Reflexões que surgem na madrugada

Sim, o relógio marca o horário certo. Eu deveria estar dormindo neste momento, 4h20min da madrugada. Mas acordei, tentei ler, tentei fazer respiração iogue, tentei contar carneirinhos, virei de um lado a outro e nada. Então, levantei, topei com o animal dormindo “dos ladeados”, uma nova posição que inventou, me deu aquele sentimento de ternura no peito de ver que ele estava dormindo tranquilo e não se coçando feito um cão sarnento, cruzei o corredor, virei à esquerda em direção à cozinha, abri a geladeira, peguei um copo d’água, vi que o Chico tinha comprado cáquis e uvas, lembrei do que ele me disse de eu ser uma pessoa monótona no consumo de frutas, me dirigi com meu copo de água em direção à varanda, constatei mais uma vez que meu cactos desmunhecou e morreu por excesso de água, pedi desculpas a ele por não ter tido o conhecimento suficiente para cuidar direito de sua vida, dei meia volta, cheguei ao escritório, liguei o computador e aqui estou.

felizOI !!

Nunca tinha parado para pensar no fato de eu ser uma pessoa monótona em relação a frutas. Impressionante como a gente vai se conhecendo ao longo da vida. Justo eu, uma pessoa que adora uma alimentação saudável, me dei conta de que sim, meu marido está coberto de razão. Só como mamão e banana e ponto. Não que não goste de cáquis (uma de minhas frutas preferidas), melão, laranja, pêra, uvas, enfim. Eu realmente gosto de frutas. O problema é a hora de comer a fruta.

28mulher-assustada-.jpeg1NUNCA SEI

Pela manhã, meu mamão é sagrado. Com chia e linhaça. Quando estou com mais fome, como o mamão puro e depois amasso uma banana com chia e linhaça. Nunca me imaginei comendo uma maçã de manhã, por exemplo. Ou um cáqui. Por que não?

HS2598NÃO FAÇO A MÍNIMA IDEIA

Talvez ache que não combina. E depois, no decorrer do dia, sinto que a hora de comer frutas passou. Não gosto de comer frutas no meio da manhã, aliás, não gosto de comer nada no meio da manhã, pois gosto de ter fome na hora do almoço. Tampouco gosto de comer frutas de tarde. Tenho vontade de comer alguma coisinha salgada com um cafezinho, sabe assim?

felizUMA BOLACHINHA

E à noite é que não vou comer frutas mesmo. Então, chega a hora de dormir, de acordar e de comer mamão e banana de novo. Sobre meu cactos ter demunhecado… Pois é. Desmunhecou e morreu. Eu sei que não se coloca água em cactos, mas, certa feita, um jardineiro esteve aqui em casa e disse que eu deveria molhar o cactos de vez em quando. De vez em quando, segundo ele, a cada 15 dias. Foi o que eu fiz, até porque achei lógico, visto que vejo inúmeros cactos nos jardins das casas, lindos e floridos, e eles sobrevivem a chuvas e trovoadas.

Feminine-1st-ShameNÃO SEI O QUE FIZ DE ERRADO

– Tudo certo?
Foi o Chico que levantou e veio ver o que eu fazia aqui no computador.
– Tudo certo – respondi.
– Despertou?
– Despertei. Contei carneirinhos, tentei ler, fazer respiração iogue, virei de um lado a outro e achei melhor levantar.
– Eu vou voltar a dormir, então.
– Boa noite

Mulher blusa vermelha nao quero verTAMBÉM ESPERO VOLTAR A DORMIR, ENTÃO…

Ao olhar para as próximas horas, vislumbro um dia que será pequeno para tudo que me espera: o passeio com o animal, duas consultas, a carona para o animal até a Elis, uma revista Donna de 36 páginas para preencher, um novo site Donna para zelar com todo o carinho (já visitaram? www.revistadonna.com). Está lindo! O blog ainda não entrou no ar porque os blogs só entram no ar no dia 22 de maio pelo site.

E para fechar o dia com chave de ouro, Jack Bauer na tevê. Canal Fox, 22h30min.

03-por-ai-mulher-gritando5MAL POSSO ESPERAR!

E então, acabo de dar o primeiro bocejo. Sinal de que a escrita, mais uma vez, me mostrou seu efeito terapêutico. Escrever é o que há de mais sagrado para mim. É aquele momento em que coloco a cabeça em ordem e os sentimentos em dia. Um momento de conexão meu comigo mesma. Como escrevi em meu primeiro livro, Peregrina de Araque, escrever me ajuda a compreender quem eu sou e onde é que me encaixo. E por falar em escrever e no efeito que a escrita tem sobre mim, este será o tema sobre o qual falarei no encerramento da Semana do Escritor de Caxias do Sul, no próximo dia 6 de junho. Me senti honrada de ter sido convidada para o encerramento da semana pela Academia Caxiense de Letras.

Olha!

CARTAZ SEMANA DO ESCRITOR ATUALIZADO

EU ALI POR ÚLTIMO!

TUALIZADO-1MAIS DE PERTINHO E O TEMA DA MINHA PALESTRA E BATE-PAPO!

bento clássica EU VOU?

Mas o que é isso? De onde tu surgiu, menino? Não estava “dos ladeados?” Não pode ouvir falar em passeio que levanta feito um sonâmbulo atrás de mim? “Eu vou? Eu vou? Eu vou?”.

bento clássicaEU VOU?

Não sei nem que dia cai 6 de junho. Peraí que olhar o calendário.
(Mariana pega o calendário, vira a folhinha de maio e cai em junho).
Dia 6 de junho cai numa sexta-feira. Então tu pode ir. Mas vai ficar no hotel na hora da palestra. Temos que conseguir outro hotel na Serra que aceite animais de pequeno porte. Vou começar a pesquisar.

bento clássicaVAMOS PASSEAR NO VALE DOS VINHEDOS DE NOVO?

Sim, vamos passear no Vale dos Vinhedos de novo. Vamos fazer o Caminho de Pedras desta vez, coisa que nunca fizemos.

bento clássicaCHEGA LOGO 6 DE JUNHO

Mas antes do 6 de junho chegar, a gente precisa dormir a acordar no dia 13 de maio, esta terça-feira. Então, que tal voltarmos para o quarto? Que tal tu falar aquela tua palavrinha mágica de cachorro de olhos esbugalhados quando quer passear e me convidar para fazer um passeio diferente nesta madrugada, um passeio de volta para a cama? Seja um cachorrinho querido, vai?

bento clássicaSÓ SE TU PROMETER ACORDAR CEDO

Sim, apesar da insônia desta madrugada, eu prometo acordar cedo – até porque a terça-feira não me permitirá levantar depois das 7h. Isso quer dizer que temos apenas mais 1h55min de sono. Então, vai dizer a palavrinha mágica?

bento clássicaVAMOS?

felizVAMOS!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

6 Comentários
  1. Oi Mari, também sempre tive muito problema com cactos. Mas agora estou conseguindo não tirar mais a vida dos pobrezinhos. Coloco bastante água e deixo escorre, a cada 15 dias. Tá funcionando com os meus!

  2. Bom dia Mari! Sempre leio teu blog, sempre mesmo! Era meu ritual de todas as manhãs. Parei quando ganhei minha Valentina e lia quando dava um tempinho. Como voltei a trabalhar a uma semana depois da minha licença maternidade, voltei ao meu ritual. Confesso que chego mooorta de sono e as vezes prostrada mas são tão bacanas e espirituosos teus comentários, que me dão um gás p trabalhar. Hoje em especial resolvi escrever, pois durmo tão pouco por conta da pequena, dormir pouco aqui é normal, que me identifiquei, e as vezes, de madrugada tenho boas idéias para as situações da vida. A Bella (lhasa) manda um cheiro para o Bento e disse que ele ficou lindão na foto. Beijão

  3. Escrever na madrugada é uma delícia e adoro varar a meia-noite, enquanto a maioria e o povo aqui de casa dorme. Acho que entendo os poetas nessas horas. Fico sempre encantada como o teu texto flui e a palestra é merecida. #congrats! E pode ser também que alguém lá no Japão estará lendo o #post da madrugada, quem sabe né? Enquanto os porto-alegrenses estão sonolentos, sonhando e ressonando…

  4. Oh, Mariana…! É do time da insônia também!!!! Agradeço a vista que eu tenho aqui no apartamento, de onde vejo boa parte da cidade aqui dos altos do Partenon, o que me acalma. Acordo algumas madrugadas e fico na janela da sala apreciando a vista, às vezes vou lavar uma louça, leio um livro, amasso meus gatos… Por que temos insônia??? Foi ótimo ler teu desabafo, é bom saber que somos fãs de alguém gente como a gente!!! Bj pra vc e pro Bento

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.