Vamos participar de um estudo para entender eles melhor? Vamos!!

Se você é dona de cão, ou conhece alguém que tenha um ou mais em casa, vale ler essa notícia e participar. Todas sabemos que cada pet tem sua personalidade e seu modo de agir com os donos, visitas e desconhecidos. Alguns são mais dóceis e aceitam carinho até mesmo de estranhos; outros, costumam ser mais territorialistas e desconfiados com a presença de quem não conhecem.

mari e bento e oliviaDOIS EXEMPLOS NUMA FOTO COM A MARI
Aqui temos um cão territorialista (Bento) e uma cachorrinha dócil (Olivia)

Existem aqueles que são, por natureza, ansiosos. Também os extremamente sociáveis. Com o intuito entender mais sobre o comportamento dos cães, a pesquisadora Sofia Bethlem, mestranda da Universidade de Brasília (UnB), está promovendo uma pesquisa com o objetivo de validar para contexto o brasileiro um método desenvolvido nos Estados Unidos.

: MARI KALIL: Aguarde, Mariana! Bento começa a ensinar sua cartilha para a Mana!

– Pessoas tiram conclusões sobre o comportamento dos cães com base em experiências prévias que elas têm. Assim, delegam características a determinados grupos de cachorros que podem não refletir a realidade daquela população. Neste sentido, é importante que se faça uma pesquisa científica para analisar um grande número de cães com a finalidade de encontrar padrões de comportamentos. Na ciência, não basta apenas sabermos algo, temos que transformar em números, analisar os resultados e a partir daí tirar conclusões. Este processo visa garantir fidelidade ao que realmente acontece na população – diz Sofia.

mari e manaOUTRO EXEMPLO COM A MARI
Mana, a lhasa que abana o rabo mais feliz de que se tem notícia!

Sofia resolveu promover a pesquisa pelo Instituto de Psicologia da UnB, que tem como objetivo coletar dados comportamentais do maior número possível de cães em todo o território nacional. O estudo é feito com base em um questionário desenvolvido e validado nos Estados Unidos em 2003 pelos pesquisadores Yuying Hsu e James Serpell – o Canine Behavioral Assessment & Research Questionnaire (C-BARQ).

: Como promover a integração do novo cachorro com o antigo dono do lar

Esse método já foi traduzido e validado para outros países como o Japão em 2011 e Irã em 2015. No Brasil, a pesquisadora inova ao tentar compreender a grande diversidade de cães presente no país. Porém, esta tarefa não é fácil.

– Obter respostas dos estados do Norte e Nordeste do Brasil tem sido um grande desafio – conta Sofia.

Mari e caesTODA A GALERA REUNIDA!!!

A partir da validação da pesquisa no Brasil, será possível estudar as relações entre o comportamento canino e as características individuais e ambientais em que o cão vive, para assim compreendermos melhor os nossos melhores amigos. É por isso que a pesquisadora convida todos os donos de cães para responder ao questionário pelo link www.surveymonkey.com/r/cbarq-brasil. Para mais informações, Sofia deixou seu email particular: sofiabethlem@gmail.com.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos. Sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.” Passeio na janela. Pra ti, Xerife! #bento #companheirodejornada ❤️
  • E que a gente nunca esqueça que a autoestima é o que há de mais divino no ser humano. Pois, quando nada lhe resta, resta-lhe a si mesmo. #sejaluz #sejavoce #sejaleve #sejaforte #sejapositivo #sejafeliz
  • Quem acertar o peso de cada uma (com roupa!) ganha um chope com as duas!! 🍻 #145quilosjuntas
  • Favor manter sempre em mente! 👆🏻
  • Só as gatas! 💅🏻 #miau @marina_tkalil @cami_abbott
  • “Façamos da interrupção um caminho novo. Da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sonho uma ponte, da procura um encontro.” (Fernando Sabino). Estância Dona Genoveva, Bagé, março’19. #tbt