Bocejos para liberar energias ruins

Dizem que sono repentino é sugação de energia. Quem me disse isso foi o Régis, que durante algum tempo fez massagem em mim. Certa vez (e isso não faz muito tempo), cheguei para o Régis completamente contraída. Mal, muito mal mesmo. Meu pescoço era uma tábua – e aquela dor latejante subia para a cabeça.

A dor era tanta e tão aguda que chegou a passar pela minha cabeça a vontade de tirar a própria vida.

aawomanNOSSA!

woman-yelling-istock-de20SÉRIO, MARIANA?

mulher tontaMUITO, MUITO SÉRIO

Enquanto estava deitada na maca, recebendo a massagem de mãos de fada do Régis e implorando aos céus para que aquela dor abandonasse meu pobre corpo, ouvia bocejos e mais bocejos. Bocejos do Régis. Quando a massagem terminou, questionei que tanto ele bocejava, se estava cansado, enfim.

– O bocejo é a maneira que o meu corpo encontra de se livrar das energias ruins que estavam sobre teu corpo, Mariana. E vou te dizer: tu estava carregada, hein, guria?

enxaqueca9SÓ EU SEI…

Um dos fenômenos que chama a atenção dos observadores atentos é o bocejo que muitas pessoas apresentam quando estão nos centros espíritas. Muito já se falou a respeito, mas quase ninguém conseguiu dar uma explicação lógica para o fato. Observamos que nas ocasiões em que os médiuns estão sob má influência, eles bocejam com certa freqüência. Alguma coisa acontece com a organização física-perispiritual dessas pessoas, provocando o fenômeno.

Lembrei desse episódio porque a segunda-feira não foi tranquila (como nunca são as segundas-feiras) e, de repente, me vi sentada na frente do computador completamente exausta, soltando um bocejo atrás do outro. Então, me dei conta que tudo fazia sentido: o peso da segunda estava cobrando seu preço nos meus bocejos.

aptopix-thailand-dail_franNESTE NÍVEL DE ABERTURA DE BOCA

Mais cedo, contei sobre a aquisição da minha linda bolsa (desculpem a falsa modéstia) no post Uma Bolsa Laranja de Brechó para Chamar de Minha. Mas tinha mais coisas para contar, como, por exemplo, meu prato carro-chefe, a única coisa que sei fazer sem ficar colando de livros de receitas.

Olha!

massaOOOOOOOOHHHHHHH!!!!!

O mais engraçado de tudo foi o comentário deixado pela Eneida Souza, seguidora da página do blog no Facebook: “Desculpa, Mari, mas não deu água na boa”.

gargalhadasPior é que tenho que concordar: coloquei um filtro esquisito no Instagram e ficou esse penne amarelo horroroso. Mas posso garantir: ficou bem bom. Não um arraso, longe disso. Mas bem honesto, sabe assim? Querem a receita?

bento1QUEM VAI QUERER A RECEITA DE PENNE HONESTO?

Muito melhor um penne honesto e prático de fazer do que uma receita toda rococó para ficar ilustrando livro de receita e só, vai dizer? Querem ou não querem?

group-of-people-yelling-heyQUEREMOS, MARIANA!

bento1BANDO DE PUXA-SACOS

O Bento está achando que vai me tirar do sério neste início de noite de segunda-feira, mas não vai rolar, viu querido? Eis, então, a receita do meu super molho de tomate com manjericão. Tudo é meio no olho, ok? Vou dar a medida que fiz para duas pessoas.

bento1EU FIQUEI DE FORA

E assim explica-se o azedume do animal com meu penne. Voltando à receita para duas pessoas:

Ingredientes
Uma cebola cortada em cubos
Três dentes de alho cortadinhos (amo alho)
Três tomates cortados em cubos
Folhas frescas de manjericão
Sal a gosto

Modo de fazer
Refogar em azeite o alho e a cebola. Quando estiverem macios, colocar os tomates, sal a gosto, dar uma mexida e deixar murchar em fogo brando. Depois que a massa estiver al dente, jogar o molho por cima, decorar com as folhas de manjericão e queijo ralado.

03-por-ai-mulher-gritando5NÃO É INCRÍVEL DE FÁCIL?

Na verdade, é a base. A partir dele, dá para incrementar com azeitonas pretas, ou com alcaparras, ou com anchovas… vai do gosto de cada um. Eu estava a fim do basicão mesmo.

Não sei se estão interessadas, mas vou seguir contando do meu fim de semana. No domingo, fomos até o piquenique que a Zero Hora estava promovendo na Estação ZH, que agora mudou-se para o Parcão. Bento estava a fim de socializar como há muito eu não via.

Resolveu cheirar tudo quanto foi rabo de cachorro, sem importar o sexo. Até que avistou uma galga. Bento tem queda por galgas. Típica coisa de baixinho que não se enxerga, sabe assim? Minha tia Cris tem uma galga, a Magrela, que vive sendo assediada pelo animal.

bento1SOU APAIXONADO PELA MAGRELA

Pois, naquele domingo, no Parcão, ele avistou uma galga e esqueceu da vida. Ainda consegui agarrar o animal pelo rabo para que fizéssemos o registro da nossa presença com uma foto Polaroid.

Olha!

ZHREPAREM NA IMAGEM, POR FAVOR!
Enquanto Mariana e Chico sorriem para a câmera, o animal tem o olhar fixo em um ponto do horizonte. Está obcecado pela presença da galga que corre livre e solta pelo parque

Pois bastou soltar o animal para que esquecesse da artrose nos dois cotovelos. Correu atrás da galga como se não houvesse amanhã, esquecendo-se de que galgos são cachorros de corrida. O que aconteceu então? O que aconteceu quando viu que não venceria os 100 metros que a galga insistia em manter dele?

bento1NÃO CONTA

03mulher-nova-gritando-feliz-thumb89432486PEDIU ARREGO

4oliviaQUIS O COLO DA MAMÃE

bento1OLIVIA OTÁRIA

Expliquei que pegaria muito mal o animal ser carregado em pleno piquenique na estação ZH. Então, ele foi se arrastando até a barraquinha de água de coco mais próxima e se enfiou dentro de um copo médio. Recuperado, queria porque queria arrastar o sári na Padre Chagas.

Como ainda não era horário de almoço, pedimos que fizesse o favor de descer de volta as escadarias do Puppi Baggio. Sim, o animal queria almoçar no Puppi a qualquer custo. Negociamos um café na Barbarella Bakery e foi então que eu me dei de presente, sem culpa, um dos maiores prazeres doces já experimentados por aquelas redondezas.

Ele, o inigualável croissant de chocolate.
Olha!

nOOOOOOOHHHHHH!!!
E ainda é a versão pequena, acreditem!

Então, em um domingo de tempo meio encoberto, voltei para a casa com a certeza de que devemos nos conceder algumas permissões, como croissants de chocolate antes do almoço. Rigidez não leva a nada, a vida pode e deve ser vivida de maneira simplificada a fim de que, lá no fim do nosso caminho, quando olharmos para trás, possamos nos despedir em paz de cada minuto vivido nesse mundo. Sem arrependimentos.

Frustrated_Woman_Medium1-202x300QUE TEXTINHO PIEGAS É ESSE, MARIANA?

Não enche o meu saco, querida.

vinho tintoENCHE A MINHA TAÇA!

586crazy-woman-calls-her-ex-boyfriend-65000-times-1050998-flash-1050998-flash3AGORA!

Compartilhar
Sem comentários ainda.
  1. #restadois…demorei um pouco para lembrar da minha senha entre um bocejo e outro. Realmente segunda é o dia do bocejo, afinal tem dia pra tudo, dia do irmão, da madrinha, do beijo…acho que bocejo pega, quando a gente boceja outro boceja em série. No bocejo levamos a mão a boca por educação….mas às vezes não dá tempo. Bom bocejo, boa noite!

  2. Olá Mariana!
    Eu ainda coloco uma pitadinha de açúcar no molho, pra tirar o ácido do tomate.
    Com manjericão fica ótimo! Não vivo sem molho de tomates com manjericão!

    Beijos!!

  3. Mari, também tenho q te dizer…esse penne não me deu água na boca. Parece bem sem graça! Rsss Acho que o molho precisa estar em toda a massa….fica mais gostoso.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.