Vinho combina com hambúrguer, sim senhora! A Haus Burger que o diga!

Tem dois peludos esgotados embaixo da mesa do bunker-escritório. Os dois de boca aberta, como se quisessem engolir todo o vento gelado que sopra do ar-condicionado. Eu avisei, não digam que eu não avisei! Eu avisei que estava um calor insano lá fora e que o melhor a fazer era não passear. Mas quem ouve? A peludagem não quer saber, quer sair correndo porta afora tão logo o raiar do dia se faça ver. E agora estão aí, esbaforidos, enfiados nos cantos mais impróprios do bunker. A Papaqui, por exemplo…

Olha!

papaqui22ME DIGAM SE ISSO É POSSÍVEL?
Reparem onde a Gorda enfiou a cabeça: entre o cesto e o pé da mesa. Sabe por quê? Porque o fio de vento do ar-condicionado espirra bem ali na cara dela

Woman-confused3PRA QUE ISSO, ME DIZ?

bento1123A GENTE NÃO ABRE MÃO DO PASSEIO

nude_woman_wearing_red_body_paint_making_face_outdoors_700-0005420315EU PERCEBI

Eu que me exploda junto com vocês de calor, não é mesmo? Com otite e com calor. Sim, porque minha otite externa aguda, como foi diagnosticada, segue me deixando surda e com o ouvido dolorido. Segundo o médico, só vou ficar boa na segunda-feira que vem, após sete dias de antibiótico. Defina pobre bicho. Muito prazer, Mariana.

Ontem, minhas Migues Pati Lima e Mari Scholze tinham me convidado para fazer um programinha delicioso: participar do lançamento do vinho branco da Haus Burger. Só que a sensação de uma agulha de tricô perfurando meu tímpano me fez sentar na fila de espera do otorrino do Hospital Mãe de Deus em vez de sentar à mesa da hamburgueria para saborear vinhos e burguers.

loser1LOSER TOTAL

Mandei um Whats App para elas – temos o grupo das Migues. Avisei que não conseguiria ir e pedi pelamordedeus que colhessem todas as informações e fizessem registros. E bebessem por mim, claro. Lá pelas tantas, por volta de 9h da noite, eis que apita meu Whats App com uma foto e a hashtag #PerdeuMary (reparem que as Migues, em vez de serem solidárias à mim, tiram uma onda da minha cara).

Eis o que me enviam!

miguesHASHTAG PERDEU, MARY!!!
As Migues lépidas e faceiras (Pati à esquerda e Mari à direita) ainda tiveram o privilégio de encontrar a Betinha, a sabichona de Gastronomia do Rio Grande do Sul, ex-editora do Gastrô do jornal Zero Hora e agora autora do delicioso site Saborosa Viagem

Então, começam a bombardear meu celular com fotos de cortar os pulsos.

Olha!

MIGUES1OOOOOHHHHHH!!!!
Burger + vinho + batatinha croc croc croc!!

MIGUES2OOOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!
Burger + taça de vinho servida!!

MIGUES3OOOOOOOOOOHHHHHHHH!!
Close no protagonista geladinho da festa!

MIGUES4OOOOOOOOOOOOOOOOHHHHHHH!!!!
Burguers, burguers e mais burguers Bávaro!!!!

– Vocês poderiam parar com a sessão de tortura? – pedi, enquanto pingava antibiótico no ouvido, deitada no sofá.
– O Burger Bávaro é feito com entrecot e maionese com curry – respondeu a Mari Scholze. – O vinho branco está sendo lançado em parceria com a Guatambu para ser o “vinho do verão” da casa. É um blend de Chardonnay, Gerwüztraminer e Sauvignon Blanc. Levinho, refrescante, aromático, uma delícia!!!
– Que mais, que mais? – eu quis saber. – Continuem trabalhando por mim, por favor! – ordenei.

bento1123ELA EXPLORA AS MIGUES

feliz1HE HE HE

Mari, obediente e bela jornalista que é, seguiu mandando as informações:
– Sobre a harmonização do vinho com o hambúrguer, em comparação com a cerveja, por exemplo: no vinho, os polifenois presentes na bebida ajudam a quebrar as moléculas de gordura (da carne, da maionese, da batatinha…), limpando o paladar entre cada mordida e facilitando a digestão – explicou.
– De onde tu sabe tudo isso? – eu quis saber.
– Eu não sabia! É a Isadora Pötter, da Guatambu, que explicou. Ela apresentou o novo vinho com o Junior Maroso, proprietário da Haus Burger. O Junior é irmão do Juliano, da Vinum Enoteca.
– Huuuummm….. Não sabia! Adoro a Vinum!!! – respondi.

+ MARI KALIL: A Virgem Bar, onde fui e quero voltar muitas vezes

Fomos uma noite jantar lá na Vinum – eu, Chico, Paulinha e Georginho. Estava uma delícia!!! Lembro até hoje. A comida é divina, e o preço dos vinhos que eles servem no jantar é o preço da loja, ou seja, muito mais em conta. Preciso voltar lá para viver aquele momento de novo e para fazer um post sobre a Vinum, que acabei não escrevendo naquela ocasião sabe-se lá o porquê.

imbecil-large-msg-1108329028-211BAITA IMBECIL

bento1123POSSO IR JUNTO?

03-por-ai-mulher-gritando5SIIIIM, É PET-FRIENDLY!!!

Mari Scolze continuou, obedientemente, o bombardeio de informações, conforme solicitado:
– Ah, very important! O pessoal aqui da Haus Burger já tinha lançado um vinho tinto, o WeinHaus Tannat, que é simplesmente imperdível. Inclusive, comprei uma garrafa para levar para o Lê (Lê = Leandro = marido da Mari).

+ MARI KALIL: Bar do Gomes, um novo boteco para chamar de meu

Um trio de Migues sempre conta um uma integrante mais lesada – neste caso, não sou eu, mas a Mommy. A Mommy é como nós chamamos a Pati Lima. Ela começou a me chamar de Mommy, eu passei a chamá-la de Mommy; agora, Mari Scholze chama ela de Mommy e é tudo uma confusão só. A Mommy é a mais lesada de todas disparado. O que quero dizer com mais lesada: ela sempre chega depois. Chega depois na conversa, chega depois no Instagram, chega depois no Facebook, chega depois nos eventos e, consequentemente, chega depois no Whats App. Mas não é um depois de 10, 15 minutos. É um depois de quase 24 horas de atraso. Foi o que aconteceu neste caso. Mommy chegou só agora há pouco na conversa. Acaba de escrever (bem ao estilo Mommy de ser).

– As Migue só na reportagy! Estava bem legal, Mommy (Ela está referindo-se a mim). Te mandaram um abraço e querem, querem porque querem que tu vá lá. Falei que no próximo vamos nós três!
– Reporta algo, Mommy – falei.

bento1123ELA EXPLORA A MOMMY

Mommy, obedientemente, reportou:
– Era o lançamento do vinho branco da casa. O Junior abriu a Haus Burger com esta proposta de servir hambúrguer com vinho, algo muito comum na Europa. Ele é sommelier de formação, trabalhou muito tempo com isso e, durante as viagens que realizou, percebeu essa tendência gastronômica. Na Haus Burger, o vinho é servido em garrafa ou em taça, o que também é muito comum na Europa. E essa história de restaurante ter rótulo também é coisa de europeu. Então, a proposta desta parceria com a Guatambu é estimular o consumo de vinho. Neste caso, com burguers.

palmasuniaoadventista112CLAP CLAP, CLAP
Enviei palminhas de emoticon pra Mommy!

Ela continuou (como grande repórter que é!):
– Quanto ao rótulo dos vinhos, tanto do branco quanto do tinto: trata-se de uma representação do Muro de Berlim, pois este é para ser o papel do vinho – derrubar muros, unir as pessoas, quebrar barreiras. Ahhhh, as batatinhas são algo….
– Conta!!!!! – respondi, quase morrendo por batatinhas.
– Elas são fritas em óleo de algodão. Tem a inglesa e a doce. Uma perdição!
– A doce é de chorar, Mary – complementou a Mari Scholze, entrando de novo na conversa.
– Tá tudo ótimo. Agora me deixem escrever o post! – falei.

manaELA NEM AGRADECEU

bento1123QUANDO EU DIGO QUE ELA EXPLORA AS MIGUES, ELA BRIGA COMIGO

feliz11HE HE HE

bebe-beijo12MIGUES, EU AMO VOCÊS!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻