Heavy metal!

Já tem um tempinho, acho que uns bons três meses, acordei sentido falta de um pouco de brilho na vida. Sabe aqueles dias em que a gente se sente meio down e nem sabe o porquê? Pois é. Achei que vestindo um colete de paetês a vida me daria um tapinha nas costas, uma espécie de “deixa disso, Mariana”, e eu realizaria que é bem melhor ser alegre que ser triste, como bem cantava Vinicius de Moraes. E não é que surtiu efeito?

Na redação, a Lizi me olhou, olhou de novo… Fez uma pausa, soltou um suspiro e perguntou:

– Mari, tenho uma bolsa de paetês, mas nunca uso durante o dia. Será que dá?

A essa altura, eu já era o sol em pessoa (ah, o poder do paetê..) e respondi, num entusiasmo único:

– Claaaaaaro!!!

A Lisi veio, no dia seguinte, toda reluzente com sua linda bolsa de paetês. Ao que a Celia Ribeiro, ao entrar na redação, comentou no ato:

– Huuuummm… quem aqui viu passarinho verde? Quem é a dona da bolsa de paetê?

Foi quando eu, de verdade, me dei conta do poder entusiasmante, enérgico, das boas energias que um paetê e um brilho (sempre bem dosado, por favor!) têm na vida de nós, mulheres de fases.

Contei toda essa história para dizer que estou apaixonada por uma nova tendência que a cada dia se confirma mais para o verão: os tons metalizados – para o dia e para a noite. Já tinha sido uma forte aposta dos estilistas nas semanas de moda e agora se confirma mesmo nas ruas. Estava lendo a Vogue Portugal e ali conta que essa moda nada mais é do que estilistas  buscando o luxo em um momento de crise na Europa. Faz sentido. Ouro, prata e todas as nuances metalizadas nunca estiveram tão em voga.

Eu gosto do metalizado usado com estilo hi-lo, sabe assim? Tipo: coloquei um blazer prateado pra vir trabalhar e dosei a extravagância com um All Star. E nas festas red carpets, aí sim, adoro os modelos de vestidos curtinhos com um salto bem alto, uma clutch e só.
Separei alguns exemplos que, a meu ver, são 10 com estrelinha.

Quando é que Gwyneth Paltrow errou na vida?

Tenho minhas ressalvas a Vic Beckham, mas devo admitir que desta vez ela foi feliz. E esta regata é o tipo de peça que faz a diferença com uma calça jeans e uma sapatilha também.


Red carpet e Drew Barrymore em versão curta e comprida. Festa tem espaço para os dois comprimentos. Adorei o cinto com pegada mais esportiva marcando a cinturinha do longo. É aquela coisa que eu estava falando do hi-lo, capitou?

Olivia Palermo: adoro marrom com preto

O desfile de verão da Huis Clos, um dos mais lindos do SPFW.

E a tendência metal se confirma até nos esmaltes:

Mas esta moda de unhas metálicas eu ainda estou digerindo….



Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.