Batatas em 10 toques

Não pretendo me estender neste post como me estendi em outro anterior sobre o mesmo tema: O BLABLABLÁ DA BATATA.

BA-TA-TA!

Nem ia falar sobre batata, já que não sou muito chegada ao tubérculo, como bem admiti no post BLABLABLÁ DA BATATA.

Perceberam que estou querendo que leiam o post anterior?

Só que hoje, desde que cheguei à redação, o assunto me rodeia.

O querido quadro de boas vindas que as gurias fizeram pra mim!

Primeiro foi a Gabi Chanas e sua capacidade de comer batata sem culpa.
– Vou pedir um Batchê Batata de almoço – suspirou ela.

A Gabi Chanas almoça batata suíça durante a semana sem culpa

Quero ser a Gabi Chanas!!!

A Gabi  até ligou para o Batchê Batata (o nome é ótimo!). Mas a batata gaudéria está de férias. E a Gabi teve que comer um pedaço morno de torta fria.

HAAAAAAAHHAHAHAHAHAHAHA!!!

TORTA FRIA DE FRANGO MORNA!

PPPPPPPPFFFFFFFFFFFFFFFF!!!

HAAAAAAAAAAAHAHAHHAHAHAAH!!

QUERIA BATATA SUÍÇA E COMEU TORTA FRIA MORNA!

E DEPOIS ABRIU UM PACOTE DE RUFFLES PRA MATAR A VONTADE DA BATATA!!

HAAAAAAHAHAHAHAHAHHA!!!!

Isso tudo é saudade, viu, Gabizita?

LOVE U!

Voltando ao tema batatas. Desde que cheguei à redação, o assunto me rodeia. Depois do episódio Gabi Batata, recebi um e-mail beeeeem interessante com 10 dicas oferecidas pelo portal Comer & Aprender de como aproveitar bem as batatas. Veio junto com esta foto.

OOOOOOOOHHHHHHHHHHHH!!!!!

Então, eu pensei:
– Se eu, que não sou muito chegada a batatas, achei as dicas ótimas, imagina quem gosta de batatas!. Preciso compartilhar.

ANOTEM POR FAVOR!
Batatas em 10 toques

1) Resolveu de última hora assar as batatas? Torne o processo mais rápido fervendo-as em água salgada por cerca de 10 minutos antes de colocá-las no forno bem quente.

2) Batatas bem saborosas na salada têm um segredo: tempere-as ainda mornas, pois depois de frias elas absorvem menos os condimentos.

3) Para um purê mais cremoso e nutritivo, cozinhe as batatas, depois de descascadas e picadas, em uma panela com leite até ficarem macias e o líquido tiver sido absorvido. Outra dica: depois de espremer as batatas, junte creme de leite ou manteiga misturada com requeijão.

4) É possível, sim, guardar batatas descascadas sem que percam o gosto. Coloque-as em uma tigela, cubra com água e adicione algumas gotas de vinagre ou de suco de limão. Elas durarão de 3 a 4 dias dentro da geladeira.

5) As batatas ficaram murchas. E agora? Descasque-as e coloque-as em uma tigela com leite bem gelado. Elas ficarão consistentes novamente!

6) Fica fácil tirar a casca da batata-doce se você colocá-la em água fria imediatamente após o cozimento.

7) Antes de fritar as batatas, guarde-as já cortadas no congelador por meia hora. Assim, elas ficarão secas e macias.

8) Um jeito diferente de fritar batatas, imperdível! Corte-as em rodelas bem finas e deixe de molho por 15 minutos em uma tigela com leite bem gelado. Em seguida, enxugue e frite em óleo quente, sem sal. Supercrocantes!

9) Não jogue fora a casca das batatas! Frite-as em óleo bem quente e sirva como aperitivo

10) Para as batatas grandes cozinharem por igual, fure uma por uma com um garfo antes de levá-las à panela e ao fogo. Assim, elas ficarão perfeitas e não racharão. E mais: para que não desmanchem, coloque, na água de fervura, 1 colher (sopa) de azeite de oliva.

AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!!

O QUE É ISSO, MARIANA?
ENLOUQUECEU?

ACHEI SENSACIONAL!

 

 


Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Uma vez fui numa médica que olhou a iris do meu olho e me proibiu de comer batatas. Foi a época mais infeliz da minha vida, eu amo batata! Por sinal, Batata era o nome da minha tartaruguinha.

    ;)

  2. Uma vez fui numa médica que olhou a iris do meu olho e me proibiu de comer batatas. Foi a época mais infeliz da minha vida, eu amo batata! Por sinal, Batata era o nome da minha tartaruguinha.

    ;)

  3. SALADA COLONIAL
    Depois de cozinhar, descascar e misturar a batata em pedaços numa cebolinha refogada, ovos cozidos picados e azeitona…sem maionese…#adorosaladacolonial. Será que é esse o nome correto??? Voltaremos…

  4. SALADA COLONIAL
    Depois de cozinhar, descascar e misturar a batata em pedaços numa cebolinha refogada, ovos cozidos picados e azeitona…sem maionese…#adorosaladacolonial. Será que é esse o nome correto??? Voltaremos…

  5. Também acompanho seus relatos, imperdíveis…então fui a procura do seu livro: “Peregrina de Araque” nossa foi a legítima peregrinação…na praia não existia em livraria alguma, em Porto Alegre tive que ir até o Barra para conseguir e eu precisava muiiiito lê-lo essa semana (desejo)! De posse dele só me vejo em uma frustração…são poucas páginas…

  6. Também acompanho seus relatos, imperdíveis…então fui a procura do seu livro: “Peregrina de Araque” nossa foi a legítima peregrinação…na praia não existia em livraria alguma, em Porto Alegre tive que ir até o Barra para conseguir e eu precisava muiiiito lê-lo essa semana (desejo)! De posse dele só me vejo em uma frustração…são poucas páginas…

  7. Mari, descobri teu blog há pouco e estou viciada! Adoro a maneira como falas das coisas, amo as imagens que me fazem rir muito. O Bento é um fofo. A propósito, adorei o post!

  8. Mari, descobri teu blog há pouco e estou viciada! Adoro a maneira como falas das coisas, amo as imagens que me fazem rir muito. O Bento é um fofo. A propósito, adorei o post!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.