AMIGA MARI mostra como combinar a calça clochard de acordo com o seu corpo

Ela foi hit nos anos 1980 (lembro de usar muito no colégio um modelo jeans com tênis). Naquela época, chamava-se calça cenoura (carrot pants); hoje ganhou o nome de clochard. Possui o cós bem alto, ficando bem acinturada com o auxílio de uma faixa ou cinto. No quadril, é um pouco mais larga e vai diminuindo e ajustando na perna. A principal diferença entre a cenoura de ontem e a clochard de hoje está nas pregas frontais, que deixam o modelo atual um pouco mais volumoso.

clochard00CLOCHARD: CINTURA ALTA E PREGAS FRONTAIS NA CARROT REVISITADA

O pedido para Amiga Mari sobre como usar a clochard veio da Rita Nogueira, de Porto Alegre. De tanto encontrar este modelo nas vitrines (sim, Rita, é o principal modelo de calça da estação!), a Rita, que trabalha em uma empresa de advocacia, ficou com vontade de aderir. Mas não encontrou um jeito bacana de usar. Então, pediu este help – e aqui, socorro pedido é socorro atendido.

Se você tem qualquer dúvida sobre moda, estilo e etiqueta, pode me enviar por mensagem por meio da página do FB (/marianakaliloficial), por Direct no Instagram. Aliás, fica o convite pra me seguir: @mari_kalil.

MARI BAND CLOCHARDDE CLOCHARD, PRONTA PARA O BAND MULHER
Escolhi este modelo de clochard da TwentyFourSeven para usar neste verão.
Veste super bem!

Voltando ao universo da clochard: o nome vem do francês e significa “mendigo” ou “vagabundo”, pois era o modelo de calça que usavam nas ruas de Paris. É uma calça polêmica, pois muitas mulheres acreditam que ela deforma a silhueta, e eu dou razão. À primeira vista, parece isso mesmo. Mas insisto: experimente, caso tenha vontade de aderir ao estilo. No cabide é uma coisa; no corpo, quase sempre muda – e pra melhor!

clochardDICA PRA QUEM INICIA A AVENTURA DE INVESTIR NA CLOCHARD
Prefira as cores neutras, como preto, bege, verde militar e marinho. São mais fáceis de combinar, chamam menos atenção e são mais discretas na hora de compor o visual. Se curtir, com o passar do tempo você pode ir ousando em tons e estampas.

Por que gosto tanto da clochard: porque ela possibilita vestir um look chique e ao mesmo tempo despojado, visto que é muito mais descontraída do que a tradicional calça social. Considero ela mais curinga também, já que funciona tanto no escritório como em passeios no final de semana. E combina com tudo: regata, camiseta, suéter, tricô, camisa, colete, casacos. Também funciona com scarpin, sandália de tiras e até tênis.

Vamos ilustrar o que estou dizendo!

camisa-clochardCLOCHARD COM CAMISA
Super elegante e uma dupla que acompanha você em todos os ambientes. Falando o óbvio, mas que não pode deixar de ser dito: a clochard exige SEMPRE a peça de cima para dentro da calça. Se não quer errar mesmo, aposte no clássico scarpin. Ah, e truque de estilo que gosto bastante: dobrar a barra da calça.

Não gosto e não sou entusiasta do “isso pode”; “isso não pode” quando o que está em questão é se você é alta ou baixa, magérrima ou plus size. Cada mulher tem que vestir aquilo que representa sua alma e personalidade, sem nenhuma regra. Tem que se sentir bem diante do que vê no espelho. Porém, não posso negar que ainda recebo muitos e muitos emails e mensagens, sobretudo nos comentários das postagens na página do Facebook, de pessoas que não se sentem representadas pelas imagens de mulheres que escolho para ilustrar alguns posts (acham magras demais), embora explique detalhadamente o que pode funcionar em cada caso.

Dito isso, vamos a um exemplo de ideia para usar a clochard para quem tem quadris largos.

clochard-monoLOOK MONOCROMÁTICO COM CLOCHARD
Como você vê, não estamos aqui falando de um corpo magérrimo. Trata-se de uma mulher com curvas, quadril largo e pernas grossas. E ela usa lindamente a clochard. O truque? Optou por um visual monocromático, ou seja, a roupa toda da mesma cor, azul-marinho. Super elegante. O que quero dizer: a menos que você não se sinta bem usando este modelo de calça e tendo este modelo de corpo, a clochard funciona sim. Meu único “porém” nesta imagem é a sandália preta de tiras. Como ela tem o tornozelo grosso, a tira parece cortar a silhueta. Eu optaria por um scarpin nude, já que o nude alonga a perna. Ou mesmo preto.

clochard-cleoCLEO PIRES MONOCROMÁTICA
Mesmo truque de estilo foi usado pela atriz, que tem como característica a baixa estatura, quadris mais largos e pernas grossas. Já entrevistei Cleo e falamos sobre moda, beleza e truques de estilo, e ela me contou que não deixa de usar peças que curte, como a clochard. Basta saber de que forma fica mais adequada. Neste caso, ela optou por um look todo preto, scarpin e um casaco com brilhos. Ficou lindo!

clochard-coleteCLOCHARD COM MAXI COLETE
Este é um outro truque de estilo para quem tem quadris largos e deseja disfarçá-los com a clochard. Maxi colete de alfaiataria é vida nestes casos, já que alonga a silhueta e contribui para esconder a região. Fora que funciona como uma terceira peça que dá todo o charme! Se você é baixinha, prefira sempre o salto com este estilo de calça.

clochard-camisetaCLOCHARD COM CAMISETA
O céu não é o limite para esta dupla, pois você pode usar a camiseta que mais curtir: estampada, com frases, com desenhos de personagens. Adoro essa ideia para algum programinha de fim de semana, sobretudo com sandália rasteira.

clochard-sandaliaCLOCHARD COM SANDÁLIA
Ela também fica linda com sandália de tiras e salto

Processed with VSCOcam with hb1 presetCLOCHARD COM BOTA
Ok, aqui na região sul, dentro em breve teremos temperaturas mais frias e sandálias estão descartadas. Pois a clochard funciona com botinha de cano curto e não tem problema nenhum da meia aparecendo. Inclusive, você pode brincar com as cores da meia e fazer deste um ótimo e moderno truque de estilo (sem esquecer, claro, de dobrar a barra da calça justamente pra fazer valer a brincadeira!)

clochard-bota-vermelhaPRÍNCIPE DE GALES E BOTA VERMELHA
Selecionei esta imagem pois ela traz duas super tendências da temporada: o xadrez príncipe de gales na calça clochard e a bota vermelha. Veja como funciona o look com uma camiseta branca.

clochard-sueterCLOCHARD COM SUETER
No frio, esta é uma opção de look mais quentinho. Não nego que é um visual que pode acrescentar mais medidas ao quadril, visto que os tricôs e suéteres são peças mais volumosas. Se você não se importar, invista. Caso não queira mais este excesso, prefira uma blusa e vista por cima um cardigã alongado. Você estará quentinha sem parecer maior. Em ambos os casos, um cinto mais pesado dá um toque de estilo bacana e em sintonia com a estação.

clochard-tenisCLOCHARD COM TÊNIS
Pode soar estranho e vir com uma exclamação de “Deus me livre!”, mas fato é que a clochard e o tênis formam um lindo casal.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

3 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.