Vambora celebrar esse nascimento!!

Quando fiquei noiva, me alertaram:

– Te prepara: tu vai surtar, tua mãe vai surtar, tua sogra vai surtar, vai todo mundo surtar. Tu vai ficar uma pilha de nervos, não vai conseguir raciocinar, não vai mais conseguir trabalhar, tua cabeça vai girar 24 horas por dia em torno do casamento. Na última semana, então, será o caos.

Eu casei há um ano e meio e até hoje abro a janela, espio o lado de fora e pergunto:

– Hey, caos! Onde está você?

Não surtei, não fiquei nervosa, pelo contrário: fui a noiva mais calma do mundo. Até porque nunca vi motivo pra ficar nervosa: estava fazendo o que queria, com quem eu queria e ainda contando com o privilégio do RSVP. Ou seja: sabia direitinho quem compareceria, onde iria sentar. Estava tudo dentro do script.

CORTA PARA TERÇA-FEIRA 29 DE NOVEMBRO DE 2011

Hoje, sim, eu posso dizer o que é surtar, o que é ansiedade, o que é frenesi, o que é ficar nervosa. Posso até aparentar um certo ar blasé. Mas a verdade é que vivo uma ansiedade única com este 29 de novembro, esta terça-feira quente, de sol que ameaçava ser alto, que não vou esquecer jamais e que entra já para o calendário de um dos dias mais importantes da minha vida. Escrever um livro é algo muito especial. Mas vê-lo nascer, entrar na Saraiva do Moinhos Shopping – como fiz ontem à noite – para comprar uma pasta e dar de cara com ele na porta, em exibição… Isso, como diria aquela propaganda de cartão de crédito, não tem preço.

olha que lindo logo na entrada da loja!

A partir das 19h de hoje, eu volto a convidar, estarei no segundo andar no Shopping Iguatemi, na saída entre a C&A e o banco Itaú, autografando meu primeiro livro, minha estreia na literatura, meu querido Peregrina de Araque. Seria uma honra e um privilégio ver todo mundo que gosta daqui dar um pulo até lá. Será o momento de festejar o nascimento mas também de cortar o cordão umbilical, sabe assim? Porque, a partir de hoje, Peregrina terá vida própria. E eu, como mãe coruja que sou, espero que seja longa, uma longa vida.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

10 Comentários
  1. Mari, acho que ver algo que produzimos sozinhas, que saiu de dentro de nossas cabecinhas, passear por aí deve ser bem bonito mesmo! Peregrina querida, que tu e o teu primeiro livro façam uma bela viagem! E as gurias da Confraria Forever estarão todas lá contigo! Beijoooooo

  2. Mari, acho que ver algo que produzimos sozinhas, que saiu de dentro de nossas cabecinhas, passear por aí deve ser bem bonito mesmo! Peregrina querida, que tu e o teu primeiro livro façam uma bela viagem! E as gurias da Confraria Forever estarão todas lá contigo! Beijoooooo

  3. É fácil casar e tornar o casamento um sucesso, só depende da aprovação do outro pra tudo dar certo. Lançar um livro é mais complicado, porque torná-lo um sucesso depende do leitor, mais do que da crítica. É ele que vai divulgar o livro ou que vai destruí-lo… Novamente, parabéns pelo lançamento!

  4. É fácil casar e tornar o casamento um sucesso, só depende da aprovação do outro pra tudo dar certo. Lançar um livro é mais complicado, porque torná-lo um sucesso depende do leitor, mais do que da crítica. É ele que vai divulgar o livro ou que vai destruí-lo… Novamente, parabéns pelo lançamento!

  5. Boa tarde Mariana, parabens e felicidades nesta nova etapa. Onde encontro o livro, pois no centro de Poa, não consegui. Após compra te pedirei um autógrafo, entregarei o Livro ao meu Amigo Chico para que faça a gentileza.Felicidades que este seja o primeiro de uma série.Att/Edgar

  6. Boa tarde Mariana, parabens e felicidades nesta nova etapa. Onde encontro o livro, pois no centro de Poa, não consegui. Após compra te pedirei um autógrafo, entregarei o Livro ao meu Amigo Chico para que faça a gentileza.Felicidades que este seja o primeiro de uma série.Att/Edgar

  7. Olá, Edgar! Que feliz fico em teu interesse por Peregrina. Escrevi um novo post sobre a sessão de autógrafos e ali coloco todos os lugares onde o livro está disponível, dá uma olhada! Abs. MK

  8. Olá, Edgar! Que feliz fico em teu interesse por Peregrina. Escrevi um novo post sobre a sessão de autógrafos e ali coloco todos os lugares onde o livro está disponível, dá uma olhada! Abs. MK

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.