O que a aliança na mão esquerda tem a ver com o casamento mesmo?

Casamento é coisa tão importante na cultura que sempre encontramos uma forma de “modernizar” a cerimônia e a festa – e deixá-las com o nosso jeito e com a cara do nosso tempo. Planejar um evento de casamento é um verdadeiro mar de rosas para mentes criativas. Do bolo clássico ao drinque servido por um drone, tudo é possível.

MARI KALIL: O amor em tempos de aparador

Existe um pequeno detalhe, em meio a toda função, que mudou muito pouco: a aliança na mão esquerda de cada noivo. Quem opta por um ritual de celebração de união naturalmente aposta nas alianças. O próprio nome já diz: aliança significa ligação. Nesse caso é a ligação entre duas pessoas. Mas por que metal? Por que na mão esquerda?

PinkQuestionmark-230x300POR QUÊ?

Isso é coisa dos egípcios e dos gregos. Os egípcios usavam anel para marcar o laço matrimonial. Eles entendiam que a forma do anel, o círculo, representava a eternidade da união. Depois, os gregos acreditavam que o terceiro dedo (o anelar) da mão esquerda possuía uma veia que tinha ligação direta com o coração. Então, o anel de casado na mão esquerda, feito por eles em ferro imantado, era a aproximação dos corações. Os amantes, assim, deveriam permanecer sempre interessados um no outro. Que meigo isso!

aliancaDEDO ANELAR ESQUERDO = CONEXÃO COM O CORAÇÃO, SEGUNDO OS GREGOS

O costume foi adotado e virou tradição. As alianças também podem ser muito criativas. E, apesar de pequenas, contêm em si a síntese máxima de todo casamento.

httpwpclicrbscombrporaifiles201208beatingheart-300x274gif

Compartilhar
Priscilla Guimarães

Priscilla Guimarães

É analista cultural. Gosta de estudar os porquês da vida, o sentido das coisas. Se dedica a entender as formas de expressão e os significados da cultura. Hoje é sócia diretora na City - consultoria de pesquisa em comportamento humano que tem o propósito de trazer novas perspectivas sobre a sociedade para dentro das empresas. Também coordena a Clínica do Subterrâneo, workshops filosóficos organizados pela City, com o objetivo de trazer conhecimento das ciências humanas para as práticas empresariais. Ainda é sócia diretora na Comunidade Criativa, plataforma de co criação de produtos e serviços que une consumidores e marcas. É graduada em jornalismo e mestra em comunicação social. Já trabalhou com produção de TV, redação jornalística e publicitária, planejamento de comunicação e marketing. Foi professora de graduação e pós graduação. Morou em Paris. Faz psicanálise há 13 anos. Faz ballet e treinamento funcional. Pra relaxar, viaja, faz amigos e mergulho amador.

1 Comentário

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Estreia hoje nova seção no site MK! Em "Do nosso closet", eu e a loira @mairafranz vamos selecionar nossas peças preferidas e dar dicas de como usar! Hoje o tema é blazer azul marinho! 👏🏼♥️😊
  • Meia colorida alegra a vida - e até rima! Feliz semana pra nós! ♥️ #happysocks #happysocksbrasil
  • Tiau, sol! 🙌🏻 #fimdetarde #zonasul
  • Uma noite de histórias e culinária coreana para a alma. Obrigada, Sandra e Rafael por esta noite inesquecível no @pkcpoa ♥️ Mais do que recomendado! Detalhes do jantar no Stories
  • E agora, José?
  • A gente é de Bagé!