Da série “eu testei”: Tirei sangue e… Tchan, tchan, tchan, tchan!!

Não me aguentei de curiosidade e segui a dica do meu próprio post, ainda que com 3 meses de atraso: me submeti ao exame da moda, o Food Detective, para saber a quais tipos de alimentos eu tenho menos tolerância e cujo consumo pode contribuir para atrapalhar o bom funcionamento do meu metabolismo.

exploded_kit_export_high_res_LEMBRAM DO FOOD DETECTIVE?
Falei sobre ele exatamente no dia 11 de agosto no post FOOD DETECTIVE: VOCÊ VAI QUERER TIRAR SANGUE

Pois esta semana estive sentadinha no consultório da Carina Borges, fisioterapeuta dermatofuncional e nutricionista. Carina deu uma picada de agulha no meu dedo indicador esquerdo (dói só um pouquinho), tirou um pouco de sangue e submeteu meu líquido A Positivo às reações do Food Detective.

Leva cerca de 40 minutos para o exame ficar pronto, e Carina e eu ficamos ali conversando sobre alimentação e afins enquanto esperávamos. Foi então que de repente…. Não mais que de repente…

frustratedcorporatewoman2-charters-towersSAIU O RESULTADO

 woman-yelling-istock-de26O QUE ACONTECEU, MARIANA?

 Aconteceu o que eu pensei que não aconteceria: sou pouco tolerante a muita coisa. Posso falar bem a verdade? Eu achei que o meu exame acusaria, no máximo, sei lá… Castanha de caju! Ou algo assim que não me faria a menor falta na vida. Não foi o que aconteceu. Meu exame mandou evitar trigo, glúten, amêndoa, castanha do pará, leite de vaca e ovo.

chorando-4A MORTE EM VIDA

Ok, estou sendo um pouco dramática. Vivo muito bem sem amêndoas, sem castanha do pará e sem leite de vaca. Mas sem ovo? Sem glúten? Sem trigo?

mulher chorandoE A MINHA BAGUETE DO NACIONAL?

A ideia é evitar esses alimentos por três meses para ver como meu organismo e meu metabolismo reagem. Eu já tenho uma dieta equilibrada, o desafio agora será fazer as devidas substituições. E eu vou fazer, pois quero ser cobaia de mim mesma. Me entusiasmei a fazer este exame porque tive dois exemplos bem próximos a mim de duas amigas que fizeram e estão muito felizes com o resultado: a Mel e a Paulinha.

Bom, a Mel senta aqui do meu lado todos os dias e eu sou a testemunha ocular de que ela é realmente outra pessoa. Desinchou que foi uma beleza. Passou a vestir roupas que não vestia mais, a pele  está mais bonita do que nunca e a disposição dela é outra. A Paulinha me comentou que recém havia começado, mas que já sentia alguma diferença em disposição e inchaço.

Estou desde ontem sem ingerir qualquer desses alimentos e como sou brasileira e não desisto nunca, me manterei firme em meu propósito. Até porque, se minha intolerância tivesse dado a uva, sabe o que eu faria?

crazy-woman-vesga1ME FARIA DE LOUCA

bento1ELA JAMAIS CORTARIA O VINHO DA VIDA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.