Uma saborosa viagem pela região italiana do Lago de Garda para degustar o Chiaretto

É verão na Itália, e o vinho rosé está fazendo o maior sucesso, especialmente nos arredores do Lago de Garda, no Vêneto, harmonizando com aperitivos e refeições leves. O Chiaretto é elaborado com as mesmas uvas de seu irmão, o Bardolino, que é tinto. Para ambos, são utilizadas as uvas Corvina, Rondinella, Mollinara e, em alguns casos, Negrara. Esse estilo, na verdade, é a versão rosé do Bardolino. Com essas mesmas variedades elabora-se o Amarone, um vinho bem famoso no mundo inteiro e que é feito com essas uvas, só que passificadas. Recentemente, visitei a região produtora desses vinhos, localizada nos arredores do Lago de Garda, em cidades como Bardolino e Lasize, para conhecer melhor esse case de sucesso e degustar esses vinhos.

garda 1PESCHIERA DE GARDA: LINDO CENÁRIO PARA DEGUSTAR O CHIARETTO

Descobri que o sucesso do Chiaretto não veio por acaso. É fruto de iniciativa e trabalho organizado dos produtores. A reviravolta aconteceu em 2014, quando, diante da chegada de mais uma vindima, eles tomaram uma decisão: a safra complicada para os tintos daria espaço para os rosados com tons tênues, aromas primários e leve graduação alcoólica. Era a hora de elaborar um vinho com estilo mais provençal. Nascia ali o projeto Rosé Revolution: mudar o estilo e ampliar as vendas para outros mercados, além da Itália. A Alemanha já aderiu. E o Brasil está nos planos dos italianos.

garda3CHIARETTO: SUCESSO NO VERÃO EUROPEU PARA ACOMPANHAR REFEIÇÕES LEVES

Ficou com vontade de experimentar esse vinho? Então, saiba que, se estiver planejando uma viagem para a Itália, não deixe de visitar o Lago de Garda e os lugarejos no seu entorno. Para quem está hospedado em Verona, ou viajando entre Milão e Veneza, faz mais sentido visitar cidades da parte sul do lago, que ficam bem mais próximas. Indico quatro delas: Peschiera del Garda, Lazise, Bardolino e Sirmione (diferente das demais, esta última não pertence à região do Vêneto e sim da região da Lombardia). Todas elas são muito charmosas e diferentes entre si.

garda 2LAZISE: PEQUENO VILAREJO DOS TEMPOS ROMANOS COM UM CENTRO CHARMOSO

Para hospedagem, minha sugestão é Peschiera ou Bardolino. Eu fiquei em Bardolino, num hotel chamado Hotel Caesius Terme & Spa Resort (fica a 10 minutos de Lazise). Mas Peschiera possui bem mais opções, inclusive de restaurantes bacanas. A visita, no entanto, vale para as duas.

Minhas atividades em torno do vinho aconteceram em Lazise, um pequeno vilarejo que data dos tempos romanos e tem uma bela igreja e um centro bastante charmoso, além de uma marina. Ainda há “praias” com bares e restaurantes que ficam na beira do lago. Um primor de passeio.

Compartilhar
Andréia Debon

Andréia Debon

Jornalista e sommelier internacional, Andréia Debon é editora da revista Bon Vivant, publicação sobre vinhos e outras bebidas, turismo, gastronomia e tudo o que envolve os prazeres em torno da mesa. Participa de degustações e concursos de vinhos no Brasil e no exterior. À frente da publicação, viaja para países produtores de vinhos para conhecer novos produtos e investimentos em enoturismo.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.