Só o Dr.Merheb me salva

Segunda-feira, terminada a maratona Donna Fashion Iguatemi, sofri um apagão. Sério: apaguei. Passei o dia apagada no sofá,  como se tivesse levado uma bordoada na cabeça. Entre uma adormecida e outra, resolvi mexer em antigas fotos e anotações, coisas que ficam guardadas durante anos em pastas e que nunca encontro tempo para abrir – até porque mexer em coisas do passado requer de mim uma certa disposição emocional.

Quando morava no Rio, as paredes, armários e a geladeira da minha cozinha eram cobertas de fotos e citações. Minha cozinha era a atração do apartamento. Todo mundo que chegava lá em casa perdia pelo menos meia hora olhando as imagens e lendo trechos de livros, artigos e entrevistas que eu haiva feito e que, de alguma forma, tinham me dito algo que eu gostaria de lembrar diariamente: por isso essas frases ficavam coladas ao alcance do meu nariz.

Quando voltei para Porto Alegre, arranquei tudo correndo, encaixotei e nunca mais tinha mexido… até segunda-feira. A viagem ao passado ia de vento em popa, com algumas lágrimas, alguns risos, boas lembranças até que, olhando uma foto, me olhando no espelho, olhando outra foto, me olhando no espelho…. PERCEBI QUE ESTAVA GORDA!

Imediatamente, recorri ao Dr.Merheb. Já contei sobre ele aqui. O Dr. Alexandre Merheb foi meu médico nutrólogo no Rio de Janeiro quando eu resolvi que, fechando a boca e seguindo suas instruções, deixaria a Natalie Lamour no chinelo. De fato: nunca estive tão bem na vida. Mas degringolei. E achei, na segunda-feira de tarde, que havia chegado a hora de colocar o projeto Merheb em prática novamente.

O Dr.Merheb tem um site que se chama Metabolikey. Através dele, nos orienta em dietas com auxílio online. A minha dieta com o Dr.Merheb dura 40 dias. Nos 10 primeiros, com restrição absoluta de carboidratos. Em seguida, vem a temporada de repouso, com ingestão de carboidratos, e então passo por mais 10 dias de restrição. É paulada, tem que estar a fim de fazer messssmo, mas, pelo menos para mim, é a única dieta que funciona.

Estou hoje no terceiro dia de ovos, peito de peru, queijo, frango, gelatina… e só duas taças de café por dia. No terceiro dia sem carboidratos, dá uma certa fadiga, a gente fica mais cansada e a serotonina baixa um pouco, mas não há de ser nada. Agora que a Juliana Paes andou dizendo que não quer tirar muito a roupa na novela O Astro porque ainda não voltou à boa forma depois da gravidez, deixa pra mim: passo dela rapidinho. Hahahahahhahahha!!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Mariana, acho que você tem problemas sérios com a sua autoimagem. Sempre falando em dietas… e assim, vi você no Donna Fashion e se você está gorda, sobre o que para o resto do universo? Gosto muito do seu blog, sempre com dicas interessantes.. mas esse assunto tá meio repetitivo…

  2. Mariana, acho que você tem problemas sérios com a sua autoimagem. Sempre falando em dietas… e assim, vi você no Donna Fashion e se você está gorda, sobre o que para o resto do universo? Gosto muito do seu blog, sempre com dicas interessantes.. mas esse assunto tá meio repetitivo…

  3. Oi, Ellen! Não, não tenho problema, não. Acho que passei uma impressão errada pra você, talvez você não tenha compreendido o tom bem-humorado com que lido com o assunto. Mas tá: vou “virar o disco”, como se diz. E siga aparecendo por aqui, viu? Att. Mariana

  4. Oi, Ellen! Não, não tenho problema, não. Acho que passei uma impressão errada pra você, talvez você não tenha compreendido o tom bem-humorado com que lido com o assunto. Mas tá: vou “virar o disco”, como se diz. E siga aparecendo por aqui, viu? Att. Mariana

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.