Pipoca faz bem para o coração!!

Faz alguns dias que combinamos de adquirir uma pipoqueira elétrica. Não somos fanáticos por pipoca, em quatro anos de casados nunca fizemos pipoca em casa, ora veja só! Aliás, acabo de me dar conta disso neste exato momento em que escrevo.

mulher em dúvida POR QUE SERÁ?

Agora fiquei intrigada. Por que será que em quatro anos de casamento nunca fizemos pipoca em casa? Vou elucubrar as possibilidades.
1) Durante a semana, impossível. A menos que peça demissão e fique assistindo a Sessão da Tarde.
2) No fim de semana, tampouco. A menos que troque o cinema de domingo (com pipoca) por algum filme do Now. E como esse Now é uma porcaria e eu não tenho uma Smart TV com acesso à internet para me deleitar com o Netflix, o jeito é continuar indo ao cinema e comendo aquela pipoca amarela enjoativa.

Ahhhhhhh!!ENTÃO POR QUE COMPRAR UMA PIPOQUEIRA, MARIANA?

Por que comprar uma pipoqueira se não temos tempo de fazer pipoca? Taí, também nunca tinha pensado nisso. Na verdade, a história toda começou porque meu excelentíssimo marido, um homem trabalhador e honesto, lançará dentro em breve uma linha de novos produtos alimentícios, entre eles milho para pipoca. Então, ele veio com essa história de que temos que nos “auto-prestigiar”.
– Tu não tem mania de comprar teus próprios livros? – perguntou.
– Sim, tenho – respondi.
– Então, agora nós vamos comer a minha pipoca.
– Mas meus livros não engordam.
– Minhas pipocas fazem bem para o coração.

imagesHEIN?

Disappointed businesswoman isolated on whiteDESDE QUANDO?

Então, fui pesquisar a relação pipoca com saúde do coração. E não é que existe mesmo? Segundo um estudo da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, o grão integral é rico em fibras e antioxidantes, que fazem bem ao coração. O professor Keith Thomas Ayoob, da Faculdade de Medicina Albert Einstein, em Nova York, explica que os nutrientes da parte interna da pipoca são protegidos pela película do milho que estoura em alta temperatura. Então, a pipoca não perde o valor nutritivo.

popcornCROC CROC CROC CROC

Só que… A pipoca aprovada pela pesquisa não é a feita com muito óleo, muito sal e muita manteiga. Ou seja: não é aquela pipoca amarela de cinema nem a que a gente costuma fazer na panela de casa. Esse tipo é prejudicial à saúde, segundo os médicos, por causa da grande quantidade de gordura e de sódio. Para se manter saudável, a forma de preparo é outra. É aí que entra a pipoqueira elétrica que eu falava la no início dessa ladainha toda.

SacouSACOU?

O doutor Ayoob diz que a pipoca com gordura exagerada, principalmente com manteiga, engorda e faz mal ao coração. Ele sugere a pipoca de micro-ondas com baixa quantidade de gordura e pouco sal (não conheço pipoca de micro sem ser aquelas de pacote meio nojento, com uma espécie de massa amarela). Ela também pode ser feita em uma máquina específica, que estoura o milho no ar quente, sem levar nenhuma gota de óleo.

CADENCE - Pipoqueira - POP MAIS 201COMO ESTA QUE CHEGOU HOJE NO MEU EMAIL

A pipoqueira da Cadence não usa nenhum tipo de óleo: a pipoca estoura em poucos minutos, com a força do ar quente. Vem com uma colher medidora com a porção exata da pipoqueira. Para quem não anda a fim de adquirir uma pipoqueira, os médicos ouvidos na pesquisa sugerem uma forma caseira e saudável de preparo para eliminar totalmente a gordura. A sugestão é colocar o milho em um saco de papel, fechar com fita adesiva e levar ao micro-ondas. Garantem que a pipoca estoura da mesma forma.

bento clássicaEU GOSTO DE PIPOCA?

Isso a gente vai poder comprovar quando tiver o milho e a pipoqueira. Enquanto esse dia não chega, comecemos a contagem regressiva para mais uma sessão de autógrafos de Vida Peregrina.

03mulher-nova-gritando-feliz-thumb89432486ATENÇÃO CAXIAS DO SUL!

numerais parede noveFALTAM NOVE DIAS!

vidaperegrina28 SAVE THE DATE
Sessão de autógrafos de Vida peregrina
Sábado, 5 de abril, 17h
Saraiva do Iguatemi

hysteria-284x300NÃO ME DEIXEM SÓ

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Oi Mari…. estava louca por este dia…. Juro que não lhe deixarei sozinha….
    Tu vai levar o Bentinho?

    Quanto a pipoca sem óleo… sei de outra técnica caseira, mas não sei se funciona pois não testei. Basta ter um refratário alto, milho de pipoca e plástico filme… Tens que lavar o milho da pipoca colocar no refratário, colocar o plástico filme por cima e fazer alguns furinhos… Dizem por aí que fica gostosa e saudável.

    Abraços e até logo…

  2. Mari:
    sugiro que procures o programa da Rita Lobo no GNT em que ela ensina a fazer uma sopa de abóbora maravilhosa e serve pipoca como acompanhamento. Segundo a Rita, que eu adoro, é muito menos calórico do que os “croutons” e com o inverno chegando, imagino que em breve vais reeditar as sopas como cardápio do jantar ( a despeito da opinião do Chico e do Bento). Taí, diz ao Chico que a volta da sopa noturna é para servir de acompanhamento às pipocas da família e prestigiar o marido empreendedor!

  3. Mari, que ótimo que falaste da pipoca e de como ela pode ser feita de maneira saudável, há cinco anos que aprendi a fazer na panela mesmo sem usar uma gota de óleo como tb no micro da maneira que descreveste, em um saco de papel e sem uma gota de óleo e dá super certo, quem quiser um leve gostinho de manteiga pode colocar uma ponta de faca de creme vegetal ( o da sua preferência e saudável tb) fica uma delícia.

  4. Oi Mariana, eu faço no micro sem uma gota de óleo! Pego uma tigela de vidro, coloco o milho e umas duas colheres de sopa de água cubro a tigela com aquelas tampas para cobrir alimentos durante o aquecimento e dentro de + ou – 5 minutos está pronta minha pipoca saudável! bjs no Bento e na Olívia

    http://www.youtube.com/watch?v=l1eaZcjoefQ
    Neste vídeo mostra direitinho :D

  5. Mari, bom dia! Olha, meu namorado ganhou essa pipoqueira há uns três anos atrás. Rende muito, estoura todos os grãos, exceto os poucos que saltam antes de estourar, e bem legal de acompanhar o processo da pipoca saindo da pipoqueira, totalmente sem gordura, mas, meio sem sabor sabe… Meio sem graça. Como não tem gordura o sal não pega, sugiro o spray de sal que vende no mercado.
    Adoro a pipoca que vende no cinespaço do Bourbon Wallig, é simples, salgadinha na medida, sem manteiga. Não conheço o cinema, mas a pipoca é delícia. Ah, neste shopping abriu também um quiosque de pipoca gourmet, tem pipoca com queijo, canela, pé de moleque, chocolate, coco.. Experimenta, Mari.

  6. Mari, ri sozinha com este teu post. Eu comprei há uma semana esta pipoqueira só que ela não chegou lá em casa ainda!!!!!!!!!!!!!!!!!! Assim que ela chegar e eu fizer a primeira pipoca te conto como foi a experiência. Ah, e divulga a marca das pipocas do Chico!
    Outra coisa, concordo contigo sobre a dupla cinema + pipoca, impossível resistir.
    bj

  7. Meu Deus…morriiiiii….não acredito que vem à Caxias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Eba vou finalmente poder te conhecer!!!!!!!!!!!!!!! Que notícia maravilhosa Mari!!! Contando os dias!!!!!!!!! Fez meu dia mais feliz!!! Bjsssssssss

  8. Eba, Rachel! Vou te esperar. Ainda estamos vendo se conseguimos hospedagem para o animal, de repente em Bento (pra combinar!!). Se souber de algum hotel pet friendly na região, me avisa? Bjo. MK

  9. Tu vai vir pra Caxias!!!! Que felicidade, Mariana!!!
    Esperei tanto por esse dia, hehehe.
    Por sorte eu não terei aula da pós no sábado!! Vou dar um jeitinho de sair mais cedo da visita de cliente que tenho no trabalho e tentar me atrasar pra despedida de solteira da minha amiga! Meo Deus! Quanta coisa! Preciso me organizar!! Não posso deixar de ir ver vocês!

    Beijão!!!

  10. Oi Mari, eu não tenho microondas em casa, mas sei que dá pra fazer pipoca no microondas com milho comum, dentro de um saquinho de papel (tipo aqueles de padaria). Um punhadinho de milho dentro do saquinho fechado, deixando bastante espaço pra pipoca estourar… é mais ou menos isso. Sem conservantes, sem aromatizantes, sem gordura. Dá pra botar gotinhas de azeite e pitadinha de sal depois de pronta! Beijos

  11. Mari, me informei e aqui em Caxias não tem hotel pet friendly :( Liguei para os melhores e não aceitam animais… Uma pena. Mas acredito que em Bento tenha estadia para o Bento!

  12. Oi Mari!! Tudo bem?
    Eu tenho uma pipoqueira elétrica e adoro ela!! Mas veja bem, como a Mariane falou, fica bem sem graça.
    Já tentei usar o sal líquido em spray, mas não curti muito, deixou a pipoca meio úmida, sabe, ficou meio molenga e ainda prefiro ela sem sal do que sem o croc croc croc.
    Agora se tu pensar no bem que ela faz, nas fibras e agora até na parte cardíaca (hahaha), e como mulheres saudáveis que queremos ser (com alguns sacrificiozinhos diários), aos poucos a gente se acostuma a comer ela pura mesmo (pois mesmo colocando sal, ele não gruda muito na pipoca)! E digo mais, depois de um tempo a gente até estranha as mais salgadas!
    Eu gosto de trazer como lanche pro escritório! Faço em casa, coloca num pote fechado depois de fria e como de tarde! E o cheirinho de pipoca…. hummmmmm
    É bom pra quando estamos compenetradas em algum projeto e queremos algo pra mordiscar, sabe assim?!
    E, pras tardes chuvosas de finde, fazemos pipoca na pipoqueira elétrica e depois colocamos numa panela com açúcar mascavo, fica uma pipoca doce-mas-não-tão-doce, muito saborosa!
    Beijocas

  13. Mari,
    Estou emocionadaaaaaaaaaaa… Tu virás à Caxias!!!
    O Bento vem também??
    Se eu levar o meu livro tu e o Bento autografam?
    Eu nem acredito que vou te ver pessoalmente… Que ótima notícia!!!
    Bjs

  14. Eba, Vanessa!! Vamos nos conhecer, sim! Ainda estamos vendo a logística do animal, mas o certo é que o carimbo com a patinha dele estará lá, sim!! Te espero! Bjo. MK

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.