Na aula de hoje, como harmonizar queijos e vinhos!

Acho péssimo quando me vejo diante da possibilidade de comprar algo com conhecimento de causa e não tenho o tal maldito conhecimento. Me refiro à ida ao supermercado na terça-feira passada. Cheguei de Colorado às 19h e o Chico foi me buscar na rodoviária.

Dali, partimos diretamente para o supermercado. Chico gosta muito mais de um supermercado do que eu, e eu só tenho a agradecer que essas iniciativas de encher a despensa de casa quase sempre partam deste marido sensível às agruras de uma companheira meio fóbica a este tipo de programa.

mulher rezando de joelhosOBRIGADO, SENHOR

Havia algumas coisinhas para repor na geladeira – uma delas não era queijos e vinhos. Mas eu tenho uma queda por queijos e vinhos, sobretudo nesse horário de verão em que ainda é possível chegar em casa, montar uma linda tábua, abrir um lindo vinho e ser feliz na varanda vendo o sol se despedir.

Enquanto Chico, o marido proativo, percorria os corredores buscando os itens de primeira necessidade para casa, Mariana, a esposa quase inútil, admirava maravilhada o refrigerador de queijos imaginando quais precisaria para montar sua linda tábua.

mulher-doidissima1NÃO CHEGUEI A NENHUMA CONCLUSÃO

Eu até sei os tipos de queijos que gosto mais e tal (ok, às vezes me atrapalho um pouco com o Gruyère e o Emmental), só que eu queria montar uma tábua de queijos e estava com problemas de escolher quais seriam os eleitos para que minha tábua ficasse eclética e saborosa.

Mais: não sabia quais harmonizar com vinhos brancos e tintos. Foi então que o Chico me deu o sinal vermelho: já havia passado tempo suficiente prostada diante daquele cenário amarelo. Passou a mão em dois queijos, colocou no carrinho – e eu resolvi estudar melhor essa história toda de tábua e afins outra hora. Como amo assuntos de etiqueta e do bem servir, foi um prazer, durante a semana, sempre entre uma folguinha e outra de trabalho, entrar para o mundo maravilhoso das tábuas de queijos e vinhos e conhecer melhor o assunto.

desenho-apresentador-de-circoSENHORAS E SENHORES!

httpwpclicrbscombrporaifiles201307tamborpngBAM BAM BAM

apresentador-de-circo1Mariana orgulhosamente apresenta nossa aula de etiqueta de hoje: QUEIJOS E VINHOS!

palmas-1UHUUUUUUU!!!!!!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212pinto-dancandof1gifQUEIJOS E VINHOS!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212danca-hipogifQUEIJOS E VINHOS!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212danca-ovelha54gifQUEIJOS E VINHOS!

httpwpclicrbscombrporaifiles201301vacaatt31gifQUEIJOS E VINHOS!

bento1ELA FICA DEMENTE NA SEXTA-FEIRA

03-por-ai-mulher-gritando5FICO MUITO FELIZ!!

A primeira descoberta que fiz em minha pesquisa quase me levou a desistir de tudo: queijos e vinhos são complementos comuns, mas não ideais, segundo os especialistas. “De onde essa agora?”, pensei. De onde que, para conhecedores do mundo do vinho, queijos são alimentos muito gordurosos e que dificultam saborear realmente a bebida, pois entopem as papilas gustativas da língua.

28mulher-assustada-jpeg1FALA SÉRIO…

“A ideia de que vinho e queijo são pares perfeitos é mito. O queijo é um dos alimentos mais problemáticos para a combinação com o vinho”, escreveu a especialista inglesa Joanna Simon no livro “Vinho e Comida”, da editora Companhia das Letras.

Olha!

vinho-e-comida-001-copia11NÃO VOU LER PORQUE NÃO QUERO SABER DESSA HISTÓRIA

Voltando o foco para nossa aula: primeiro, a maneira de servir na tábua: alguns especialistas sugerem servir os queijos sem fatiar. Eu li em publicações de vida mais real que não há problema algum em sugerir cortes iniciais para orientar as pessoas. Depois, claro, deixamos que cada convidado corte os próprios pedaços – sempre garantindo que cada tipo de queijo tenha sua própria faca para não misturar os sabores.

Olha que interessante a ilustração que encontrei!

facas de queijo

UM JOGO DE TLAHERES ESPECÍFICOS PARA QUEIJOS SÓ PRA DIFICULTAR (E ENCARECER) AINDA MAIS A IDEIA DE SERVIR O QUE ERA PARA SER UMA SIMPLES TÁBUA DE QUEIJOS…

Pães são complementos ideais para o momento. Frutas frescas e frutas secas também! As frutas frescas, como uva e maçã, além de combinar com alguns queijos, ajudam a limpar o paladar para experimentação de novos sabores. Em geral, queijos de casca dura combinam com vinhos tintos; queijos frescos vão melhor com os brancos.

Quanto mais cremoso o queijo, mais acidez o vinho deve ter. Os queijos azuis, feitos a partir da maturação de fungos (gorgonzola, roquefort, stilton, maytag) combinam com vinhos mais doces, para quebrar o sabor rico, forte e salgado. Opções de vinhos neste caso dos queijos azuis são os vinhos doces e intensos, sejam tintos como os Porto, Recioto e Madeira ou brancos como os Sauternes.

bento1ELA ESTÁ SE ACHANDO DEPOIS QUE ESTUDOU

03-por-ai-mulher-gritando5ESTOU MUITO FINA!

Os queijos mais conhecidos são o brie, chamois d’or e camembert que vão melhor com vinhos brancos, do tipo chardonnay. Quem preferir a companhia de um tinto (como eu) pode optar por pinot noir. Parmesão e grana padano (amo grana padano!) são mais duros e geralmente usados como complementos em refeições. Podem ser harmonizados com vinhos do tipo pinot gris ou pinot grigio.

desenho-professora-2AGORA VAMOS À MONTAGEM DA TÁBUA DE QUEIJOS!

A escolha dos queijos é fundamental, claro. Para isso, deve-se buscar montar uma tábua com boa variedade de tipos. A ideia é escolher pelo menos um queijo mais familiar como o brie ou um queijo curado. O idel é eleger entre 3 e 7 tipos diferentes.

Fica a dica também na hora de eleger os fromages preferidos. Eles têm texturas e sabores variado: os mais macios (como o Brie e o Camembert), os mais firmes (como o Comté e o Emmental) e os azuis com fungos (como o Bleu D’Auvergne e o Gorgonzola). Para cada pessoa, calcule cerca de 150g. a 200 gramas

Como sempre, quanto mais colorida e diversificada ficar a mesa, melhor. Por isso, podemos complementá-la com frutas frescas ou secas, castanhas e oleaginosas, outros frios, azeitonas, mel e geleias (que combinam perfeitamente com o Brie e o Camembert). O importante é não escolher itens com sabores muito marcantes, apimentados ou intensos para que não se sobreponham aos dos queijos.

doremax_linguicacalabresaTIPO UMA CALABRESA FORTE, SABE ASSIM?

Pães são indispensáveis para acompanhar. O legal é providenciar pelo menos dois tipos com diferentes texturas, como os mais macios, os integrais ou com grãos, e torradas ou biscoitos mais crocantes. Na hora de organizar os queijos na tábua, a ideia é seguir uma ordem de degustação que vai dos tipos mais suaves aos mais marcantes, para que um sabor não interfira muito no outro. Um bom exemplo de sequência seria Brie, Emmental, Comté e Roquefort. Além disso, é importante que todos os queijos estejam em temperatura ambiente para garantirem a textura e o sabor próprios.

mulher-espertaE AÍ, GOSTARAM DA AULA?

portrait-of-a-group-of-business-people-laughing-against-white-baADORAMOS, MARIANA!!

bento1AGORA VAMOS?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.