Uma saborosa viagem pela região italiana do Lago de Garda para degustar o Chiaretto

É verão na Itália, e o vinho rosé está fazendo o maior sucesso, especialmente nos arredores do Lago de Garda, no Vêneto, harmonizando com aperitivos e refeições leves. O Chiaretto é elaborado com as mesmas uvas de seu irmão, o Bardolino, que é tinto. Para ambos, são utilizadas as uvas Corvina, Rondinella, Mollinara e, em alguns casos, Negrara. Esse estilo, na verdade, é a versão rosé do Bardolino. Com essas mesmas variedades elabora-se o Amarone, um vinho bem famoso no mundo inteiro e que é feito com essas uvas, só que passificadas. Recentemente, visitei a região produtora desses vinhos, localizada nos arredores do Lago de Garda, em cidades como Bardolino e Lasize, para conhecer melhor esse case de sucesso e degustar esses vinhos.

garda 1PESCHIERA DE GARDA: LINDO CENÁRIO PARA DEGUSTAR O CHIARETTO

Descobri que o sucesso do Chiaretto não veio por acaso. É fruto de iniciativa e trabalho organizado dos produtores. A reviravolta aconteceu em 2014, quando, diante da chegada de mais uma vindima, eles tomaram uma decisão: a safra complicada para os tintos daria espaço para os rosados com tons tênues, aromas primários e leve graduação alcoólica. Era a hora de elaborar um vinho com estilo mais provençal. Nascia ali o projeto Rosé Revolution: mudar o estilo e ampliar as vendas para outros mercados, além da Itália. A Alemanha já aderiu. E o Brasil está nos planos dos italianos.

garda3CHIARETTO: SUCESSO NO VERÃO EUROPEU PARA ACOMPANHAR REFEIÇÕES LEVES

Ficou com vontade de experimentar esse vinho? Então, saiba que, se estiver planejando uma viagem para a Itália, não deixe de visitar o Lago de Garda e os lugarejos no seu entorno. Para quem está hospedado em Verona, ou viajando entre Milão e Veneza, faz mais sentido visitar cidades da parte sul do lago, que ficam bem mais próximas. Indico quatro delas: Peschiera del Garda, Lazise, Bardolino e Sirmione (diferente das demais, esta última não pertence à região do Vêneto e sim da região da Lombardia). Todas elas são muito charmosas e diferentes entre si.

garda 2LAZISE: PEQUENO VILAREJO DOS TEMPOS ROMANOS COM UM CENTRO CHARMOSO

Para hospedagem, minha sugestão é Peschiera ou Bardolino. Eu fiquei em Bardolino, num hotel chamado Hotel Caesius Terme & Spa Resort (fica a 10 minutos de Lazise). Mas Peschiera possui bem mais opções, inclusive de restaurantes bacanas. A visita, no entanto, vale para as duas.

Minhas atividades em torno do vinho aconteceram em Lazise, um pequeno vilarejo que data dos tempos romanos e tem uma bela igreja e um centro bastante charmoso, além de uma marina. Ainda há “praias” com bares e restaurantes que ficam na beira do lago. Um primor de passeio.

Compartilhar
Andréia Debon

Andréia Debon

Jornalista e sommelier internacional, Andréia Debon é editora da revista Bon Vivant, publicação sobre vinhos e outras bebidas, turismo, gastronomia e tudo o que envolve os prazeres em torno da mesa. Participa de degustações e concursos de vinhos no Brasil e no exterior. À frente da publicação, viaja para países produtores de vinhos para conhecer novos produtos e investimentos em enoturismo.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Bad hair day e antenas brancas a gente não vê por aqui! 👌🏻 #mariespertinha #truquedeestilo #turbante #veludo #youhairstore
  • Que Nossa Senhora Aparecida esteja sempre contigo, Bentolino. Feliz Dia da Criança, meu velho companheiro de jornada há 17 anos ♥️🙏🏻🐶 #bento #xerife
  • Transformação do dia para o Band Mulher #semfiltro #grupobandrs #twentyfourseven.poa
  • Né?! 👌🏻🤣
  • Teve um surto master de apaixonite pela dinda hoje 🤣♥️ #joaobenicio #amordadinda
  • #dicadodia #euseiqueestadificil 😂👌🏻