Você ficaria dois anos sem usar shampoo?

Sábado passado estava marcado um dia de beleza na minha vida. Faria uma limpeza de pele na Anna Pegova, rumaria para o Sexton, daria uma aparada na minha franja para ela sair de dentro dos meus olhos e finalizaria a tarde com uma linda escova que só a Bê sabe fazer – que de escorrida não tem nada.

: Eureka! Sabia que há dois tipos de shampoo seco?
: Como evitar o frizz em dia de chuva

Bê seca meu cabelo, passa um babyliss diferente de todos esses que existem por aí, eu fico com cara de quem teve os cabelos secos ao vento, depois ela espirra o surf spray e ninguém diz que passei uma hora no salão. A limpeza de pele na Anna Pegova foi para o beleléu quando Chico e Bento me convenceram a almoçar no PUPPI BAGGIO bem na hora em que a esteticista me esperava. Remarquei para o outro dia e fiz a vontade dos dois – sobretudo a vontade do animal.

bento1AMO O PUPPI

Devoramos um filé à parmegiana com fetuccine ao molho Firenze, me dirigi ao Sexton e os caras foram para casa. Aparei a franja, fiz a escova que não parece escova e, na saída, adquiri dois produtos inéditos na minha vida até então, ambos de uma marca que respeito muito pela qualidade: a Keune.

Olha!

keune_1_donnaO que diz o verso da embalagem (e que acabou me conquistando ainda mais): Shampoo neutro com fragrância natural de menta (deve arder, amo!!) e isento de corantes. Ativa a circulação do couro cabeludo e por deixar uma sensação de frescor, é especialmente agradável para regiões de clima quente. Ou seja: perfeito para o verão!

keune blendBê costuma usar este xampu seco para finalizar minha escova e eu resolvi adquirir um, uma vez que o meu acabou. O que diz no verso: é um shampoo à seco que absorve a oleosidade dos fios e um finalizador que cria volume e adiciona brilho aos cabelos. Modo de usar: separe o cabelo em mechas (duas no topo da cabeça, duas na lateral e uma atrás), borrife o spray a 20 cm de distância da raiz dos fios. Se necessário, aplique um pouco do produto ao longo dos fios.

Posso dizer que sou a antítese da blogueira britânica Lucy Aitken Read. O que quero dizer com isso? Explico: faz dois anos que ela decidiu reduzir a quantidade de química usada em cosméticos e produtos de beleza. Resultado: nem xampu ela usa mais. Lava o cabelo apenas com água e, de vez em quando, misturas com produtos naturais, como… Ovos!

chocada14HÃ??

chocada-loira1ELA PASSA OVO NO CABELO, MARIANA?

mulher-sentindo-enjoo-durante-a-gravidez2SIM

Lucy diz que seus fios nunca estiveram tão brilhantes, fortes, volumosos e saudáveis. E tem mais. Não foi Lucy a inventora desse modismo. Tem mais gente do que a gente imagina fazendo isso, ou seja, partidária da técnica  chamada “no-poo”, que consiste em deixar de usar xampu, condicionador ou outros produtos químicos nos cabelos.

Ela diz que, ao contrário do que muita gente pensa, seu cabelo não fica com ar de “sujo” – até porque não está, garante. Segundo Lucy, ao remover os óleos naturais do cabelo, o xampu estimula o couro cabeludo a produzir mais óleos para substituí-los. Pela lógica defendida por Lucy, abrir mão do xampu não deixa o couro cabeludo com aspecto “oleoso”.

mulher-questionando-202x300CONTA MAIS SOBRE A TÉCNICA, MARIANA!

Lucy lava os cabelos com água uma vez por semana, esfregando bastante a raiz, com movimentos intensos e circulares. A cada 15 dias, aplica no couro cabeludo uma mistura natural feita a partir de ovos. Ela define os primeiros dias sem xampu como um “período de transição complicado”. Isso porque o couro cabeludo, acostumado a substituir os óleos naturais que até então eram removidos pelo xampu, continua no ritmo de produção.

Confessa aí, Lucy!

shampoo“No começo, o cabelo fica um pouco fedido, sim.”

Screaming woman-time urgencyELA FALA ISSO RINDO, MARIANA?

Ela diz que no início usou e abusou de lenços na cabeça até que seu cabelo se adaptasse à vida sem xampu. “É verdade que tive momentos de fraqueza, em que quase não resisti a lavar a cabeça com xampu. Mas fui forte, e estou há dois anos assim.”

bento1TAMBÉM QUERO

Também quer o quê, menino?

bento1FICAR DOIS ANOS SEM TOMAR BANHO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.