bento #xerife
  • Transformação do dia para o Band Mulher #semfiltro #grupobandrs #twentyfourseven.poa
  • Né?! 👌🏻🤣
  • Teve um surto master de apaixonite pela dinda hoje 🤣♥️ #joaobenicio #amordadinda