Já está à venda o aparelho que regula o humor. Eu quero!

O mundo moderno tem dessas coisas – e eu confesso que muitas das coisas do mundo moderno eu tenho muuuita vontade de experimentar. Por exemplo? Esse negocinho aí acima colado na testa dessa moça simpática. Gostaria muuuuito de colar esse negocinho na minha testa em alguns dias de humor meio duvidoso (tipo em dias de Síndrome da Segunda-Feira). Também gostaria muuuito de colar esse negocinho na testa de uns e de outros em dias de chuva quando o passeio fica impedido.

bento1ELA ESTÁ FALANDO DE MIM

angry-woman-1DE QUEM MAIS SERIA?

Pois o tal negocinho chama-se Thync, que já havia sido lançado como protótipo em 2014 e agora chegou finalmente ao mercado. O que promete o Thync: ajudar a alterar o humor, sendo dando energia extra ou deixando a gente calminha, calminha como se tivesse engolido uma cartela de Rivotril.

scared-woman2-267x300EU QUERO

woman-yelling-istock-de21COMO FUNCIONA, MARIANA?

O aparelho é composto por um dispositivo triangular que deve ser encaixado na têmpora. Há também um conjunto de eletrodos que sai do dispositivo principal e deve ser colocado na nuca.

Olha!

thync1E AÍ, FUNCIONA, MOÇO?

Nos Estados Unidos, custa US$ 299 – R$ 940 reais, em uma conversão que deveria ser simples, sem os incontáveis impostos que você, cara brasileira, terá que desembolsar, caso tenha vontade de adquirir o Thync. Junto do aparelho vem um conjunto com 20 eletrodos (10 para acalmar e 10 para dar energia) com garantia de ao menos um uso cada.

A notícia triste para os interessados donos de Andoid é que vocês, por hora, estão de fora dessa brincadeira do aparelhinho que altera o humor. É que o dispositivo é controlado através de um app exclusivo para iPhones 4S ou superior.

scared-woman2-267x300TENHO iPHONE 5

bento1QUE MEDO DISSO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.