Legging, o (temido) retorno

Eu tenho medo de calça legging e sempre admiti isso. Tenho medo porque, vira e mexe, vejo na rua as maiores aberrações – uma delas amada por gaúchas em geral: a calça legging usada com bota de couro de salto plataforma. Calça legging com salto pode ficar lindo. Eu mesma, quando estou inspirada, lanço mão desse estilo. Mas prefiro um scarpin.

A questão é que nem sempre o bom senso impera – e não raro calças leggings são vistas cruzando esquinas deixando o derrière todo à mostra, empoleiradas em cima daquelas botas presas a um tijolão de madeira chamado salto.

mulher chorandoÉ DE CHORAR

Falo sobre o tema porque as passarelas dos desfiles internacionais deram muitos sinais de que a legging invadirá vitrines e se alçará a buscar lugar no nosso guarda-roupa. Em Milão, elas apareceram sob sofisticados abrigos, vestidos e saias de Dolce & Gabbana e substituíram a meia-calça nas propostas de Ralph Lauren.

Olha!

dolce_gabbana_y_ralph_lauren_leggings_6015_635xEm looks acertadíssimos nas passarelas de Ralph Lauren e Dolce & Gabbana.
Ah, sim: perceba que amarelo, esse amarelão aí acima, foi a cor de destaque nas coleções da semana de moda de Paris. Não se desfaça de amarelos, portanto, sweetheart! Eu amo amarelo naqueles dias em que quero espantar mau olhado e me sentir uma pessoa solar e emanar boas energias, sabe assim?

Voltando ao assunto legging para não perder o foco: como costuma acontecer, grandes grifes ditam tendências, menores embarcam na onda. Assim, marcas menos incensadas também trataram de encher suas coleções de modelos de leggings. Nanette Lepore, Moncler, Fausto Puglisi, Adam Selman, Vivienne Westwood Red Label, Mark McNairy New Amsterdam o Atil Kutoglu são apenas alguns exemplos.

leggings_pasarela_4961_635xAs propostas de Nanette Lepore, Fausto Puglisi e Vivienne Westwood Red Label

A Zara na Europa investiu alto nesta moda. Inclusive tratou de colocar modelos no lookbook da marca. A Zara ainda foi além: elegeu como a legging hit da temporada um modelo desses que prendem embaixo do pé. E então eu lembrei que há dois anos comprei na Maria Bonita Extra, quando ela ainda existia no Moinhos Shopping, dois modelos de legging iguaizinhos, que prendem embaixo do pé – um preto e um grafite.

Olha!

leggings_low_cost_4150_635xO modelo hit da Zara com pezinho que eu falo é este da direita. Fica liiiindo com sapatilha. É minha maneira predileta de usar as duas que tenho da Maria Bonita Extra. Porque eu coloquei a foto do desfile da Dolce & Gabbana junto? Porque eu não tenho photoshop aqui neste computador e não consegui achar uma foto só da Zara. Além do mais, a imagem de Dolce & Gabbana também tem a ver com o universo legging

É inegável a comodidade da legging com relação à meia-calça. Eu sou daquelas pessoas que simplesmente não consegue usar meia-calça. Passo o dia lembrando que elas existem apertando meu corpo, escorregando pela minha perna, contorcendo meu estômago com aquele elástico maldito.

:O cansaço que uma meia-calça dá
:A meia-calça me deu um nó

O que não dá para esquecer ao investir um dinheirinho em leggings é que leggings são leggings. Leggings não são calças. Não servem como substitutas da calça, sendo mais clara. Ficam estilosas, sim, como apareceram nas imagens acima, por baixo de máxi tricôs, camisas oversized, saias e vestidos. Nunca como chamariz de qualquer look.

article-2758784-216B97A400000578-325_634x833SE É QUE ME ENTENDEM

bento1É A KIM KARDASHIAN?

Quem mais poderia ser, Bento?

bento1A NANDA COSTA

eu-nao-quero-verjpeg1NÃO, NÃO, NÃO, NÃO……

nandacostaOI, MARIANA, LEMBRA DE MIM?

mulher-hysteriaNÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.