A orgia que foi e a redução que está por vir

Passei o fim de semana feliz da vida com o tempo ameno, o sol alto e o céu azul. Só pensava na Ju e suas amigas fazendo turismo em Porto Alegre. Ju, nós queremos saber tudo que vocês fizeram! Não deixem de nos contar.

bento clássicaVOCÊS FORAM AO PUPPI?

Essa obsessão do Bento pelo Puppi Baggio está ficando quase doentia.
Já que o animal tocou no assunto, eu lembrei da vizinhança oriental do Puppi. Me refiro ao Daimu, o restaurante japonês que fica ao lado do Puppi e que não tem como discordar: é o melhor japonês de Porto Alegre.

mulher-duvidaMAS TU NÃO GOSTAVA DO SASHIBURI, MARIANA?

Eu adoro o Sashiburi, adoro a entrada de atum com abacaxi do Sashiburi, adoro o camarão crocante com côco do Sashiburi e adoro os combinados do Sashiburi. Detalhe: estou me referindo sempre ao Sashiburi da Rua Dona Laura, o que frequento.

sashiburi-sushi-house-delivery-2ESTE AQUI!

Mas preciso concordar que há um refinamento a mais na cozinha do Daimu – e uma conta que vem mais cara também. Enfim, paga-se pelo diferencial. Estivemos lá com o George e a Paulinha.

bento clássicaEU FIQUEI EM CASA

Bento ficou em casa de pelotas. Estava exausto depois de um fim de semana de passeios intermináveis. Chegamos mais cedo que nosso casal amigo e pedimos algo de entrada que eu nunca havia experimentado. Sequer sabia que existia. Chico me comentou que já tinha provado no Sushi Leblon, no Rio. Senhoras e senhores, me refiro ao pratinho de Edamame!

20daimu edamameOOOOOOHHHHHHH!!!!!

A verdade? Não tem gosto de nada. Mas serve pra ir matando o tempo com uma cervejinha gelada. Edamame é soja verde – e o melhor: com baixas calorias. No Daimu, é servida com um pouqinho de sal para ficar um pouco menos insossa. Daí a gente morde a casca, tira as bolinhas de soja de dentro e deposita a casca naquele outro prato vazio, logo ali acima na foto. Daí que a Paulinha chegou, sentou, também disse que não conhecia Edamame, que nunca tinha comido, e foi se servir da casca que eu tinha acabado de colocar no pratinho de cemitério de cascas.

gargalhada CalvinHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!

Seguimos o manjar oriental com outra entradinha: lulas fritas.

20daimu lulasOOOOOOOHHHHHH!!!!!

Estavam incríveis, bem croc croc croc. A diferença para os calamares de Punta del Este é que esses não eram os aneis da Lula, mas a parte da cauda. Eu adorei! Um pratinho com maionese veio junto como acompanhamento, mas confesso que esqueci totalmente dele quando o Chico espremeu duas metades de limão.

AlmondegasAMO LULA COM LIMÃO

foto-1061LEMBRA OS CALAMARES DE PUNTA

11LEMBRA MINHAS SAUDOSAS FÉRIAS

Como sempre, nos decidimos pelo combinado de sushi e sashimi. Havia vários tipos de combinados – contemporâneo, exótico, parati patatá. Eu sou de hábitos simples na culinária japonesa. Tenho horror a cream cheese, hot philadelfia, sushi de morango e todas essas invencionices que são tudo menos cozinha japonesa. E tem mais: não como salmão. Só grelhado. Não tinha problema nenhum com salmão cru. Mas um belo dia, ainda quando morava no Rio, estava sentada em um japonês depois da praia, fui botar um sashimi de salmão na boca e aquilo me arrepiou de tal forma que nunca mais consegui comer salmão cru. Lá se vão bons oito anos. Em compensação, amo atum. Portanto, pedimos combinado de 60% atum e 40% salmão.

Os sushis!

20daimu combinadoOOOOOOHHHHHHHHHHH!!!!!

E os sashimis!

20daimu sashimiOOOOOOOOHHHHHHHHH!!!!!!

Quando eu falo na culinária refinada do Daimu, me refiro muuuito à qualidade dos peixes e dos cortes. Rolem o mouse para cima e detenham-se, por favor, nas peças. Não são diferenciadas?

Fiz até um close de um dos sushis. Olha!

20daimu pratoOOOOOHHHHHHH!!!!
Reparem que não existe a filosofia de entupir o cliente de arroz. O arroz é pouco e serve apenas como acompanhamento do peixe, cuja peça é cortada de forma delicada, comprida e saborosíssima

Se eu quisesse comer arroz, teria ido ao Tutto Riso comer risoto, vai dizer?

Aproveito a oportunidade deste espaço para falar sobre o shoyu importado do Daimu, o Kikko Man. Muuuuito mais suave!

20daimushoyuOOOOOOOOOHHHHHHH!!!!

Por fim, fiz o que raramente faço quando saio para jantar fora: pedi sobremesa. Eu e a Paulinha pedimos a mesma. Qual era mesmo, Paulinha? Esqueci o nome. Mas era incrível.

20daimusobremesaOOOOOOHHHHHHHHH!!!!

E também serviu como despedida da orgia gastronômica a que ando me submetendo nos últimos tempos. Amanhã, segunda-feira, 19 de agosto, Mariana entra em um processo de redução drástica de doces e carboidratos. Serão tempos difíceis, eu sei. Mas está sendo necessário. O fato de apenas dois jeans não me apertarem está interferindo seriamente no meu humor.

enxaqueca classicaNEM EU MAIS ME AGUENTO

Como acredito que uma coisa chama a outra, estava lendo os jornais do fim de semana e encontrei a seguinte notícia: “Contar pontos na dieta é so last year. A moda agora é contar carboidratos, diz o endocrinologista Alberto Serfaty, que afirma ser possível emagrecer até 10 quilos por mês com esse método”. Me lembro a dieta que fiz com o Dr.Alexandre Merheb, quando morava no Rio. Não contava carboidratos, suprimia os carboidratos mesmo. Foi realmente incrível (depois de passado o terceiro dia).

apontando_para_baixo_01JÁ CONTEI SOBRE ELA AQUI!

Também fiquei sabendo pelos jornais que a nutricionista Andrea Henrique, aquela do post Ela Voltou para me Assombrar,  a mentora do Detox in Box, acaba de lançar um livro chamado…. Detox! Ele traz receitas para sete dias. Olha!

ANDREA_MARTINS_ROW-FOOD_-LIVROVOU COMPRAR MEIA DÚZIA!

Conta Andrea: “A proposta é levar um programa completo de sete dias com receitas e dicas de como fazer seu próprio Detox de maneira prática e fácil, sem precisar sair de casa”. Para terminar, transcrevo uma das receitas milagrosas que já vou pedir para a Rosa colocar em prática.

andrea-henriqueHAMBÚRGUER DE QUINUA!!!

Anotem!

Ingredientes
50 gramas de quinua mista
20 gramas de cebola cortada em cubinhos
10 gramas de semente de girassol
tominho frasco folhas
10 gramas de farinha sem glúten (1 colher de sopa rasa)
sal

Modo de preparo
. Cozinhe a  Quinua em água, deixando-a um pouco durinha para que os grãos não desmanchem. Se necessário, escorra a água. Reserve.
. Em outra panela, doure a cebola e o alho em um fio de azeite. Dilua a farinha sem glúten em meia xícara de cha de água fria e misture junto com a cebola e o alho, mantendo no fogo até obter uma massa homogênea. Desligue o fogo.
. Nessa mesma panela, adicione a Quinua já cozida, a semente de girasol, as folhinhas de tominho e sal. Misture bastante todos os ingredientes. Espere esfriar a massa confeccione pequenos hambúrgueres.
. Doure em uma frigideira antiaderente e sirva com legumes no vapor.

bento clássicaCOISA MAIS HORRÍVEL

Bento, hoje é segunda-feira, eu já não estou muito bem e resolvi iniciar uma dieta.

Mulher HysteriaNÃO PIORA AS COISAS, POR FAVOR!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

22 Comentários
  1. Oi Mariana, adoro suas crônicas em Zh e hoje tive o prazer de conhecer seu blog… Achei hilário! Adoro o humor que você faz. Mas vou parar de blá blá blá e te pedir um favor… Preciso do contato da tua osteopata, que citaste ontem em Donna. Minha chefe tem dores pelo corpo e problemas seríssimos de coluna cervical. Ela também te lê e viu ontem na tua coluna. Te agradeço muitíssimo, por tudo! Por me fazer rir todo domingo, especialmente! Grande abraço!

  2. Bom dia Mariana, Bento e Olívia!
    Acompanhado sempre teu blog e hoje realmente vi que vc é “gente como a gente”!
    Na segunda passada você também tinha iniciado uma dieta por causa dos jeans e tal.. Nesta segunda novamente… hahahhahahahahahha
    #tamojunto

    Parabéns pelo blog

  3. Mari, bom dia!
    Sabes que pensei na Ju e nas suas amigas neste findi? ahahahah
    Espero que tenham se divertido. Realmente o tempo estava super agradável.
    Essa soja verde eu provei uma vez, num rest japones, quando eu morava em Londres. Realmente não tem gosto de nada, mas são deliciosas ao mesmo tempo.
    Lembro que na mesma noite, na mesa ao lado, havia um grupo de brasileiros.
    Eles estavam se deliciando com umas entradinhas, aí a moça perguntou para um amigo: o que é isso? E o rapaz respondeu: salmon skin. Mas o que é isso, em portugues? Pele de salmão. A moça deu um grito de nojo…ahahahha Foi hilário.

    BEIJOS.

  4. Mari, fui direto ver o site do Dr. Alexandre Merheb, adorei!!!!!! Sofro horrores com meu metabolismo, muito obrigada pelas tuas dicas e indicações. bjo, bom início de dieta.

  5. É Mariana a vida não está fácil para ninguém, nem para Fernanda Lima, hehe…

    Adorei o post, mas isso não é novidade, amoadoro esse teu cantinho, um pouco nosso também… Mas lendo voltei ao post “Só o Dr.Merheb me salva” e vi que quando você morava no Rio, as paredes, armários e a geladeira da sua cozinha eram cobertas de fotos e citações, morri de curiosidade e achei a ideia muito charmosa… Posta uma foto? Please! #curiosidade.com Boa semana! Beijão!

  6. Então, eu estou fazendo a dieta que exclui total os carboidratos! Quando eu falo para as pessoas elas pensam que só se come ovo, alface e carne, quando na verdade não é sóóóó isso!! Estou com acompanhamento de uma nutricionista e tem vááárias dicas de comidas, inclusive como fazer um “pão” falso que engana muuuito bem e é super fácil!! Eu não me sinto cansada e fazem 3 semanas que sigo a risca, inclusive a nutri falou que eu não sentiria sono nem nada depois do meio dia, pois o carboidrato dá sono nas pessoas. Não sei se foi o psicológico, mas me sinto super disposta e nada de canseira!! Eu e umas amigas estamos em clima de dieta, que já ajuda muito e combinamos inclusive, que no fim do ano (na época de amigos secretos) o nosso será de biquinis para dar mais incentivo ainda!!
    Bjoss

  7. Mariana, desculpe mas dessa vez sou forçada a concordar com o Bento, esse hamburguer parece horrivel!! No meu caso, para que eu consiga emagrecer com a ajuda de um livro, só mesmo se eu comer uma pagina por dia no café da manhã e uma mordida na capa de almoço! rss… Beijos!

  8. Mari, enquanto eu lia essa materia do teu blog, estava devorando um pão de mel dos bons ! E agora, final de espediente chegando, vou para casa comer um baita pizza com o namorado.

  9. oi mari!!!!!
    bah dessa vez ñ fikei c agua na boca c o teu cardapio de finds essas sojas estavam c uma cara péssima kkk as lulas pko melhores nem os sushis deram um jeito…. kkkkk desc mas acho q o bento tinha razão era mais interessante o puppi, e ele tem razão mais um vz ao se referir ao hamburguer ta c cara bem ruim kkk desc hj só to te contrariando mas ca entre nós uma bela macarronada a carbonara ou ao provolone ñ é mto mais atraente????????
    mas força na peruca e boa sorte c tua dieta só ñ compertilha c o bentinho…. tadinho dele kkkkk
    bjs p ti e lambjokas no bento e na olivia

  10. Dina, Bento é paulista, “corinthiano, maloquero e sofredor, graças a deus!”. É o grito de guerra dele. Não me pergunta o que eu acho, por favor… Bjo. MK

  11. Mari!!! Eu também fiz orgias gastronômicas nestes últimos meses e meus jeans estão me avisando também!!! Hoje tomei a mesma decisão que tu, agora que li o blog estou mais motivada… Sei que não sou a única!!! Bjss

  12. olá Mariana! compartilho com vc a mesma aflição de ter
    as calças jeans apertadasss e pior a própria mãe me dizer
    que esta na hora de fechar a boca. boa semana! bjs

  13. Oiiiii, Mari e meninas :)

    Pois então, o tempo é curto demais pra aproveitar TOOOODA essa cidade maravilhosa de vocês, hahaha!

    As meninas e ao Parque da Redenção (e eu não queria mais sair de lá), no Beira-Rio (e elas foram levadas a força porque só eu sou colorada e gosto de futebol) e de lá fomos a pé até a Usina do Gasômetro (emagrecemos, com certeza). A noite, fomos ao Boteco Dona Neusa e adoramos o lugar! Passamos no Ossip, mas não tinha muito movimento. Andamos mais um pouquinho, mas estávamos cansadas demais e fomos dormir, haha.

    No domingo, passamos a manhã no Centro Histórico, fomos ao Mercado e depois pegamos aquele ônibus de turismo, pra assinar atestado de turista mesmo! Adoramos, haha! Também fomos à Casa de Cultura Mário Quintana, na II Jornada da Diversidade e estava demais também! Por fim, jantamos na Cidade Baixa, onde ficava o nosso hostel, assistindo ao jogo do Inter que não fez muito bonito pra me agradar.

    E então nos despedimos na segunda de manhã.
    Bentinho, não fomos ao Puppi, mas prometo que volto pra te levar lá!

    Escrevi um textinho sobre a viagem num blog que tenho com as minhas amigas.
    http://eusouumamulherlivre.wordpress.com/2013/08/20/entre-cuias-e-caes/
    Provavelmente, elas também vão escrever sobre isso, pois só falamos nisso, hahaha!

    Enfim, espero voltar logo. Muito obrigada pelo carinho, Mari :)

  14. Oi Mariana.
    Descobri teu blog por acaso, no site de ZH. Gosto bastante das tuas dicas gastronômicas, que para mim estão melhores que as dos Destemperados (cresceram muito e praticamente esqueceram de Porto Alegre). A seção “vinhos de combate” também me agrada muito! Aliás, tenho uma dica para ti: o meu vinho de combate favorito é o argentino Saint Felicien Malbec, da Bodega Catena Zapata. Conheces? Excelente custo-benefício!
    Abraço,
    Frederico.

Deixar uma resposta Cancelar Resposta

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.