Sobre espíritos que se encontram em sonhos e esteiras que salvam vidas

Noite passada sonhei com o Snoopy. Snoopy, também conhecido como Gordo, meu querido e amado cocker spaniel preto, foi meu primeiro cachorro – aquele por quem tive pela primeira vez a responsabilidade de cuidar. Snoopy morreu aos 13 anos de idade, quando eu acabava de completar 23. Ou seja: lá se vão 20 anos. Ele é o tema de um dos capítulos do meu último livro, Tudo tem uma Primeira vez. Falo da minha relação com o Gordo em A primeira vez que fui dona de cachorro.

Muitas leitoras que já leram o livro me escrevem dizendo que choraram litros. Eu também chorei escrevendo. Porque o tempo faz com que a gente esqueça algumas coisas, e eu confesso que havia esquecido um pouco como Snoopy e eu vivemos momentos cruciais juntos. Imagina: dos meus 10 aos meus 23 anos, ele esteve diariamente ao meu lado. Passamos infância, adolescência e entrada na vida adulta juntos, Quantas experiências não dividimos…

Tenho várias fotos do Snoopy – e justamente aqui, onde agora escrevo, deveria colocar uma delas. Mas estão todas em uma gaveta na casa da minha querida mami. Uma gaveta que tentei abrir desesperadamente dia desses e está emperrada.

woman-looking-crazy-feature-280x1253NÃO HÁ JEITO DE SE MEXER

Mas não desisti. Hoje quero voltar lá e dar um jeito na maldita gaveta e dar jeito de resgatar minhas memórias de lá. Estava contando que sonhei com Snoopy e não lembro de ter sonhado com ele outra vez. Acho que foi a primeira. Acordei muito emocionada ontem e passei o dia meio fora do ar. No meu sonho, eu sentava no chão e acariciava muito o rosto dele. E ele estava jovem. Não estava cego nem velhinho, de carinha branca como estava quando morreu, nada disso. Estava um guri.

bento1123TIPO EU

Acariciei muito o rosto do Snoopy durante o sonho, sentada no chão, ao lado dele. Foi um legítimo reencontro. Então, quando acordei, senti aquela sensação de vazio de uma despedida, uma nova despedida. E lembrei de uns livros que andei folheando na minha ida a Santa Maria. Estava lá na Athena Livraria, esperando o táxi que me levaria para a rodoviária e resolvi dar uma olhada em alguns livros de espiritismo. Puxei um, O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec, e abri aleatoriamente numa página que falava sobre espíritos que se utilizam do sono do nosso corpo físico para darem uma volta no mundo espiritual e se (re)encontrarem.

WOMAN-CONFUSED-facebook-752x3761LOUCO, NÃO?

Eis um capítulo que me chamou muito a atenção:

O Sono E Os Sonhos

Durante o sono, a alma repousa como o corpo?
Não, o Espírito jamais fica inativo. Durante o sono, os liames que o unem ao corpo se afrouxam e o corpo não necessita do Espírito. Então, ele percorre o espaço e entra em relação mais direta com os outros Espíritos.

Como podemos julgar da liberdade do Espírito durante o sono?
Pelos sonhos. Sabei que, quando o corpo repousa, o Espírito dispõe de mais faculdades que no estado de vigília. Tem a lembrança do passado e, às vezes, a previsão do futuro; adquire mais poder e pode entrar em comunicação com os outros espíritos, seja deste mundo, seja de outro.

olivia10-350x4995SERÁ QUE TU ENCONTROU O GORDO?

Pois é… Não sei. Mas que acordei e passei o dia com uma sensação de vazio, passei. E então, no meio da manhã, quando essa sensação estava ainda mais forte e juro que pensei que entraria em um estado de tristeza profunda, tive a melhor ideia e iniciativa dos últimos tempos: fui caminhar na esteira.

chocada61HÃ?

mulher-questionando1-202x300-336x499COMO É QUE É, MARIANA?

Eu sei, eu sei, eu sei que pode parecer loucura. Logo eu, a pessoa que mais amaldiçoa a esteira no mundo, recorri à ela em um momento de fraqueza. Mas foi a melhor coisa que eu fiz. Precisava liberar serotonina, dopamina e todos esses troços que dizem que promovem bem-estar mental na gente, sabe? Então, peguei meu iPad, coloquei no canal da Jout Jout no YouTube e, quando vi, tinha caminhado 45 minutos sem me dar conta. E o melhor: às gargalhadas.

maxresdefaultEU AJUDEI VOCÊ, MARIANA??!

Sim, Jout Jout!!! Obrigada! Sou sempre muito grata a você, como já contei no post Julia, minha mais nova melhor amiga.

E então, numa segunda-feira em que inferno astral + TPM juntaram-se às recordações e saudade do meu primeiro cachorro, eu, Mariana, prestes a completar 43 anos no próximo dia 19, fiz daquela que era uma rival dentro de casa a minha melhor amiga. A esteira da Mariana, vista por ela como uma arqui-inimiga transformou-se, em 40 minutos, em sua melhor amiga. Mariana e sua esteira vivem neste momento de suas vidas uma relação de amor e paixão enlouquecedoras. Selaram juras eternas de amizade e prometeram encontrar-se diariamente durante 40 minutos.

Woman-confused3MORAL DA HISTÓRIA, MARIANA?

O que sempre me disseram e eu nunca quis acreditar: está chateada? Entristecida? Desenxabida da vida? Exercite-se. Além do mais, emagrece.

scared-woman2-267x300NÃO É SENSACIONAL?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. Bom dia cara Mariana! Sou espírita Kardecista e fiquei muito feliz com o artigo. Usufrua mais do Livro dos Espíritos, bem como das outras obras básicas, “Evangelho Segundo Espiristismo”, “A gênese”, “O céu e o Inferno” e “o Livro dos Médiuns”, vais encontrar mas respostas do que imagina!
    Conhecer a doutrina mudou a trajetória da minha encarnação (ainda bem) e a divulgo, tanto quanto posso, para que essa luz chegue ao maior número de pessoas possível!

    abraço fraterno!
    tenha ótima semana!
    BjoJô

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • É o amor! Que mexe com a minha cabeça e me deixa assim... 🤣♥️ #alemoa #bestfriend
  • Novo cabelo de Mariana. Sem filtro. Obrigada. De nada! 👌🏻 Obra do master @rafabedulli ♥️
  • Terá a justiça dos homens e conhecerá como outros monstros da História a Justiça Divina.
  • Amor de primos irmãos. Um sentimento lindo de ver e vivenciar. Que a vida siga iluminando essa amizade hoje e para todo o sempre, meus amados Marina e João Benício. E que essa imagem sirva, especialmente agora que uma data tão simbólica como o Natal se aproxima, como entedimento e compreensão de que acima de qualquer presente de Papai Noel, está a entrega incondicional e o bem-querer ao próximo. ♥️
  • Cada vez mais marcas entendem que o presente e o futuro da comunicação passam por associar seu nome não apenas à imagem de influenciadoras digitais, mas, sobretudo, ao conteúdo capaz de humanizá-las. Obrigada @coliseujoalheria por delegar a mim a autoria do teu blog. O lindo e eterno universo da joalheria pode ser contado de um jeito leve, descontraído, bem-humorado e próximo do dia a dia de todas as mulheres. Menos conto de fadas e mais vida real. É isso que devemos compartilhar. É assim que a vida deve ser. #coliseujoalheria #coliseulovers #blogcoliseu #marianakalil
  • Transformação do dia para o Band Mulher: regata e scarpin de milênios atrás + jeans com aplicação de pérolas @twentyfourseven.poa + Maricota off-white ♥️ #bandrs #bandmulherrs #maricota19 #bolsamk #ppacessorios #twentyfoursevenpoa