Farinha de feijão branco dificulta a absorção de carboidratos e contribui para a perda de peso

Ano após ano, a promessa de emagrecer está entre as principais resoluções de milhares de pessoas. Seja em busca da boa forma ou em prol da saúde, perder peso é um desejo que se torna ainda mais latente neste período, pois, em geral, a virada do ano representa um novo ciclo de conquistas. O efeito motivacional provocado por esta época faz com que muitas pessoas iniciem uma dieta rigorosa tão logo o ano comece, contudo, nem sempre este propósito se mantém com o passar dos meses.

Todos sabem que os carboidratos são considerados os grandes vilões da dieta. Contudo, ao contrário dos famigerados regimes que restringem seu consumo, sua eliminação deliberada do cardápio não é saudável e tampouco recomendável para o emagrecimento. De acordo com a nutricionista Sinara Menezes, esses nutrientes também são de extrema importância para quem deseja emagrecer e, posteriormente, manter o peso estável

– Como são a principal fonte de energia rápida do organismo, são fundamentais durante a dieta de perda de peso, sobretudo se a pessoa praticar atividades físicas regulares. Sua eliminação pode fazer com que o organismo tenha que recorrer a outras fontes de energia, inclusive os músculos e sabe-se que perder massa magra torna o metabolismo mais lento e dificulta a queima de gordura – esclarece.

O grande desafio para quem deseja emagrecer é controlar o consumo e, principalmente, qualificá-lo.

– Carboidratos complexos, como o arroz e o pão integral, liberam glicose de forma mais lenta, evitando os picos que levam ao acúmulo de gordura e a fome abrupta – aconselha.

cereais-portadaCARBOIDRATOS COMPLEXOS: INCLUA CEREAIS E GRÃOS INTEGRAIS NA DIETA

Recomenda-se, portanto, substituir os carboidratos simples, de rápida absorção, pelos complexos. Ou seja, reduzir o consumo de alimentos como o pão branco, a batata inglesa, e a tão amada macarronada de domingo e substituí-los pelos cereais e grãos integrais. Isso significa deixar de comer todas essas delícias em prol do emagrecimento? É aí que entra a boa notícia, com o auxílio de um alimento funcional é possível vez ou outra se dar ao prazer de degustar algumas dessas delícias sem atrapalhar a dieta.

A novidade: farinha de feijão branco
Sim, por incrível que pareça este item tão comum do cardápio pode ajudar na perda de peso. O feijão branco contém uma substância chamada faseolamina, capaz de fazer com que o organismo absorva menos carboidratos. De acordo com a nutricionista, essa proteína é capaz de diminuir significativamente a assimilação do amido desses alimentos

farinha-de-feija%cc%83o-brancoFARINHA DE FEIJÃO BRANCO: AJUDA O ORGANISMO A NÃO ABSORVER O AMIDO

– Quando ingerido, a faseolamina presente no feijão branco bloqueia a ação de uma enzima chamada alfa-amilase, justamente a responsável por quebrar os carboidratos durante a digestão. Uma vez inibida, a capacidade do organismo em absorver o amido é afetada, fazendo com que parte da glicose e, consequentemente, das calorias desses alimentos não sejam armazenadas, sendo eliminadas pelo processo digestivo – explica.

Evidências apontam que a proteína é capaz de diminuir em até 20% a absorção dos carboidratos, beneficiando consideravelmente as dietas de perda de peso. Contudo, não basta consumir o feijão branco da maneira tradicional:

– O cozimento faz com essa proteína se perca, portanto, para alcançar seus benefícios é recomendado incluir na dieta o extrato obtido a partir do feijão cru, como cápsulas ou a própria farinha do grão.

tiarajufeijaobrancotiarajuFARINHA EM CÁPSULAS: HÁ UMA VARIEDADE DE MARCAS NO MERCADO

Obtida a partir do feijão branco que foi lavado, seco e triturado, a farinha de feijão branco se caracteriza pelo baixo teor energético (são somente 24 calorias por colher de 10 gramas) e pela presença de proteínas – são duas gramas na mesma porção. A farinha de feijão branco ainda se destaca pela presença de fibras (2,5 g por colher) e nutrientes importantes como cálcio (o feijão branco é uma das melhores fontes vegetais do mineral), ferro, magnésio, potássio, fósforo, e as vitaminas E, K e ácido fólico.

Mas atenção: Da mesma maneira que outras leguminosas, o feijão branco também contém fitato (ou ácido fítico), uma substância que age como um antinutriente e dificulta a absorção de alguns minerais, como o ferro, cálcio, zinco e fósforo. Por esse motivo, nutricionistas recomendam o consumo de no máximo uma colher de café da farinha de feijão branco por dia (sempre com água), por um período máximo de 30 dias. O ideal é que você reveze o consumo da farinha de feijão branco com outras farinhas funcionais, como as farinhas de berinjela, banana verde e maracujá, entre outras.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.