Você já parou para pensar no desenvolvimento das suas habilidades extras?

Acredito que em muito pouco tempo profissionais de praticamente todas as áreas precisarão agregar, além de conhecimento técnico, ferramentas de comportamento pessoal para se adequarem a uma nova realidade no mercado de trabalho. No Brasil, poucos percebem esta necessidade. Na Europa, as chamadas soft skills são essenciais para profissionais acelerarem seu desempenho nas empresas e em seus próprios projetos ou empreendimentos.

Estou falando de saber comportar-se estrategicamente em rodas de negociação, reuniões de trabalho e eventos, em fazer network dirigido, como agir em uma entrevista para veículos de comunicação, como utilizar técnicas de inteligência emocional na rotina profissional, como melhorar a imagem pessoal de acordo com o tipo físico e personalidade, como posicionar a marca pessoal de acordo com os seus objetivos.

Portrait happy young woman thinking dreaming has many ideas looking up isolated grey wall background. Positive human face expression emotion feeling life perception. Decision making process concept.O PODER DE HABILIDADES EXTRAS: QUEM TIVER, VAI SE DESTACAR

Alguns poderão pensar que tudo isso é exagero, outros que basta saber desempenhar muito bem a própria atividade. No mercado da comunicação, por exemplo, onde trabalhei mais de 20 anos, a tecnologia provoca mudanças estruturais nas empresas e no perfil dos profissionais da área. Jornalistas que não têm múltiplas habilidades e apenas a graduação serão extintos.

O poder das habilidades extras nunca foi tão grande, Isso porque quem é mais visível, quem consegue controlar a própria imagem da maneira como quer ser percebido sai na frente da concorrência, vende mais, é promovido e atinge seus objetivos de maneira mais eficaz.

+LU BEMFICA: De jornalista a consultora, como fiz minha mudança de carreira

Menosprezar as soft skills é diminuir o poder de fogo de um canhão que está à disposição de qualquer pessoa. Você sabe o lugar que ocupa no seu mercado de oportunidades? Te proponho um exercício simples:

1. Identifique seus concorrentes.
2. Observe com atenção suas habilidades técnicas e os pontos fortes.
3. Veja como eles se movimentam nas redes sociais, em eventos, como praticam network.

Agora olhe para dentro e identifique os seus pontos fortes e o que lhe falta. Valorize o que você tem de melhor e trabalhe para desenvolver o que precisa. Quanto mais habilidades nas mais diversas áreas você aprender e aplicar, mais versátil e competitivo será. E lembre-se: se você é um a mais, será um a menos em muito pouco tempo.

Compartilhar
Luciane Bemfica

Luciane Bemfica

Luciane Bemfica é jornalista no mundo corporativo que foi escolhida pela profissão. Em 2015 decidiu fazer MBA em Negócios Digitais para arejar as ideias. Foi aí que descobriu sua paixão pelo branding pessoal. Fez cursos e criou um site para ensinar que o nome e a imagem são o patrimônio mais valioso de qualquer profissional - estagiário, tia do café, chefe, dono de empresa ou do seu próprio nariz. É a número três de quatro irmãs, e a dinda da Vic e da Manu.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.