Scarlett Johansson: a evolução do estilo da dona da maior bilheteria do cinema

O mais recente ranking divulgado pela indústria cinematográfica mostra que Scarlett Johansson é a única mulher na lista dos 10 artistas com maior bilheteria do cinema americano. Aparece em décimo lugar atrás de nove estrelas masculinas. A atriz conquistou lugar cativo no top 10 após os filmes nos quais atuou acumularem a soma de US$ 3,3 bilhões de dólares só nos Estados Unidos. O campeão? Harrison Ford, que traz no currículo personagens lendários em filmes igualmente lendários como as séries Star Wars e Indiana Jones. Cameron Diaz é a segunda mulher mais bem colocada no ranking. Ocupa 19 lugar. Emma Watson figura no posto 32. Jennifer Lawrence, apesar de muitos blockbusters, três indicações ao Oscar e a conquista de uma estatueta, aparece em posição bem mais abaixo: 55.

scarlett-johannson capa1SCARLETT JOHANNSON: ÚNICA MULHER NO TOP 10

Scarlett Johannson, 31 anos, estreou no cinema aos 10 anos, porém foi aos 14, graças à atuação em O Encantador de Cavalos, ao lado de Robert Redford, que acabou conhecida do grande público. Sua consagração veio pelas mãos da diretora Sofía Coppola em Encontros e Desencontros. Que filme! Lembro que morava em Barcelona quando ele foi lançado (Lost in Translation é o título original) e voltei ao cinema mais duas vezes para assistir outra e outra vez. Não satisfeita, comprei o DVD só para tê-lo pertinho de mim.

lost in translationA ATRIZ E BILL MURRAY EM UMA DAS CENAS DO FILME
Se ainda não viu, por favor! Para ontem!

Desde então, passei a acompanhar a trajetória da atriz, suas escolhas, seus papéis. Ela tem conseguido equilibrar a participação em filmes populares e no cinema independente. Não sou muito chegada em blockbusters, não acompanhei o desempenho dela na série Vingadores nem em Capitão América ou Homem de Ferro. Em compensação, adorei vê-la em filmes como Scoop – O Grande Furo, Ponto Final – Match Point e Vicky Cristina Barcelona.

vicky cristina barcelona Match_Pointscoop#FICAADICA PRA QUEM PERDEU

Em Travessia de Verão,  Scarlett fez sua estreia como diretora. A história transcorre na década de 1940 e gira em torno de uma jovem de 17 anos que passa o verão em Nova York enquanto a família viaja para Paris. É a narrativa da sua libertação de uma família rica e super protetora na busca da própria identidade. O filme é uma adaptação do livro de título homônimo e primeiro romance do jornalista Truman Capote, autor de clássicos como Bonequinha de Luxo e A Sangue Frio.

a sangue frioNÃO LEU ESTE LIVRO? LEIA PRA ONTEM!

Para o analista de mercado especializado na indústria cinematográfica, Paul Dergarabedian, Scarlett é uma atriz que, graças à diversificação da carreira, consegue assumir hoje este lugar privilegiado de ser uma das estrelas mais valiosas do cinema.

Casada com o jornalista francês Romain Dauriac, ela tem uma filha, Rose, de dois anos. Já foi chamada de Marilyn Monroe dos tempos atuais e tem cadeira cativa nas listas de mulheres mais sensuais do mundo. O estilo tem sido aprimorado ao longo dos anos e da experiência em tapetes vermelhos. Há episódios desastrosos no início dos anos 2000 que sequer lembram a estrela atual.

SJ malditas aranhas 2002FALTAVA POSTURA EM 2002, NA PRÉ-ESTREIA DE “MALDITAS ARANHAS!”

SJ a mighty wind 2003FALTAVA PERSONAL STYLIST EM 2003, NO LANÇAMENTO DE MIGHTY WIND

Mesmo com tamanho mignon (tem 1m60cm), Scarlett Johansson consegue incorporar a aura das grandes divas de Hollywood. Abusa de decotes, fendas, cores e batom vermelho nas noites de gala e prefere vestidos e trajes com a cintura alta bem marcada, o que valoriza sua silhueta ampulheta (tronco curto e pernas longas). Foi com Scarlett que aprendi a investir em figurinos de cintura alta, visto que também tenho o mesmo estilo de corpo.

Espia na galeria como a atriz utiliza-se deste artifício para valorizar as curvas – seja com vestidos curtos e longos ou com peças de alfaiataria.  E como este recurso contribui para deixá-la curvilínea. Ótima dica para quem tem o corpo neste formato! Clique em cima de cada foto para vê-la no tamanho original.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.