Quero uns bons drinques de Dia das Mães

Na nossa última parada no free shop do Chuí, decidimos que traríamos uma garrafa de Aperol para Porto Alegre a fim de termos sempre a mão a possibilidade de preparar deliciosos SPRITZ. Mas qual não foi a surpresa quando fomos informados pelo vendedor que que as garrafas de Aperol ó… Babau! Terminaram. Quase tive um ataque. Só não tive um ataque porque o Chico falou na hora: “Então, vamos levar Campari”.

Como um exímio preparador de Spritz nas nossas férias, Chico já havia cantado a bola de que o drinque preparado com Campari no lugar de Aperol também deveria ser muito bom. Foi a deixa então para trazermos uma querida garrafa de Campari para casa.

image001OI, BONITONA!

Foi uma rica aquisição. Par quem não sabe, Campari não é suquinho de morango. Trata-se de um clássico alcoólico (até porque eu não compraria suquinho de morango no free shop, tem paciência!). Como a Coca-Cola, sua fórmula é secreta e inalterada desde 1860 e serve de base para alguns dos coquetéis mais famosos do mundo. A bebida é obtida pela infusão de ervas amargas, plantas aromáticas e frutas em álcool e água. Chico, claro, tornou-se um exímio fazedor de Spritz com Campari e também de um outro mais suave, o Campari Orange.

Olha!

image003CAMPARI ORANGE
1 parte de Campari
3 partes (até o topo) de suco de laranja
Pronto!

Então, ontem, recebi por email outra ideia de outro drinque com outro tipo de bebida e que achei bem interessante. Falo do licor Frangelico. O Frangelico, para quem não conhece, é um licor italiano de avelãs com notas de castanha e toques de baunilha e cacau. Possui mais de 300 anos de história – segundo a lenda, o licor foi criado na região montanhosa de Piemonte, ao norte da Itália, por monges cristãos que dominavam a arte de produzir um saboroso licor a partir de avelãs silvestres (conhecidas como Tonda Gentile Delle Langhe).

image007MUITO PRAZER, SOU O FRANGELICO

Há algumas curiosidades bem interessantes em torno da bebida. Por exemplo: uma garrafa de Frangelico depois de aberta pode durar até 20 anos. Anualmente, são utilizadas mais de 38 toneladas de avelãs italianas para produzir o licor. Elas são todas cultivadas em Langhe, uma pitoresca vila rural localizada na região sul da província de Piemonte. Também recebi, junto com o email, uma apetitosa receita de um drinque para ser feito com a bebida.

Olha!

image009
FRANGELICO FRESH
1 parte de Frangelico
Suco de ½ limão
Fatias de limão para decorar
Pronto!

Faltando, portanto, pouco mais de um mês para o Dia das Mães, venho por meio desta avisar que aceito uma garrafa de Frangelico de presente. E claro: com o drinque preparado e levado em mãos.

bento1A FOLGA DELA NÃO TEM LIMITE

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.