Entendeu ou quer que eu desenhe?

Acabei de chegar em casa a tempo de estar em um telefone fixo e dar uma entrevista ao vivo na FM Cultura sobre o Vida Peregrina. Estou suando nas axilas e espero não ter falado nenhuma bobagem.

586_crazy-woman-calls-her-ex-boyfriend-65000-times-1050998-flash-1050998-flashPOR FAVOR, SENHOR…

Quarta-feira será dia de comparecer ao TVCom Tudo +. Lembro de quando Bento e eu estivemos lá em junho, no Primeiro Dia do Novo Livro. Agora é hora de voltar com o Vida Peregrina pronto.

bento clássicaEU VOU DE NOVO NA TV?

Não. Se for, será só pra me fazer companhia, não para aparecer em frente às câmeras. Já chega a vergonha que tu me fez passar aquela vez com teu ataque de coceira. Parecia um cachorro sarnento.

bento clássicaEU ESTAVA NERVOSO

Fiquei de contar sobre os dois restaurantes mineiros que conheci, A Favorita e Xapuri. Vou contar agora só sobre o A Favorita porque ainda tenho que desarrumar minha mala, dar o jantar do animal, ver tudo o que está faltando na despensa de casa após uma semana ausente para poder ir com a lista ao supermercado. Como bem tinha contado, terminei meu trabalho de cobertura do Minas Trend e estiquei o fim de semana em BH. Chico foi ao meu encontro. Sábado de tarde, alugamos um carro e visitamos Inhotim pela segunda vez. À noite, fomos jantar no A Favorita.

favoritaAQUI ADENTRAMOS

A ideia é que tivéssemos adentrado na noite de sexta. O problema foi que o taxista se perdeu e, em vez de nos deixar na rua Santa Catarina, nos abandonou na rua Curitiba. E tivemos uma péssima experiência em um outro restaurante, que eu já conhecia por ter almoçado dois anos atrás e cuja impressão que me deixou dessa vez foi péssima.

03mulher-nova-gritando-feliz-thumb89432486NUNCA MAIS VOLTO LÁ

Primeiro vou contar da ótima impressão do A Favorita. Tem um estilo rústico, com piso de ladrilho hidráulico, e dois ambientes: o salão e a varanda envidraçada de frente para a calçada. Preferimos sentar na varanda e é realmente bem mais agradável. A luz é mais baixinha e tem um astral mais bacana. O garçom se aproximou e perguntou se gostaríamos do couvert. “Siiiiiiim”.

foto-578ENTÃO NOS SERVIU ESSA CESTINHA DE PÃES
(com patês de acompanhamento, apesar de eu sempre preferir comer o couvert apenas com azeite de oliva)

Pedimos ao maitre a sugestão de um vinho com bom custo-benefício. Ele disse que tinha acabado de receber o chileno Emiliana Merlot. Compramos a dica. Nos demos bem. Era realmente um ótimo vinho. Aliás, fiquei surpresa de ver como o pessoal bebe vinho em Belo Horizonte. Não havia uma única mesa ao nosso redor com outro tipo de bebida. Em seguida, recebemos o cardápio. Pra variar, Chico e eu sempre temos vontade de comer a mesma coisa. Quando estamos aqui em Porto Alegre e somos clientes, ok. Mas não tem sentido visitar um novo restaurante e pedir o mesmo prato. Assim sendo, eu fiquei com o badejo confitado com arroz negro; Chico foi de risoto de camarão com rúcula selvagem.

foto-580BADEJO COM ARROZ NEGRO!
OOOOOOOHHHHHHH!!!!!!

foto-583RISOTO DE CAMARÃO COM RÚCULA
OOOOOOOOOHHHHHHH!!!!!

Eu amei o meu badejo e gostei do risoto do Chico. Preferi ter pedido o meu badejo, achei mais saboroso. Mas ambos estavam ótimos. Mas eu preferi o meu.

SacouDEU PRA ENTENDER?

Achei o A Favorita uma ótima opção de programinha para jantar em BH. Voltaria lá tranquilamente e indicaria a quem fosse visitar a cidade. Já não posso dizer o mesmo sobre o  O Dádiva. Como ia dizendo, queríamos ter ido, na noite anterior, ao A Favorita. Mas o taxista se perdeu e nos deixou em outra rua. Nesta outra rua, havia a opção de pizza, de botecos e do O Dádiva. Como havia almoçado um atum e uma salada deliciosa dois anos antes ali, falei para o Chico que era uma boa opção.

Feminine-1st-ShameMALDITA HORA

Sentamos em uma mesa, o garçom trouxe o couvert e perguntou se gostaríamos da carta de vinho. “Siiiiim”, respondemos. O couvert era ridículo. Meia dúzia de micropãezinhos que nem estavam fresquinhos com uma lambuzada de umas pastinhas muito das chinfrins. Pedimos o vinho e logo pedimos os pratos. Pratos rápidos de serem feitos: peixe com legumes. Espera, espera, espera, espera, bebe vinho, garçom enche o cálice, bebe vinho, garçom enche o cálice…. Chico foi ficando incomodado.
– Estão nos logrando – ele disse.
– Como assim? – perguntei.
– Estão nos empurrando esse vinho para que a gente peça logo outra garrafa e demorando para trazer os pratos de propósito para que a gente consuma bastante bebida.
– Tu acha?
– Tenho certeza.

Então comecei a olhar para os lados e a reparar que todas as mesas estavam passando por isso. As pessoas bebiam, bebiam, o garçom enchia o cálice e nada da comida.

Mulher-pensando-com-lapis-no-queixo1ESTÃO NOS LOGRANDO….

Tive a certeza que estavam nos logrando quando terminamos de beber a garrafa de vinho sem comer nada e o garçom veio perguntar se gostaríamos de outra. Eu respondi que gostaria de jantar. Ele disse, então, que os pratos já estava saindo. Esperamos mais 40 minutos e nada. Nesse tempo, Chico pediu, então, uma meia garrafa de outro vinho. Quando calculamos uma hora e meia de espera para dois pratos de peixe com legumes, bateu a indignação.

Mulher brabaVIREI UMA ONÇA

– Não quero mais jantar – disse.
– Quer que cancele? – perguntou o Chico.
– Já.

Chamamos o maitre. Explicamos que estávamos esperando havia uma hora e meia e que não queríamos mais jantar, que ele cancelasse os prato e trouxesse a conta. Ele disse que já voltava. Mandou um garçom vir nos enrolar dizendo que os pratos estavam saindo em 3 minutinhos.

– Moço, deixa eu explicar uma coisa para o senhor, caso o senhor não tenha entendido – eu disse.
– Sim, senhora.

woman-with-gun-psd543952 copyTRAZ ESSA CONTA AGORA E CANCELA ESSES PRATOS AGORA

E quer saber mais? Quando levantamos para ir embora, nem chateados eles estavam. Se despediram com um ar de “puxa vida, não conseguimos enrolar esses dois trouxas”. Eu sou um amor de querida, mas odeio que me façam de boba. Sou o tipo de pessoa que tem boa fé e demora a perceber que está sendo feita de otária. Quando percebo, é porque a coisa já está escancarada mesmo. Resumo da história: atravessamos a rua, sentamos no boteco, pedimos uma porção de fritas com picanha a xadrez, uma garrafa de Original…

feliz SmileE FOMOS SER FELIZES EM OUTRA FREGUESIA

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

7 Comentários
  1. Mariana, que péssima experiência nesse restaurante! Em compensação Minas é uma terra de gente boa, quando estive lá uns anos atrás tive uma ótima recepção.
    Ah! Eu assisti a reportagem na TVCom da primeira vez, que pena que o Bento não vai aparecer dessa vez… torço para que de última hora ele nos dê a honra da sua presença!

  2. O melhor foi o apoio do Chico, porque eu detesto “enlouquecer”, tendo razão e dizerem “calma, agora a gente já pediu”. Parabéns a ti Mari, sempre… e ao Chico! Adorei!

  3. olá querida!!!
    bem vinda de volta ao pago…
    fka calma e ñ te entope mto de omeprazol se ñ conserta uma coisa e pode estragar outra
    relaxa q no fim da tudo certo
    bjs e mtas mtas lambjokas nesse fofuxo do bento

  4. Bentinho!!!!!! Sou apaixonada por vc!!!!!!!!! E te assisti qdo vc foi no TVCom Tudo + e acho q vc deve ir novamente!!!!!! Ficar nervoso é normal… Esta perdoado!!!!! Confesso que leio o blog pra te ver!!!!!! Bjo, bjo

  5. Leva o Bento, leva.. a minha bebê de 1 ano e meio vê o caderno Donna e já pede pra ver o “au-au”, todo o sábado a noite é assim.
    Adoro o modo como você escreve, desejo que a sessão de autógrafos seja um sucesso!

  6. Sou gaúcha, moro em Belo Horizonte há praticamente cinco anos e um dos meus programas de lazer é conhecer restaurantes. Se quiseres alguma opinião e/ou sugestão, não hesites em me contatar. Aliás, adoraria te encontrar na próxima vez que vieres aqui. No próximo final de semana estarei em Porto Alegre. A capital mineira é privilegiada no quesito restaurante, dentro outros, como o acolhimento do povo e o clima. Concordo com o teu parecer sobre os restaurantes A Favorita (apesar do dono, o único uruguaio antipático que conheço) e Dádiva, que classifico como restaurante de “fazeção”, onde muitas pessoas vão para “se fazer”, como falamos aí no Rio Grande do Sul, para “verem e serem vistas”, sem falar na péssima relação custo/benefício, a ponto de alguns apelidarem o local de Dívida, rs. Aguardo o teu parecer sobre o Xapuri!

  7. Adorei o apelido do restaurante, Tagiane! Sem dúvida vou te pedir sugestões das outras vezes. E vamos nos conhecer, sim! Eu AMEI o Xapuri. Estou enrolando pra escrever porque quero escrever com calma. Mas até sexta eu faço isso. Bjo. MK

Deixar uma resposta Cancelar Resposta

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.