Kutcher e o espírito “the flash”

Não consigo entender muito bem a performance do ator Ashton Kutcher na passarela da Colcci. Na temporada passada do São Paulo Fashion Week, quando estreou como garoto-propaganda da marca, ele apareceu apenas no final do desfile. Na época, comentou-se a boca pequena que teria ficado magoado com as vaias que levou dos fotógrafos ao chegar à Bienal ao lado da mulher Demi Moore – as vaias foram um grande mal entendido, mas enfim… fato é Kutcher só deu um rodopio e foi embora.

****

Pois ontem, não recebeu vaia nenhuma e não é que também fez uma aparição the flash? Abriu o desfile ao lado de Alessandra Ambrosio, bateu umas palminhas para ela em frente ao pit de fotógrafos, desceu da passarela, sentou na fila A e lá ficou até terminar o desfile.

***

Eu já disse quinhentas mil vezes e repito: acho que já deu dessa história de “celebrities” em desfiles. Desfile é desfile, moda é moda, Hollywood é Hollywood, sabe assim? Não aguento essa histeria instalada em torno das estrelas. E não é que Ashton Kutcher assinou embaixo e contribuiu ainda mais com a minha crença?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários
  1. Concordo Mariana; E este rapaz ainda ganha pra dar essas aparições relâmpago sem acrescentar absolutamente nada ao evento.
    Trata-se talvez de uma falta de criatividade imensa, e de um desperdício de recursos por consequência.
    Se ele fosse o garçon do evento estaria mais aproveitado.

    Abraço. Alexandre e Michelle.

  2. Concordo Mariana; E este rapaz ainda ganha pra dar essas aparições relâmpago sem acrescentar absolutamente nada ao evento.
    Trata-se talvez de uma falta de criatividade imensa, e de um desperdício de recursos por consequência.
    Se ele fosse o garçon do evento estaria mais aproveitado.

    Abraço. Alexandre e Michelle.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.