POR AÍ NO BAND MULHER: Thayla Colling explica o passo a passo para uma maquiagem básica e prática

No Band Mulher especial sobre Beleza, fui convidada pelo diretor do programa, Raul Ferreira, a produzir meu quadro Por Aí sobre maquiagem. A ideia do Raul era que eu e a Thayla Colling, amiga da Turma da Mari, minha amiga querida, micropigmentadora e maquiadora, que cuida de mim nas aparições na TV, mostrássemos um passo a passo de maquiagem. O resultado está na coluna abaixo.

É só dar o play no link abaixo da imagem!

O Band Mulher pode ser visto diariamente das 13h às 14h e também na página do Band Mulher no Facebook: https://www.facebook.com/bandmulherrs/

captura-de-tela-2018-07-06-as-19-07-28

https://www.facebook.com/bandmulherrs/videos/2243795072407214/

Como o assunto é muito extenso, e eu e a Thayla ficamos uma hora e meia produzindo o vídeo, compilei todo o passo a passo da Thayla neste texto abaixo, para não deixar nenhuma dica de fora, já que o tempo na TV é beeem mais curto.

1. LIMPEZA
A preparação de pele é fundamental e pode ser feita com espuma de limpeza neutra, ou sabonete neutro, ou água micelar. Essencial para que a maquiagem dure mais tempo e deixa aspecto da pele bem feita.

2. TÔNICO
Equilibra o PH da pele. Também pode ser feito com água termal.

3. PRIMER
Faz uma espécie de “filme” na pele, para que ela adquira um aspecto mais lisinho. Cobre os poros abertos e dilatados. Na aplicação, cuidado para não esfregar como hidratante. Tem que deixar uma camadinha, caso contrário ele perde a função de servir como uma película. Aplique com leves batidinhas

4. CORRETOR
Corretor é diferente de corretivo. O corretor é colorido e tem a função de esconder imperfeições.
Cada cor tem uma função especifica. O verde, por exemplo, trabalha em regiões avermelhadas (espinhas, cicatriz…). O laranja pode servir para neutralizar olheiras. Também deve ser aplicado com leves batidinhas.

5. BASE
Deve ser aplicada logo a seguir, com pincel ou esponja úmida e também com batidinhas.

6. CORRETIVO
Também serve para iluminar. Quem não tem muitas manchas, olheiras e imperfeições, passa direto o corretivo e dispensa o corretor. Na hora de disfarçar olheiras, cuidar para fazer sempre o formato triângulo na hora de aplicar. No centro da testa e no queixo também cria pontos de iluminação.

7. CONTORNO
A função do contorno é justamente corrigir as áreas do rosto que desejamos “esconder”. Por exemplo: testa grande, papada, queixo pronunciado, nariz muito grande… Regiões que a gente não curte muito. Ele existe em bastão e também em pó.

8. SOMBRA
Como a Mari tem a pálpebra caída, esta é uma dica para quem também tem essa característica no olhar: aplicar sombra em tom marrom médio (nem muito claro, nem muito escuro) na região do côncavo, pois ela acaba escurecendo essa parte caidinha e dá um feito ótico bacana. Para aplicar, prefira um pincel pequeno, fofinho e esfume em movimentos circulares.

9. DELINEADOR
Fiz na Mari um delineado com sombra preta, em função também da pálpebra dela ser mais caidinha. Para aplicar, use um pincel pequeno, durinho e chanfrado, aquele com corte das cerdas na diagonal. O mesmo pode ser feito com lápis. A diferença do lápis para o pincel com sombra é que, com o pincel, é mais fácil dosar a tonalidade.

Dica importante: se você tem pálpebra caída ou excesso de pele na região, evite o delineador líquido e não faça o gatinho. Não funciona.

10. MÁSCARA DE CÍLIOS
A melhor maneira de passar para quem deseja volume é depositar a escovinha bem rente à raiz e ir esfregando para cima. Se borrar, espere secar completamente e retire o excesso com cotonete.

11. BLUSH
Gosto muito dos tons coral e rosado para dar aquele ar de saúde.

12. ILUMINADOR
Diferentemente do contorno, que passamos nas áreas que queremos esconder, o iluminador deve ser aplicado nas regiões do rosto que desejamos evidenciar. Por exemplo, no arco do cupido, queixo, na parte alta e na pontinha do nariz, em cima dos ossinhos laterais da face.

13. BATOM
Dica legal para quem não gosta de batom, como a Mari, pois não gosta de sentir aquela sensação do produto nos lábios, é usar um lápis de boca bem no tom dos lábios e finalizar com iluminador.

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻
  • Início de namoro no balanço. Fazenda Tapera, Santo Augusto, RS. Junho 2007. #tbt #valentinesday2019 ♥️
  • Uma tarde em família descobrindo @pueblogarzon e as maravilhas da cozinha do @restaurantegarzon do super chef @francismallmann 👌🏻🇺🇾🐶 #uruguay #poraí #francismallmann
  • “Não existe uma raça superior. Tem tanto valor um porteiro quanto um médico, porque cada um desempenha o seu trabalho com dignidade e cada um é importante para toda a sociedade. Nós não vamos acabar com os problemas sociais enquanto não mudarmos nossas cabeças e exigirmos dos que estão acima de nós o respeito que o povo tem que ter e merece ter. Tem que nos dar respeito, e não caridade pública, mas respeito”. Dona Mercedes, mãe de Ricardo Boechat. A fruta não cai longe do pé. 🖤 #rip #ricardoboechat