Tony Robbins, o showman que instiga a refletir “por que fazemos o que fazemos?”

Não sei se você já ouviu falar de Anthony Robbins. Eu me debrucei mais profundamente sobre sua trajetória durante esses 10 dias em que passei tentando desopilar um pouco a mente em uma viagem pelo Uruguai. Ainda estou aqui – e quando esta coluna chegar ao teu e-mail, na manhã deste sábado, estarei na estrada de volta pra casa.

Viajar na baixa temporada para o Uruguai é uma experiência das mais rejuvenescedoras. Aliás, viajar na baixa temporada para qualquer lugar do mundo funciona como antídoto contra o estresse. Não há gente se aglomerando por um pedaço de areia na praia, por reservas em mesas de restaurantes, nos caixas dos supermercados. A impressão que dá é que o país abriu as fronteiras única e exclusivamente para te receber.

Uruguai na baixa temporada será tema de uma próxima coluna aqui no blog e também da minha coluna no programa Band Mulher na próxima quinta-feira, feriado de 20 de setembro. Convido desde já você para assistir a partir das 13h15min na Band.

bento-e-milanesasBENTO EM MAIS UM COMBATE ÀS MILANESAS URUGUAIAS

Voltando ao foco e ao tema deste post, eu perguntava se você já ouviu falar em Anthony Robbins, ou Tony Robbins, como preferir. O americano é autor de seis best-sellers, já capacitou mais de 50 milhões de pessoas em 100 países diferentes por meio de seus programas de áudio, vídeo e dos treinamentos e imersões. Ele criou aquele que é considerado um dos melhores programas de desenvolvimento pessoal e profissional e mais de quatro milhões de pessoas já participaram de seus seminários ao vivo.

tony-robbinsTONY ROBBINS: PINTA DE GALÃ

Robbins é fundador ou sócio de mais de trinta empresas em diversos setores, desde tecnologia (realidade virtual) e esportes (Major League Soccer), até marcas, eventos e hotéis, incluindo um resort e spa cinco estrelas nas ilhas Fiji. Essas empresas combinam rendimentos anuais de US$ 5 bilhões.

Prêmios que acumula: Accenture (considerado um dos 50 principais intelectuais de negócios do mundo); Harvard Business Press (considerado um dos “Top 200 Business Gurus”); American Express, como um dos “seis principais líderes de negócios do mundo”. Ele também foi nomeado no top 50 das 100 pessoas mais poderosas da Worth Magazine em finanças globais por dois anos consecutivos.

Como coach, já impactou a vida de grandes artistas, dos integrantes da banda Aerosmith à tenista Serena Williams. Como a maioria dos multimilionários (no caso dele, multibiolionário), pratica a filantropia. A parceria com a Feeding America permitiu que fornecesse mais de 200 milhões de refeições para os necessitados nos últimos dois anos. Até 2015, a estimativa é que tenha alimentado a população mundial oferecendo um bilhão de refeições.

Robbins iniciou programas em mais de 1,5 mil escolas, 700 prisões e 50 mil organizações de serviço e abrigos. Fornece água potável para 100 mil pessoas por dia na Índia, para prevenir doenças transmitidas pela água, que é a principal causa de mortalidade infantil naquele país. Natural, portanto, que uma das maiores empresas de streaming do mundo, a
Netflix, tenha tido interesse em lançar um documentário intitulado “Tony Robbins: eu não sou o seu guru”, que mostra os bastidores de um seminário realizado na Flórida.

Pra assistir o trailer, é só dar o play!

Comemorou a Netflix:

– Pela primeira vez, Tony Robbins autorizou que uma equipe de filmagens documentasse não apenas o próprio evento, mas também toda a intrincada produção do seu seminário, onde revela um regime diário rigoroso, os seus exigentes padrões de produção, o funcionamento da sua equipe criativa e um retrato das experiências pessoais mais íntimas dos participantes – explicou a empresa.

O diretor do documentário, Joe Berlinger disse que o objetivo de “Tony Robbins: I Am Not Your Guru” é partilhar uma experiência profunda.

– Apesar de o evento em si não ser acessível a todos, espero que o meu documentário desperte os espectadores para uma reflexão sobre as próprias vidas, enquanto testemunham as transformações que acontecem com o público do evento – disse o realizador.

Tony Robbis tem 58 anos de idade e vive hoje com a esposa, Sage, na Flórida.
Eis suas 10 regras de sucesso:

1. Eleve seus padrões: você nem sempre conseguirá seus objetivos, mas sempre terá seus padrões.
2. Cumpra os seus objetivos: faça aquilo que vai tornar a sua vida extraordinária, descubra o seu dom.
3. Progresso é igual à felicidade: se podemos fazer progresso em uma base regular, nos sentimos vivos.
4. Ame seus clientes: trate-os sempre como se fosse o começo da relação e não o final.
5. Adicione valor às pessoas: adicione valor e experiências aos produtos e serviços.
6. Tenha uma saída estratégica: tenha um plano para vender o seu negócio de maneira estruturada, se for necessário.
7. Seja engenhoso: encontre uma maneira de maximizar os recursos que tem.
8. Preste atenção às pequenas coisas: tanto o sucesso quanto o fracasso acontecem como consequência da junção de pequenas coisas.
9. Procure alavancar: outras pessoas podem fazer o trabalho por você, desde que entendam o seu objetivo.
10. Mude sua mentalidade: treine sua mente para se encantar e acreditar verdadeiramente em algo.

Neste TED, Tony Robbins apresentou como tema “Por que fazemos o que fazemos?”. Uma reflexão sempre bem-vinda para quem não gosta de perder tempo na vida.
Pra assistir, basta clicar na imagem.

captura-de-tela-2018-09-14-as-16-57-53

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.