Não digam que não avisei

Acordei hoje de manhã e achei que ainda estava tendo alguma espécie de alucinação pós-traumática de ter pego DOIS AVIÕES em menos de 24 horas.

MEUS OLHOS AINDA NÃO DESENTORTARAM LEMBRANDO DO TRAMBOLHO BATENDO ASAS

Achei que a notícia estava meio nebulosa e talvez equivocada em função dos meus olhos tortos do estresse pós-traumático. Mas não. A notícia estava certa.

FELIPÃO É O NOVO TÉCNICO DA SELEÇÃO

Eu não tenho bola de cristal, mas tenho testemunhas das minhas previsões.
1) Quando Ronaldinho (o Fenômeno) surgiu ainda magrinho e dentuço, eu disse: “Este vai ser grande”. Lembra, mãe? Minha mãe passou a me respeitar como palpiteira de futebol desde este dia.
2) Quando Falcão assumiu como técnico do Inter, eu balancei a cabeça.

ISSO NÃO VAI DAR CERTO

3) Com Fernandão foi a mesma coisa. “Vão repetir o erro de querer transformar um ídolo do time em técnico”, eu disse.

TENTEI AVISAR, VIU FERNANDÃO!?
NINGUÉM QUIS ME OUVIR

4) Com Dunga, vai ser a mesma coisa, podem escrever.

NÃO VAI DAR CERTO

Tirando a gola rulê que o Dunga gosta de usar, não tenho nada contra o Dunga, pelo contrário. Acho um cara íntegro, de boa índole e ótimas intenções.

MAS NÃO VAI DAR CERTO

Também não tenho nada contra o Felipão. Também acho um cara íntegro, de boa índole e ótimas intenções.

MAS NÃO VAI DAR CERTO

Felipão vai durar na Seleção até meados de 2013. Daí a Seleção não vai responder em campo, a CBF vai entrar em crise, vai faltar menos de um ano para a Copa, os cartolas vão fazer outra reunião, o povo vai pressionar e sabe quem vai ser convocado para literalmente salvar a pátria?

TU, MURICY!
JÁ VAI ASSIMILANDO QUE A BOMBA SERÁ JOGADA NO TEU COLO

Por que eu resolvi falar sobre futebol? Não tenho a mais remota ideia. Não torço para time nenhum. Torço pelo Estado. Se o Inter está jogando com um time de fora, torço para o Inter. Se o Grêmio está jogando com outro time de fora, torço para o Grêmio.

HUUUMM….
E NO GRE-NAL, MARIANA?

No GreNal, assim como em qualquer jogo de futebol (tirando aqueles espetaculares finais de copa europeia, programa que realmente vale a pena assistir), não torço pra ninguém. Tenho bem mais o que fazer. Domingo, por exemplo. No próximo domingo, bem na hora do GreNal, eu vou assistir a um filme que está sendo muito recomendado e que está levando homens e mulheres ao riso e às lágrimas.

Tem no elenco minha amiga Jane Fonda. Sim, desde que ela me disse para que eu não me preocupasse com a chegada dos 40 anos, eu me tornei a melhor amiga dela, embora ela não saiba. A história é a seguinte:

Cinco amigos – dois casais e um solteirão mulherengo – se conhecem há mais de 40 anos e começam a enfrentar os problemas da velhice. Uma das mulheres se descobre com câncer, e esconde a doença do marido, este já um tanto esclerosado. Outro casal vive numa casa muito grande e sente-se solitário, pois os filhos já se foram há muito tempo e os netos não encontram muita motivação para visitá-los. O solteirão emprega seu tempo – e dinheiro – em prol das prostitutas da vizinhança, até descobrir que seu coração e outras partes da anatomia já não respondem como antes.

 

O que me chamou a atenção e a vontade de ver este filme:

O melhor de E se Vivêssemos Todos Juntos é o senso de humor com que trata de situações propensas ao drama. O humor não esconde a realidade. Olha para ela e a tempera de humanidade. “E se Vivêssemos Todos Juntos” não é um filme mórbido em momento algum. É muito mais um elogio à vida, que deve ser saboreada da melhor maneira possível, até o inevitável fim.

A mesma certeza que tenho de que vou chorar aquelas lágrimas boas é a mesma certeza que tenho de Muricy como salvador da pátria e de Dunga como o terceiro erro do Inter de querer colocar um ex-jogador como técnico de uma equipe. Uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa.

E O QUE ESTA ENTRADA DE CAMARÕES COM ATUM GRELHADO, ABACAXI, GENGIBRE E A MANCHA PRETA DO TEU iPHONE TEM A VER COM FILME E FUTEBOL, MARIANA?

Não tem nada a ver, mas depois eu preciso contar sobre esta entrada.
Obrigatória de pedir no Sashiburi.

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

14 Comentários
  1. mari, tu adivinhou meu pensamento! Tu é musa! rsssss… Tbm. acredito que ter mais o que fazer do que ver os jogos de um time ou de outro tá é muito certo! Certíssimo. bjs

  2. mari, tu adivinhou meu pensamento! Tu é musa! rsssss… Tbm. acredito que ter mais o que fazer do que ver os jogos de um time ou de outro tá é muito certo! Certíssimo. bjs

  3. Figura… esse negocio que vc escreve, que parece uma coluna, uma(s) tirinha(s), um gif/clipe destrambelhado… é muito do bão! Adoro!!
    Vai fazer roteiro, guria, vc é demais!

  4. Figura… esse negocio que vc escreve, que parece uma coluna, uma(s) tirinha(s), um gif/clipe destrambelhado… é muito do bão! Adoro!!
    Vai fazer roteiro, guria, vc é demais!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.