William Sons & Coffee, cafeteria intimista para beber e respirar o mais nobre café

Um belo dia, o Gustavo chegou para mim e disse: “Vamos falar sobre teu quarto livro? Estou indo a Porto Alegre. Conhece o William Sons & Coffee? É disparado meu lugar favorito na cidade. Nos encontramos lá para um café, que tal?”.

O Gustavo é o Gustavo Faraon, proprietário da editora Dublinense, que vem a ser a editora dos meus três livros. Como deu para perceber, já queria saber de mim como andava o projeto para um quarto; queria aproveitar que vinha de São Paulo para tomar um cafezinho e colocar a ideia em pé. Eu nunca tinha ouvido falar no William Sons & Coffee e tampouco tinha muita ideia sobre o que viria a escrever. Certo mesmo, apenas o título do quarto livro (que ainda não posso contar). Nada, porém, que impedisse conhecer o lugar favorito do Gustavo em Porto Alegre – e que viria a se tornar um dos meus lugares favoritos também.

will1ESTÁ LOCALIZADO NESTA DISCRETA CASA NO NÚMERO 492 DA RUA PEDRO IVO
Não admire-se se você constatar que já passou inúmeras vezes pela frente e não reparou. Acontece com muita gente, aconteceu comigo e está tudo certo!

Todos os meses, visito uma cafeteria de charme em Porto Alegre para degustar um café na companhia do meu inseparável biscoito holandês Stroopwafel e relatar aqui no blog e no Stories a experiência. O primeiro episódio da série foi na Love It; o segundo, na Gingko 788. Perdeu? Aqui está!
+ Resista (se for capaz!) ao paraíso de presentes e delícias da Love It
+ Gingko 788, uma cafeteria floricultura para esquecer a vida lá fora

Mas voltando ao William Sons & Coffee: logo na entrada, já respira-se um aroma de puro café, um aroma que se espalha por todo o ambiente à meia luz. Não podia ser diferente. A história da cafeteria passa pelo norte-americano Jonathan Hutchins, um apaixonado visceral pela bebida desde os tempos da faculdade, nos EUA. Radicado no Brasil, manteve o hábito de torrar os grãos em seu apartamento,  por puro hobby. O que acontecia, então? Os vizinhos amavam o aroma, os amigos não queriam saber de outro café na cidade. Jonathan transformou o lazer em ganha-pão.

Jonathan pesquisou sobre o negócio no exterior e abriu sua própria micro torrefação. Na William & Sons, além de comercializar os cafés em cafeterias da cidade e para todo o País pela loja virtual, ele inaugurou um coffee bar, com diferentes métodos e degustações.

will-bar1AMBIENTE INTIMISTA DA WILLIAM SONS & COFFEE: CAFÉS DE EXCELÊNCIA

will-barPARA ONDE QUER QUE SE OLHE, HÁ UM CAFÉ FRESQUINHO SAINDO NA HORA

will-cardapioCARDÁPIO NA PAREDE

Então, para celebrar o 20 de Julho, Dia do Amigo e Dia do Biscoito, nada mais justo do que convidar meu amigo biscoito Stroopwafel para celebrar na William Sons & Coffee.

will-dialogoVAMOS BEBER UM PASSADINHO, AMIGO STROOP?

will-stroopFEITOS UM PARA O OUTRO

will-cafeMEU AMIGO BISCOITO ADORA SE AQUECER COM O VAPOR DAS BEBIDAS QUENTES
Se não conhecem essa técnica deliciosa para comer stroopwafel, fica a dica: repouse o biscoito em cima da xícara de chá ou café e espere uns minutinhos. O vapor da bebida ajuda a derreter o caramelo do recheio e o resto da história você vai conhecer…

Reproduzir o “Quem Somos” da William Sons & Coffee é a maneira mais fidedigna de explicar o propósito e a essência do lugar:

A William & Sons Coffee Co. é uma boutique cafeteria e micro torrefação de cafés especiais. Nossa visão é ser uma empresa líder internacional na transformação das comunidades onde ela se encontra, seguindo sua missão de selecionar, torrar e comercializar os melhores cafés especiais; buscando estabelecer-se como uma referência no mundo do café especial com o envolvimento ativo em causas sociais.

Nossa missão é servir e apoiar a nossa comunidade trabalhando para selecionar os melhores grãos de café diretamente dos seus estimados produtores, torrá-los com equipamentos e métodos que permitam um controle sofisticado de cada perfil de torra até descobrir, por avaliação sensorial, o sabor perfeito ao paladar humano; e em seguida, servi-los ao desejo dos nossos clientes, buscando conquistá-los através de experiências transformacionais e valor agregado em todo o processo, da semente à xícara.

Tudo isso sem falar na simpatia dos guris da casa.

categorias-mari-kalil-indica3willRua Pedro Ivo, 492
Mon’t Serrat, Porto Alegre, RS
Tel. (51) 98165.8182
De terça a sábado, das 13h às 19h30min
FB: /williamsonscoffee
Instagram: @williamsonscoffee

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻
  • Início de namoro no balanço. Fazenda Tapera, Santo Augusto, RS. Junho 2007. #tbt #valentinesday2019 ♥️
  • Uma tarde em família descobrindo @pueblogarzon e as maravilhas da cozinha do @restaurantegarzon do super chef @francismallmann 👌🏻🇺🇾🐶 #uruguay #poraí #francismallmann
  • “Não existe uma raça superior. Tem tanto valor um porteiro quanto um médico, porque cada um desempenha o seu trabalho com dignidade e cada um é importante para toda a sociedade. Nós não vamos acabar com os problemas sociais enquanto não mudarmos nossas cabeças e exigirmos dos que estão acima de nós o respeito que o povo tem que ter e merece ter. Tem que nos dar respeito, e não caridade pública, mas respeito”. Dona Mercedes, mãe de Ricardo Boechat. A fruta não cai longe do pé. 🖤 #rip #ricardoboechat
  • Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que morra como quem soube viver direito. 🙌🏻🇺🇾♥️ #graciasalavida #ricardoboechat #vivaempaz