Nutricionista apresenta cinco razões para incluir soja nas refeições

A soja é uma das leguminosas mais completas e pode proporcionar diversos benefícios para a saúde. Ela é rica em proteínas de alta qualidade, gorduras “boas” (como as mono e poli-insaturadas), fibras, vitaminas e minerais. No Brasil, a Anvisa aprovou a soja como um alimento com propriedade funcional e recomenda o consumo de no mínimo 25 gramas por dia da proteína vinda desse alimento, associado a hábitos de vida saudáveis – sempre!

Para Glaucia Figueiredo Braggion, nutricionista especializada em nutrição esportiva, refeições com maior consumo de alimentos vegetais são benéficas, já que esses alimentos são ricos em fibras solúveis que formam uma espécie de gel no trato-digestório e tornam a digestão mais lenta, proporcionando sensação de saciedade por mais tempo. Explica ela:

– O recomendado é que haja uma variação ao incluir a soja na alimentação, fazendo uso deste grão no preparo de saladas, pratos quentes ou vitaminas e alterando seu uso no cardápio, para evitar a monotonia alimentar.

soy-protein-cholesterol-dietSOJA: MIL E UMA UTILIDADES PARA VARIAR O CARDÁPIO

A pedido do site MK, Glaucia apresenta cinco razões para você começar a pensar (se ainda não é adepta) a incluir a soja em seu cardápio.

1. Proteína de qualidade
Fonte de proteína vegetal de alto valor biológico, o grão pode desempenhar um papel importante na saúde. Sua composição é rica em lipídios, carboidratos, proteínas, fibras e outros nutrientes, como vitaminas A e C, cálcio, potássio e isoflavonas, que podem ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares, osteoporose, câncer, diabetes, contribuindo reduzir os sintomas da menopausa.

2. Faz bem ao coração
Incluir a soja na dieta pode trazer benefícios ao coração uma vez que a proteína da soja auxilia na diminuição dos níveis de colesterol sanguíneo, um importante fator de risco para doença coronariana. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a proteína de soja é um nutriente com propriedades funcionais e/ou de saúde – e foi aprovado que o consumo diário de no mínimo 25 gramas de proteína de soja pode ajudar a reduzir o colesterol. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação variada e a hábitos de vida saudáveis.

edamame-copyEDAMAME, A ENTRADINHA DE SOJA DELICIOSA QUE VALE PEDIR NA PRÓXIMA IDA A UM RESTAURANTE JAPONÊS

3. Alimento Seguro
Seu consumo é seguro para todas as faixas etárias, podendo fazer parte de uma alimentação equilibrada e aliada a hábitos de vida saudáveis tanto para crianças quanto para adultos.

4. Zero lactose
As bebidas e os alimentos à base de soja não possuem lactose, podendo assim ser indicados a quem possui intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite. Algumas bebidas à base de soja do mercado possuem fortificação de cálcio, com o mesmo teor presente no leite, mas é sempre bom ter ciência de que qualquer restrição deve ter acompanhamento de um profissional de saúde garantindo adequação calórica e ingestão de todos os nutrientes.

5. Alimento Versátil
A soja pode ser consumida de diversas maneiras. Seja através do grão em refeições ou nas versões em bebidas de soja, em vitaminas e shakes.

soja ntuploads201308carne_de_sojaCARNE MOÍDA DE SOJA PARA ACOMPANHAR UMA FEIJOADINHA

Agora com a chegada de dias de temperatura mais amena, começa a apetecer uma comidinha mais quente, como feijão, lentilha…. Que tal, então, combinar com uma deliciosa carne moída de soja? Eis a dica de preparo da consultora Wanda Steindorf.

Ingredientes
1 xícara de carne de soja
1 xícara de água filtrada
1 xícara de molho de tomate
Cebola, alho, sal, molho shoyu a gosto
Se desejar pode acrescentar hortelã picadinha, manjericão ou salsinha picada (fresca)
Óleo para untar

Modo de preparo
A maneira de preparar a soja é parecida com o arroz refogado. Numa panela, coloque a água para ferver, com o sal a gosto. Em outra panela, ponha um pouco de azeite. Use fogo alto. Acrescente o alho a gosto. Deixe dourar. Acrescente a soja crua (seca) e mexa com a colher de pau, misturando bem com o alho refogado. Acrescente a água e o molho de tomate aos poucos e mexa bem. Nesta etapa, deixe o fogo baixo. Acrescente os temperos, molho shoyu, salsinha (ou manjericão ou hortelã). Misture tudo. Vá acrescentado a água quente aos poucos até que a soja esteja macia sem excesso de água. Está pronta para ser usada no lugar da carne moída.

PS: O molho shoyu é imprescindível, pois é ele que retira o sabor amargo da soja. Se juntar mais molho de tomate, você terá o molho à bolonhesa com carne de soja.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

1 Comentário

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.