Uns comem salsicha; outras fazem mechas. Isso é férias!

Despertei inacreditavelmente cedo para uma segunda-feira de férias: 6h30min da madrugada. Se tem uma coisa que eu gosto é acordar naturalmente cedo, antes ou junto com o dia amanhecendo. Daquelas poucas e pequeníssimas coisas que fazem a gente mais feliz, sabe assim? Acordar antes de todo mundo, ter a sensação de que já larguei na frente do planeta, que estou com quilômetros de vantagem perante à correria rotineira.

Já, por outro lado, se tem algo que me tira do sério, que me angustia, entristece e beira quase à uma pequena depressão é dormir demais. Dormir demais no fim de semana, dormir demais nas férias, dormir demais em um feriado. Dormir demais. Não suporto dormir demais. Não suporto acordar e ver que perdi toda a manhã. Fico mal, mal, mal mesmo. Psicologicamente mal.

bento1EU NÃO TENHO ESSE PROBLEMA

O apartamento está em silêncio nesta madrugada de segunda-feira de férias, Chico e o animal repousam em seus aposentos. O animal nunca esteve tão cansado. Passeia pra lá, vai pra cá, anda de bicicleta, corre na areia, namora na praia, me ameaça por panchos. Se, nas praias do Rio, o animal me ameaça a cada aproximação dos vendedores de esfihas, aqui em Punta sou ameaçada caso não compre panchos na praia. Ele come o pão e a salsicha. Claro que não nesta ordem. Bento na praia segue sempre o mesmo ritual. Chegamos, ele se aboleta na sombra de um guarda-sol que não é o dele até que armemos o nosso.

bento1SEMPRE COM ALGUMA CHICA BONITA

Fica com pose de comendador embaixo do guarda-sol alheio, recebendo cafuné de alguma chica bonita, até avistar a sombra que lhe é de direito. Então aproxima-se de nós, dá uma leve cavadinha na areia e se joga  com as patas sobre o morrinho como um xerife aposentado a apreciar o horizonte. Bebe água e ali fica, com cara de chapado a perder de vista. Então, lá pelas tantas (ou porque alguém se aproxima comendo algo, ou porque sente algum cheiro, ou porque ouve o barulho de algum saquinho abrindo), é acometido por uma crise de espirros.

bento1SIGNIFICA QUE ESTÁ NA HORA DO MEU LANCHE

olivia10ELE COMEÇA A TORRAR A PACIÊNCIA DELA

Então, o animal fica me encarando com aqueles dois olhos esbugalhados e espirrando. Espirra, espirra e espirra. Depois de espirrar bastante, começa a latir. São as tais ameaças. É chegada a hora de levantar da areia ou da cadeira e dizer: “Vamos lá comprar teu pancho”. Caminho na areia fofa em direção a alguma barraquinha de panchos (cachorro-quente) e choclos (milho) mais próxima. Ele me segue em disparada – com um sorrisão e língua de fora. Peço um pancho sem mortarda e sem maionese. Só pão e salsicha. Me dirijo de volta ao acampamento, sob latidos, espirros e ameaças. Quando a fome é muito grande, o animal parece protagonizar alguns mortais de costas de tanto salto que dá na areia.

Me sento de volta no acampamento e ele para estaqueado na minha frente, com os olhos esbugalhados. Tiro pedacinho por pedacinho, pra fazer render a salsicha, e ele engole sem nem sentir o gosto. Quando a salsicha termina, começa a comer o miolo do pão. O manjar termina sempre com a casca. Se ele dá um pedacinho do seu pancho pra Olivia?

gargalhada2FAZ-ME RIR

bento1NÃO DEIXO ELA NEM CHEGAR PERTO

olivia10BENTO É MUITO EGOÍSTA

Na praia também é um bom lugar de fazer mechas naturais no cabelo. Explico: semana passada, publiquei um vídeo no Instagram (@mari_kalil) e na página do blog no FB (facebook.com/kalilmariana) fazendo mechas naturais ao sol. Só que o vídeo não traz informação alguma, só macaquices. Depois de publicado que fui perceber que não aparecia o produto que eu passava no cabelo e tampouco eu dava alguma explicação para aquela abobadice. Algumas gurias me perguntaram o que eu estava fazendo (com toda a razão) e eu falei que daria mais informações para as gurias aqui no blog.

teoQUERIIIDAS

Fazer mechas naturais ao sol significa usar o spray Puro Rubio.
Olha!

puro_rubio_producto05OI, BONITÃO!

Trata-se de um aclarante instantáneo encontrado nas farmácias aqui de Punta. Conheci esta marca há dois anos, graças à aptidão farejadora de farmácias da minha mãe. Está tudo relatado no post TIO PEDRO ATACA NOVAMENTE.

Olha!

foto-174OI, BONITÃO!
Na época, dei o seguinte depoimento sobre este produto: “Funciona como um leave in, mas longe de deixar o cabelo pesado, sabe assim? Muuuito pelo contrário. Inclusive, se o cabelo sai do banho meio pesado, ele ajuda a dar leveza. E ainda hidrata os fios e dá mais brilho às mechas. Ele é um produto bifásico, ou seja, tem que agitar antes de borrifar no cabelo. A parte superior nutre e revitaliza os fios, e a parte inferior destaca e dá brilho às mechas”

Isso significa que, este produto que há dois anos eu tinha em mãos, era da mesma linha do spray iluminador, mas não era para fazer mechas e sim para hidratar os fios. Pois este ano descobri o tal aclarante para cabelos loiros e castanhos (meu caso).

puro_rubio_producto05VOLTEI A FALAR DESTE BONITÃO!

A forma de aplicação é simples: borrifadas nas partes do cabelo que se quer clarear e cabeça ao sol (na falta de sol, o secador resolve). No começo, fiquei meio com medo de colocar produto demais, mas percebi que ele não é nada, nada, nada mesmo forte. Pode borrifar bastante porque não se corre o risco de sair da praia feito Adriane Galisteu. O sabe o que achei mais legal? Ele não faz mechas artificiais, ele clareia o cabelo respeitando o tom do nosso cabelo – e daí me dei conta que vai bem de encontro à ultimíssima tendência da hora: as tais Babylights, que relatei no post BABYLIGHTS: AGORA A MODA É TER CABELO DE CRIANÇA.

Bom, no começo, apliquei mais nas pontinhas. Depois criei coragem e borrifei mais na parte de cima e de trás do cabelo. Gostei do resultado. Está bem sutil. No vídeo do Insta e do FB dá pra ver, sobretudo mais nas pontas – porque naquele momento da gravação foi quando criei coragem pra borrifar também em outras partes do cabelo.

apontando_para_baixo_01Favor clicar AQUI
Para quem não viu!

O que é bacana: não resseca o cabelo (me arrisco a dizer que até ajuda a hidratar) e dá aquele aspecto natural que eu falava. Uma vez satisfeita, fui dar uma pesquisada na linha Capilatis Puro Rubio.

Olha o que encontrei!

linea_puro_rubioOOOOOOOHHHHH!!!!
Se eu fosse loira, certamente iria atrás para experimentar. Mas no meu caso, castanha clara, acho que apenas o aclarante já resolveu. Pra não ficar over, sabe assim?

Para que o animal não venha dizer que este blog é um desserviço para a humanidade, fiz uma busca na internet para ver como comprar estando no Brasil. Achei no Mercado Livre (neste link). Não toda a linha, mas shampoo, condicionador e o aclarante que passei nos meus fios. Como a vida é feita de parceria, se alguém descobrir outra forma de adquirir e quiser contribuir para o serviço de utilidade pública deste blog amado, pode deixar um comentário.

E assim, neste momento em que o relógio marca 9h12min da manhã desta segunda-feira de férias, eu me despeço com a casa ainda em silêncio e o sol já relativamente intenso. Momento de me dirigir até a padaria e armazém do Mimo, logo ali na esquina, comprar pan, medialunas, passar no kiosko, comprar o La Nación (estou preferindo ler jornais argentinos a uruguaios) e ver se a casa ganha vida ou se a preguiça se estenderá por muito mais tempo.

bento1SE DEPENDER DE MIM, PARA SEMPRE

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.