Samambaia (a planta): o retorno

Fazia alguns dias que não acontecia, mas esta madrugada aconteceu. Tive INSÔNIA.
Tive insônia DE NOVO.

VISÃO DO INFERNO

Já andava destreinada quanto ao que fazer em momento “uups, ela chegou”. Levantar da cama e beber um leitinho morno, como diz meu pai?

UUUUUUUGGGHHHH!
ODEIO!
LEITE EMPAPUÇA

Comecei a pensar por que raios eu estava com insônia. Obviamente, ficar pensando na cama o motivo de estar com insônia só me deixou com mais insônia. Vira pra cá, vira pra lá, vira pra cá, vira pra lá. Meia hora, uma hora, uma hora e meia. Despertei às 4h e às 5h30 eu seguia assim.

MAS POR QUE ESTOU COM INSÔNIA?

Estou com insônia, e provavelmente seguirei com insônia durante toda esta semana, porque, na próxima sexta-feira, fui convidada para falar sobre o que me inspira, me inspirou ou tem me inspirado ao longo da vida. Meu falatório (que eu ainda não sei por onde começar e daí vem a insônia) faz parte da programação da Semana ARP da Comunicação. Será no Restaurante Constantino, às 12h15, para quem quiser aparecer.

Neste recinto e suas adjacências

Portanto, neste exato momento, eu tenho pouco mais de 72 horas para montar uma palestra informal sobre o que me inspira.

ESTOU LEVEMENTE APAVORADA

Mandei um email para minha amiga Titha Kraemer, que esteve exatamente neste mesmo lugar e nesta mesma posição em que me encontrarei daqui pouco mais de 72 horas, e perguntei mais ou menos como era a experiência. Ela me mandou sete emails com trocentos mil arquivos de Power Point que tinha preparado para a ocasião.

EU NÃO SEI NEM ESCREVER A PALAVRA POWER POINT!

Perdi uma hora e meia de sono e não cheguei à conclusão nenhuma, além do fato de constatar que minha cartela de Omeprazol tinha terminado. Resolvi mudar o foco do pensamento e mudar de novo de lado na cama pra ver se conseguia dormir. E comecei a pensar em samambaias.

PENSAR EM QUÊ, MARIANA?

Em sa-mam-bai-as.

PENSAR EM SAMAMBAIAS ÀS 5H30MIN DA MADRUGADA?

ESTAVA TENTANDO PENSAR EM ALGO AMENO!
EM ALGO QUE NÃO ME TIRASSE O SONO!

Estou numa época revival. Depois do LOLO e da bala XAXÁ, ando querendo pendurar umas samambaias em casa. Fui avisada de que, se isso acontecer, o divórcio será iminente. Portanto, eu uso a hora do meu sono para sonhar com samambaias.

OLHA QUE LINNNNNDO!!

Samambaia me faz lembrar muito a infância. Minha mãe tinha xaxins de samambaias pendurados pela casa inteira. Era febre nos anos 70 e 80. Daí, o tempo passou e as coitadas das samambaias foram tiradas para plantas cafonas.

TÁ RINDO DE QUÊ?
TUDO CULPA TUA!

Agora, para minha felicidade e das pessoas que não usam lingerie de samambaia, a decoração vive um revival desse tipo de planta. Segundo eu li no jornal O Globo, dizem os paisagistas que é graças à popularização dos jardins verticais. E por que as samambaias viraram as estrelas de jardins internos e externos?

Quem explica é a paisagista Anna Luiza Rothier.

ACOMPANHEM POR FAVOR!


“Para se ter um jardim vertical, é preciso optar pelas chamadas plantas parasitas, que necessitam de pouca terra. A samambaia é uma delas. E sai na frente das outras plantas do tipo porque fica logo cheia, ajuda a compor, e faz um acabamento muito bonito”.

NÃO, NÃO, NINGUÉM ESTÁ FALANDO CONTIGO
ESTAMOS FALANDO DE JARDINS VERTICAIS

Anna Luiza conta que adora misturar samambaias com avencas, bromélias e orquídeas.

AVENCA

BROMÉLIA

ORQUÍDEA


Existem vários tipos de samambaias. Há mais de 10 mil espécies do gênero. A Americana é uma das mais tradicionais – apelidada de Samambaia de Metro. A Azul, outra que está entre as preferidas de paisagistas, ganha um pouco dessa cor azulada com o crescimento; a Jamaica tem folhas mais claras; e a Renda Portuguesa tem esse nome porque parece mais ornamental.

Esta é a Americana, que tinha na casa da minha mãe e que ameaça o meu casamento



Esta é a folha da Samambaia Renda Portuguesa

E ESTE É O PÁTIO DO SANTUÁ, PALCO DA NOSSA CONFRARIA

CONFRARIA?
QUE CONFRARIA?!

A confraria que eu disse que repetiria toda a semana

PARA QUE NINGUÉM DIGA QUE EU NÃO AVISEI



24 DE NOVEMBRO
SÁBADO, 17H
SANTUÁ BOTECO
RUA DR.TIMÓTEO, 487


Lembrando as regras:

1) Não vale pedir Coca-Cola Zero.
2) Não vale mandar o marido ou o namorado passar lá antes das 20h. Depois, pode.
3) Não vale levar filhos, sobrinhos, afilhados e agregados.
4) Não vale ficar com vergonha e desistir na última hora. Lembrem-se que nós estamos formando uma turma muuuuuuito bacana, que todo mundo é como é – e que isso é o mais legal da nossa confraria.
5) Não vale me mandar descer da árvore

JÁ AVISEI QUE VOU FICAR AQUI
VOU FICAR DESACORDADA ATÉ O DIA DOS MEUS 40 ANOS

 


Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Acho que vou tentar ter uma samambaia lá em casa! Eu não tenho jeito com as plantas, todas morrem!!!! Todas!!! tenho até pena da samambaia que vai parar lá em casa… mas vou tentar de novo…

  2. Acho que vou tentar ter uma samambaia lá em casa! Eu não tenho jeito com as plantas, todas morrem!!!! Todas!!! tenho até pena da samambaia que vai parar lá em casa… mas vou tentar de novo…

  3. Eu amo samambaias! Todas são lindas! Mas a paisagista foi infeliz ao chamar de “parasitas”. Conceitualmente nem as samambaias, nem avencas, bromélias e orquídeas são.

  4. Eu amo samambaias! Todas são lindas! Mas a paisagista foi infeliz ao chamar de “parasitas”. Conceitualmente nem as samambaias, nem avencas, bromélias e orquídeas são.

  5. Achei que eu era a única que conseguia misturar plantas com insônia…. Ah, e com marido tb… hehehe Logo que me casei tive uma crise de insônia, mas meio psicótica, comecei a tentar conversar com o coitado do meu marido já dormindo… (Dá pra entender?!?)
    Bom, ele usou a frase que até hoje eu lembro quando tenho insônia: Patrícia, vai conversar com as plantas pra ver se tu relaxa!!!!
    hehehehe
    Pois é…

  6. Achei que eu era a única que conseguia misturar plantas com insônia…. Ah, e com marido tb… hehehe Logo que me casei tive uma crise de insônia, mas meio psicótica, comecei a tentar conversar com o coitado do meu marido já dormindo… (Dá pra entender?!?)
    Bom, ele usou a frase que até hoje eu lembro quando tenho insônia: Patrícia, vai conversar com as plantas pra ver se tu relaxa!!!!
    hehehehe
    Pois é…

  7. Aaah se desse pra enviar sono pelo correio….

    eu estaria distribuindo o meu por aí de graça…

    Se bem que eu não gostaria de ter experiências com a insônia… hahahaha

    Ô Mari, já tentaste numa dessas insônias da vida tomar um copinho desse vinho geladinho aí?! hahahaha

  8. Aaah se desse pra enviar sono pelo correio….

    eu estaria distribuindo o meu por aí de graça…

    Se bem que eu não gostaria de ter experiências com a insônia… hahahaha

    Ô Mari, já tentaste numa dessas insônias da vida tomar um copinho desse vinho geladinho aí?! hahahaha

  9. Querida Mari, A M E I o teu blog!!! parabéns…comecei lendo tua coluna no caderno Donna, tu és ótima!!!! adorei o teu estilo de escrever, principalmente as ilustrações,
    são muito boas, fica muito gostoso de ler e me identifico muito com o que tu escreves,,
    são coisas do nosso cotidiano contadas de uma maneira muito irreverente…grande beijo Carmen

  10. Querida Mari, A M E I o teu blog!!! parabéns…comecei lendo tua coluna no caderno Donna, tu és ótima!!!! adorei o teu estilo de escrever, principalmente as ilustrações,
    são muito boas, fica muito gostoso de ler e me identifico muito com o que tu escreves,,
    são coisas do nosso cotidiano contadas de uma maneira muito irreverente…grande beijo Carmen

  11. Mariana!!!! adorei teu blog assim como adoro tua coluna no Donna… não tenho conseguido ler muito devido a rotina com meus dois filhos (um de quase 5 anos e uma de 7 meses) então…. tua coluna e o blog são uma delícia, pois são divertidos… textos curtos…. e com os quais me identifico muito…. amei aquele da esteira… to rindo até agora e concordo plenamente com vc…. ainda to tentando me convencer q ela não virará um cabide na minha casa… ahahahhah bjsss

  12. Mariana!!!! adorei teu blog assim como adoro tua coluna no Donna… não tenho conseguido ler muito devido a rotina com meus dois filhos (um de quase 5 anos e uma de 7 meses) então…. tua coluna e o blog são uma delícia, pois são divertidos… textos curtos…. e com os quais me identifico muito…. amei aquele da esteira… to rindo até agora e concordo plenamente com vc…. ainda to tentando me convencer q ela não virará um cabide na minha casa… ahahahhah bjsss

  13. Mariana Kalil vou brigar ctgo. Eu sei mexer mt bem em power point e keynote e afins… Como que não me chama? Teria amado fazer! O que precisasse! Mas oh eu iria amanhã te ver, até me inscrevi, mas agora resolvi fazer greve, me rebelar contra ti por não ter me chamado! Rsrsrsrs! Tah bom eu vou arrumar um jeito de ir pra te ver sem power point. E vou te dizer mil vezes sem tah? Tem q ser original! Bjbj

  14. Mariana Kalil vou brigar ctgo. Eu sei mexer mt bem em power point e keynote e afins… Como que não me chama? Teria amado fazer! O que precisasse! Mas oh eu iria amanhã te ver, até me inscrevi, mas agora resolvi fazer greve, me rebelar contra ti por não ter me chamado! Rsrsrsrs! Tah bom eu vou arrumar um jeito de ir pra te ver sem power point. E vou te dizer mil vezes sem tah? Tem q ser original! Bjbj

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.