Diário da Mari: Minha versão Garfield de como me sinto a cada segunda-feira…

Tenho horror de segundas-feiras – e a fobia só tem piorado com a idade. Quando era aluna do Colégio Farroupilha, culpava a aula de matemática da segunda-feira pela gastrite que transformava meu estômago numa espécie de floresta seca em chamas. Só que o colégio terminou, veio a faculdade, o primeiro, o segundo, o oitavo emprego, eu cresci, amadureci e nunca nada mudou.

segunda-feira

Minha teoria é de que tudo que tem que dar errado dará numa segunda-feira. Em 99,9% das vezes, confirma-se na prática. Sabe aquela Lei de Murphy que fala que toda partícula que voa sempre encontra um olho? Pois toda partícula que voa sempre encontra o olho da Mariana.

mulher-doidissima5-594x4994SEMPRE NA SEGUNDA-FEIRA

À medida em que os dias da semana vão passando, a vida vai retomando os trilhos – até tornar-se um grande prazer. Sexta-feira é uma festa, o dia em que esqueço por completo a carga que carreguei nas costas na segunda-feira. Só que então chega o sábado, o domingo… E a tormenta recomeça.

scared-woman-revSEGUNDA-FEIRA DE NOVO

Já tentei uma série de medidas para esquecer que estou vivendo numa segunda-feira:
1) Não marco nenhum compromisso pela manhã (meus instintos suicida e homicida estão latentes).
2) Faço exercícios sábado e domingo para não precisar fazer esforço na segunda (já basta esforçar-me para viver).
3) Procuro vestir roupa colorida para dar uma animada no humor (funcionou só uma vez e porque era feriado).

manaELA VESTIU UM MACACÃO DO MICKEY

bento1124PARECIA UMA DÉBIL MENTAL

Segunda-feira de manhã é o dia em que fico um tempinho a mais sentada na cozinha, acompanhada da quarta xícara de café preto, mirando desconsolada algum ponto fixo no horizonte. Se bobear, até uma lágrima desce pelo lado externo do olho direito e pinga no farelo de pão que restou no prato.

tearPLIM

A vida é feita de altos e baixos – e é saudável que seja assim. O problema é que os baixos da segunda-feira passam a sensação de que o fundo do poço tem seu solo forrado de uma areia movediça que vai me engolindo aos poucos.

areiaMARIANA NA SEGUNDA-FEIRA

Em qualquer outro dia da semana, compreendo perfeitamente que nada de ruim durará para sempre, que a maioria dos problemas estão na cabeça da gente e que uma simples mudança na maneira de encarar os fatos é capaz de arrancar qualquer dor com a mão. Tem coisas que não dependem de nós para serem solucionadas e quanto a isso não há o que fazer. O negócio é focar naquilo que podemos resolver, incluindo aí a forma como encaramos os problemas.

enxaqueca115SOBRETUDO NA SEGUNDA-FEIRA

Não confio em quem diz viver apenas de alegrias, que não admite ter experimentado o lado ruim da vida. Sou completamente a favor de momentos de tristeza e luto. A dor é importante. Em alguns momentos estamos na frente; em outros, estamos atrás. Simples assim. Sei que um dia passa. Tudo sempre passa, tudo sempre passará. Inclusive uma segunda-feira.

movedic%cc%a7a_slideshowATÉ A CHEGADA DA PRÓXIMA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.