Se a ideia é conhecer pessoas e se divertir, “Viver POA” é o canal!

Tem um tempinho já, a Angela, uma conhecida de loooonga data, comentou que havia se mudado para Porto Alegre e estava abrindo um novo negócio. Me contou que se tratava de uma agência de entretenimento voltada principalmente para pessoas a partir de 60 anos. A ideia da Angela era a seguinte: oferecer a homens e mulheres a possibilidade de participar de uma programação muito bacana, com eventos variados.

mulher-questionando1-202x300-336x499EXPLICA MELHOR, MARIANA

Ah!!! Mas elas estavam demorando para invadir a casa nova! Como é que essas invasoras de blog me acharam aqui? Pensei que tinham se perdido pelo caminho, mas não. Praga que é praga persegue a presa onde ela estiver, sobretudo se a presa é dona de um Xerife que não fareja um palmo diante do nariz.

bento1125A CULPA É DA MANA

Vejam essa agora! Eu já havia notado que Bento andava dando umas ordens para a Alpaquinha, mas não estava conseguindo entender muito bem que ordens eram essas, uma vez que os cochichos dos dois se fazem ouvir pelos cantos de toda a casa. Resumindo: como o animal veio ao mundo a passeio, ele intitulou-se o Xerife de Observação e Comando; a Mana é a Policial de Guarda e Ataque. O que ele pretende com isso? O óbvio: mandar a Mana trabalhar enquanto ele fica gelando a barriga no chão.

bento1125SOU DOS ESPERTOS

E agora, como as invasoras apareceram, tirou o corpo fora dizendo que a culpa é da pobre da Alpaquinha.

bento1125CADA UM COM SUAS MISSÕES

olivia101AINDA BEM QUE EU MORO COM A VÓVA

Pois como eu ia contando antes deste celeuma instalar-se provocado pela invasão de uma invasora ansiosa de plantão, a Angela criou a Viver POA. O que é a Viver POA: trata-se de uma agência de entretenimento que possui uma van que leva e busca a gente em casa e oferece um cardápio de programações diárias que muda a cada semana. Quem está curtindo muito essa ideia, me contou a Angela, é justamente o público para o qual ela pensou o projeto: pessoas com mais de 60 anos, sobretudo mulheres, que querem se divertir, se distrair e não ficar dependendo de carona, de filhos, de quem busca e de quem leva. Querem curtir a vida com independência e segurança.

Woman-Asking-Question-20-749x499E TEM COISA MELHOR?

As atrações variam semanalmente. Funciona assim: a gente liga, reserva nosso lugar, a van nos busca em casa, nos leva para o passeio e nos devolve com segurança no conforto do nosso lar doce lar. Conversando com a Angela dia desses, em que nos encontramos por acaso no Parcão, ela me contou que o novo trabalho está enchendo sua alma.
– As pessoas ficam felizes, realizadas, batem papo, se divertem. E tu acredita que, na hora de voltar para casa, elas não querem que o programa acabe? – falou, rindo.

amo-almondegas11ACREDITO MUITO!

Bom, acaba de sair do forno a programação para os meses de novembro e dezembro do Viver POA – e eu, como uma entusiasta da vida livre, leve, solta e divertida,  independentemente da idade, não podia deixar de compartilhar.

Olha!

programa 724_7346913459031009419_oprograma dois 17889401_4829038927478022653_n

programa tres 3 30957889407_4326773708347039085_o

papa-leguas-250508PARTIU?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.