Silêncio, por favor!

Fui convidada para um casamento. Aliás, não só fui convidada para um casamento como a noiva exigiu minha presença junto dela na hora de se vestir e de ir para a igreja. O casamento estava marcado para às 19h.

Nem um minuto a mais nem a menos

Às 20h30min, meu pai ligou no meu celular.

– Mariana, vocês enlouqueceram? O noivo está desesperado, os convidados estão inquietos, onde tu te meteu com a noiva?

– Pai, o que eu posso fazer? Só agora ela ficou pronta.

– Venham já!

Sim, senhor senhor!

Saímos correndo até a Zona Sul. Arrumei a Gabi para entrar na igreja, a marcha nupcial começou a tocar e ela foi caminhando sozinha. Deu uns 10 passos compenetrada.
Mas de repente…
Começou a correr na direção do noivo, e o noivo a correr na direção dela!

Uma coisa meio Usain Bolt!

Os dois se encontraram no meio da igreja, em cima do tapete vermelho, se abraçaram. Gabi foi tirando a roupa e tinha por baixo um terno cinza igual ao do noivo. Como se não bastasse a cena surreal, eles começaram a apresentar uma dancinha que tinham coreografado!

Começava meio assim…

… seguia meio assim…

… Gabi olhava para os convidados e fazia meio assim

Fiquei tão, mas tão apavorada com a cena (“agora o pai vai dizer que a culpa disso é minha também”, pensei) que saí correndo porta afora da igreja, entrei no carro, fugi me descabelando da Zona Sul, mas errei numa curva, o carro derrapou e eu caí de vidros fechados dentro do Guaíba.
O carro foi afundando, afundando, e eu pensando “Meu Deus, meu Deus, trava elétrica, não vou conseguir sair, vou morrer afogada no Guaíba….”

AFOGADA, SIM
NO GUAÍBA, NÃÃÃÃÃOOOOOOO!!!!!

– Isso tem que ser um pesadelo, tem que ser um pesadelo, tem que ser um pesadelo – eu pensava, enquanto esmurrava o vidro do carro.
Foi quando…

TÓIN! Despertei.

Era um pesadelo.
E sim….

TIVE INSÔNIA DE NOVO!

Mais precisamente às 5h18min. Sim, eu olho o relógio quando tenho insônia.
Na hora pensei:
– Me ferrei
Estava acertadíssimo comigo mesma que levantaria às 6h15min nesta segunda. O casamento da Gabi adiantou meus planos.
Pulei da cama, só que o Bento não estava onde tinha que estar – na cama dele.
O Bento estava debaixo dos meus pés.
E eu pisei no rabo dele.
O que isso significa pisar no rabo de um Lhasa Apso de 11 anos que estava dormindo?

BENTO = TUBARÃO
MARIANA = FOCA

Não bastasse a insônia, eu havia sido atacada.

O que me restava?

Minha bola de pilates,
uma das melhores aquisições dos últimos tempos

Eu acredito que tudo na vida é uma questão de perspectiva.
E essa perspectiva fica muito mais saudável e otimista quando se tem por perto uma bola de pilates para se alongar.

Essa é a melhor posição de todas, faço isso todos os dias

Esta é maravilhosa para estender a coluna.
Vai pra trás e volta, vai e volta

Incrível pra alongar a lateral do corpo, um lado de cada vez

Fiquei uma meia hora nesse revezamento e momento de superação, interiorizando que sim, eu reverteria a levantada com pé esquerdo desta segunda-feira.
Até o momento, está tudo sob controle.
Mas, ainda assim, aconselho:

NÃO FALEM COMIGO HOOOOJE!

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.