Toda essa pressa não vai nos levar a lugar nenhum

Queria ter aparecido mais cedo, mas não deu. Fico angustiada quando não escrevo no blog de manhã, sabe assim? Não, não tem como vocês saberem, vai dizer? É uma angústia muito particular minha. Blogs são feitos para darem prazer, mas às vezes eles trazem agonia. Pelo menos para mim, um ser humano perfeccionista de nascimento e extremamente exigente consigo mesmo. A pessoa mais cruel comigo sou eu mesma. Às vezes chega a doer. Mas estou me tratando.

MULHER PANICHÁ 23 ANOS

bento1NÃO TEM MAIS JEITO

Gostaria de falar sobre pressa – e gostaria que todos me ajudassem a entender aonde essa pressa vai nos levar? No meu entender, a lugar nenhum. Quero falar sobre pressa porque a pressa foi a causa de um problema grave que me atormentou nos últimos cinco dias. Minha adorada mãe quase teve a vida interrompida na última sexta-feira pela pressa de um motoqueiro que cruzou o sinal vermelho. Sofremos um susto horroroso, que começou com o telefonema de um estranho do celular da minha mãe dizendo que minha pobre mãe estava estendida no alfalto, inconsciente, com sangue escorrendo da cabeça. Podia ter acontecido o pior. Mas aconteceu o melhor. Minha mãe acordou e hoje foi para casa.

mulher-rezando-o-terco-vermelhoOBRIGADO, SENHOR

Um motoqueiro com pressa quase desgraçou a vida de uma família feliz. Dez minutos a mais ou dez minutos a menos na vida daquele motoqueiro infeliz que cometeu uma infração porque estava com pressa não teria feito diferença alguma na vida dele – mas teria arrasado a nossa. O motorista com pressa de uma caminhonete quase desgraçou a vida de uma pedestre semana passada. Uma linda jovem que viu o sinal abrir para pedestres e colocou o pé na faixa para atravessar. Então, aquele motorista da caminhonete cruzou o sinal fechado, atravessou a faixa de pedestres e só não provocou um desastre porque meu irmão, que passava por ali, ao ver a iminência da tragédia soltou um grito involuntário e desesperado, que assustou a linda jovem, a fez recuar e a agradecer a vida que teve de volta ao meu irmão ainda em choque.

A caminho de um compromisso hoje de manhã, testemunhei uma batida horrorosa de carro. A motorista, na preferencial, julgou que, por estar na preferencial, podia varar um cruzamento sem medo. Teve a lateral do carro arrebentada por outra motorista que não parou quando deveria ter parado. Que mundo é esse? Onde queremos chegar desse jeito?

Woman-confused3ONDE?

Estamos vivendo em um país jogado às traças. Não temos segurança, não temos saúde, não temos educação, não temos exemplo de cidadania e honestidade. Temos líderes corruptos que pensam no seu bem-estar e dane-se todo o resto. Isso revolta, isso dá raiva, vontade de descontar no próximo, vontade de não respeitar mais nada, eu sei. Mas calma. Muita calma nessa hora. Nada disso vai nos levar a lugar algum. É hora de ter serenidade. É hora de parar e respirar. É hora de ter cuidado e se preservar. Muitos motoqueiros e motoristas infratores, muitos estressadinhos por nada seguem e seguirão à solta por aí. Nada do que possamos dizer ou fazer vai mudar a maneira equivocada de dirigirem suas vidas.

bento1BANDO DE BESTAS

Esse meu post não é para esse bando de bestas, mas para quem tem capacidade de reflexão: não corra. Pare, respire. Tenha menos pressa. Caminhe até a faixa de segurança. Quando for atravessar na faixa de segurança, tenha certeza de que o sinal está fechado – e de que os carros e motos realmente pararam. Conte até cinco, certifique-se de que está seguro e só então atravesse. Se estiver dirigindo, ceda passagem. Pare na faixa. Gentileza gera gentileza. A vida já passa rápido demais, a gente não precisa ter ainda mais pressa. Ela não vai nos levar a lugar algum, pelo contrário. Ela pode interromper longos anos de uma linda vida pela frente.

Cute young thoughtful business woman looking awayPENSE NISSO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Minha jornada em busca da cura envolve três pilares: Ciência, Alegria e Fé. Hoje, especialmente, eles me abençoam com um dia muito especial. Obrigada. Mais uma vez, obrigada. Seguimos! 🙌🏻✨🙏🏻 #bepositive
  • Sobre amar e ser amada. ❤️
  • Ontem um menino que brincava me falou: hoje é semente do amanhã. Para não ter medo que este tempo vai passar; não se desespere e nem pare de sonhar. Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs. Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar. Fé na vida, fé no homem, fé no que virá. Nós podemos tudo, nós podemos mais. Vamos lá fazer o que será. #timetogohome #gonzaguinha
  • “Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo. Nós continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas. Porque somos curiosos - e a curiosidade continua nos conduzindo por novos caminhos. Siga em frente”. (Walt Disney)
  • Quem me conhece de toda uma vida sabe que palavrão é algo que não sai da minha boca de lady. Mas, né? Vamos combinar! 😂😂😂 #humor #bepositive
  • Baba, mami e meu bolinho de aniversário de 1 ano. Sempre com a certeza de ainda muitos e muitos outros de vida. ✨ Londres, 19/12/1973. #tbt❤️