As principais diferenças e vantagens entre correr na rua e na esteira

A regra é se mexer, certo? Na rua ou na esteira; na pista ou no praia, pouco importa. Mas não se pode negar que existem diferenças entre correr ou caminhar ao ar livre e com o impulso do aparelho. Escolha o que mais lhe dá prazer e fique atenta para as diferenças a seguir.

woman_running_in_park_-_108274741__medium_4x3CAMINHADA OU CORRIDA AO AR LIVRE

Impacto
O asfalto absorve mais impacto que a maioria das esteiras, que costumam ter a superfície mais dura.
Conforto
As irregularidades no terreno e as constantes paradas e partidas podem deixá-la impaciente, mas desenvolvem o equilíbrio e fortalecem a musculatura.
Trajeto
É possível fazer curvas, andar para o lado e descer ladeiras, exercitando mais grupos musculares.
Ambiente
Você respira gás carbônico, o que pode atrapalhar o rendimento, provocar náuseas e dor de cabeça.

Por que o treinamento funcional é tão bom e faz tão bem?

Postura
É mais fácil manter a postura correta, já que não há corrimão para se apoiar. Sua coluna deve ficar ereta, o abdome, contraído e os braços, soltos.
Esforço
Estudos afirmam que o gasto calórico na caminhada ao ar livre é 5% maior em comparação ao da esteira. Isso por causa da resistência do ar e do vento.
Velocidade
Quando você se cansa, a tendência é diminuir a velocidade. Uma boa maneira de controlá-la é com relógios de monitoramento.

woman_running_on_a_treadmill__medium_4x3CAMINHADA OU CORRIDA NA ESTEIRA

Impacto
Geralmente tem a superfície mais dura do que o asfalto e, quanto mais duro o solo, menos impacto ele absorve.
Conforto
O acesso ao banheiro ou à água é fácil, mas muitas pessoas aproveitam para ler ou assistir à TV e não se concentram na postura nem no treino, o que reduz sua eficácia.
Trajeto
Não há muita variação nos grupos musculares exercitados, já que a esteira não inclina para baixo nem oferece a opção de andar para os lados ou fazer curvas.

MARI KALIL: Sobre espíritos que se encontram em sonhos e esteiras que salvam vidas

Ambiente
O ar é mais puro e a segurança, maior. Procure malhar em ambientes bem ventilados e com roupas leves e confortáveis.
Postura
Segurar no corrimão prejudica a postura. Procure manter a coluna na vertical e os braços livres, em movimento natural, como na caminhada ao ar livre.
Esforço
Ela a puxa para trás constantemente. Por conta dessa inércia, o esforço de impulsionamento que você faz é menor do que quando caminha na rua.
Velocidade
É fácil controlá-la, mas não se acomode. Procure sempre variar velocidade e inclinação.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.