Todos os sinais levam a uma brigaderia muito especial

Sexta-feira passada, fiz mais um dos meus exames de rotina, realizados a cada seis meses. Este chama-se Dermatoscopia Digital e trata-se de uma microscopia de superfície, que permite avaliar pintas no corpo com uma lente que aumenta de 20 a 70 vezes o tamanho dos sinais.

Desde que um melanoma me pegou absolutamente de surpresa, em fevereiro de 2013, me vi obrigada a inserir exames periódicos na minha vida, que vão de exames de imagem a exames de sangue Na dermatoscopia digital, graças à ampliação de cada sinal, é possível visualizar a estrutura da pinta. A partir disso, o médico pode definir que tipo de tratamento será realizado.

Nesta minha última consulta, ao comparar todas as pintas de seis meses atrás com o estado em que se encontram hoje, a médica chegou à conclusão que uma delas, nas costas, está ativa demais, mudando de forma e de tamanho, e é preciso que seja removida.

mulher-doidissima1SERÁ MINHA DÉCIMA SEGUNDA CICATRIZ

É a dermatoscopia digital que define, entre todas as pintas, quais correm o risco de se tornarem um câncer – e se devem ser extraídas ou apenas acompanhadas com o passar dos anos. Costumo falar bastante sobre isso porque acho importante essa conscientização, sobretudo agora que o verão está chegando – e o sol vem com tudo. Na minha opinião, os meios de comunicação em geral não dão a devida importância à gravidade do diagnóstico do melanoma cutâneo, uma vez que é o câncer que mata mais rápido quando não diagnosticado a tempo.

A vantagem (se é que se pode falar em “vantagem”) de um melanoma em relação a tumores em outros orgãos internos é que ele é visível – se formos minimamente observadores do nosso corpo, conseguimos perceber no início algum sinalzinho que aumentou de tamanho, ou que coçou, ou que não existia e simplesmente apareceu do nada. A partir daí buscar a ajuda médica necessária para removê-lo é imperativo.

:UM ANO DEPOIS DO 31 DE JANEIRO

As pintas são genéticas, mas a sua transformação em um câncer está bastante relacionada com a exposição à radiação solar ultravioleta – que é cumulativa – durante toda a vida. Como o verão está batendo na nossa porta, acho muito importante fazer este alerta. Setenta por cento dos melanomas nascem em áreas do corpo com muita exposição ao sol, e 30% provém de pintas já existentes. Muitas pessoas encontram uma pinta no corpo e não se preocupam, acham que é apenas um sinal sem importância. E se não for?

Embora o câncer de pele seja o mais frequente no Brasil e no mundo e corresponda a 25% de todos os tumores malignos registrados no país, o melanoma representa apenas 4% deste tipo de câncer. Apesar disto, é o mais grave, devido a sua alta possibilidade de metástase. Daí o porquê de matar tão rapidamente caso não seja feito o diagnóstico precoce.

03mulher-nova-gritando-feliz-thumb89432486TODO MUNDO DE OLHO NAS SUAS PINTAS E NO SOL, OK?

Ótimo, então. Me sinto no dever de fazer minha parte e alertar. Pois bem, na sexta-feira passada, ao sair da dermatoscopia digital ali na CliniOnco, na Rua Dona Laura, caminhava em direção ao Brig’s para comprar uma caixa de brigadeiros para trazer para a redação e topei com o Brig’s fechado.

mulher-assustada-jpeg2UUUPS… E AGORA, PENSEI?

Imediatamente lembrei que havia alguma outra loja especializada em brigadeiros ali pela volta – e foi quando fui apresentada ao mundo maravilhoso da Saint Chocolat Brigadeiro Gourmet.

Olha!

DSC0015NÃO PARECE UMA CASINHA DE BONECA?
É um amor de lugar. Uma casinha pequenininha e azul, que dá a impressão de estarmos entrando em um conto de fadas

BRIGADEIROSentei numa mesinha e esta era a vista que eu tinha da Rua Dona Laura, enquanto esperava meu brigadeiro de chocolate amargo e a encomenda de 50 brigadeiros tradicionais. Por sorte, havia estoque. A funcionária me disse que o melhor é não arriscar e fazer encomenda por telefone. Mas como eu não sabia…. Acabei dando sorte!

10748484_310969065765201_1903833749_nNHAM NHAM!
Meu brigadeiro de chocolate amargo!

BRIGADEIRO8A vitrine tentadora com alguns dos muitos sabores: ao leite, banana, branquinho, cacao, mélange, nibs, noir, tradicional, cereja, laranjinha, limão siciliano, manjericão, maracujá, melão, morango… E por aí vai!

BRIGADEIRO7Quadrinho na parede com a #ficaadica do dia

Foi uma experiência maravilhosa aqueles minutinhos que passei ali. Parecia que havia sido transportada para outro mundo, silencioso e com aroma do melhor chocolate. A funcionária perguntou se eu gostaria de escolher os sabores dos 50 brigadeiros, mas eu optei por comprar os 50 brigadeiros todos de sabor tradicional. Não me arrependi. Apesar de tradicionais, são feitos com chocolate belga, ela disse.

As gurias amaram e a aprovação foi unânime. Como fui a única a provar o amargo e o tradicional, venho por meio desta afirmar que o tradicional é melhor. A funcionária que me atendeu também disse que é o seu favorito. E assim, nesta manhã chuvosa de terça-feira, com um animal azedo de odor e de espírito pelo passeio que ainda não aconteceu por motivos óbvios, me despeço para fazer algo necessário a alguém que descobriu o mundo maravilhoso da Saint Chocolat.

depressed-woman-1CORRER NA ESTEIRA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.