Sorvete, barrinha, suco, brigadeiro, biscoito…. Os snacks de whey protein funcionam?

O uso do Whey Protein tem se popularizado para além das academias. Hoje, já é possível encontrar a proteína em supermercados, farmácias e restaurantes, nas mais variadas formas: sorvete, brigadeiro, barrinha, sucos. Mas será que todas essas opções realmente funcionam para quem deseja investir em uma dieta proteica? Diogo Círico, nutricionista esportivo da Growth Supplements, conversou com o site MK.

1. Qual é a eficácia de produtos industrializados que utilizam Whey Protein, como sorvetes e barrinhas?
Estes produtos são usados como opções para lanches, refeições rápidas. Trata-se de uma estratégia adotada por pessoas que não têm muito tempo para preparar uma alimentação sólida e/ou carregar “marmitinhas” por onde vão. É uma troca que traz benefícios, se a compararmos com outros alimentos de baixo valor nutricional encontrados nas ruas.

barra-de-proteina-wheyBARRINHAS DE PROTEÍNA: OPÇÃO PARA LANCHES QUE PROMOVE SACIEDADE

2. Esses “snacks” de Whey Protein ajudam na hipertrofia?
Muito pouco. Isso porque quem deseja ganhar massa muscular precisa, além dos suplementos, realizar exercícios físicos para hipertrofia. Além disso, a quantidade de proteínas presentes nos shakes de whey, por exemplo, são bem maiores do que às encontradas nos snacks, portanto mais eficientes para tal objetivo.

3. E com relação ao emagrecimento, funcionam?
Sim. O Whey Protein é considerado um alimento com alto poder sacietogênico, isso significa que ele influencia na regulação da sensação de fome, proporcionando saciedade após seu consumo.

wheyWHEY PROTEIN: ALIADO PARA CONQUISTA DE MASSA MUSCULAR

4. Estamos vendo a popularização de vários produtos com Whey Protein em prateleiras de supermercados, farmácias e até docerias. Isso significa que qualquer pessoa pode consumi-los?
Salvo raras exceções, sim. Whey protein é um suplemento que fornece proteínas, e todos os seres humanos precisam deste nutriente para um desenvolvimento adequado do organismo. Mas intolerantes à lactose devem consumir a versão sem esse componente, e, aqueles que têm alergia as proteínas do leite, só podem consumir a versão hidrolisada. Também é preciso ficar atento à quantidade de gordura e açúcares presentes nos snacks, que, em excesso, podem contribuir para o ganho de peso.

5. E as receitas caseiras que utilizam o Whey Protein para o preparo de doces, pratos? São eficientes?
São eficientes! Levando em consideração que há grande número de pessoas com afinidade ao paladar doce, mas precisam de receitas que sejam isentas de açúcares e pouco calóricas. O Whey, quando substitui o açúcar refinado, pode trazer mais benefícios a saúde. Porém, há de se atentar ao fato de que as receitas que levam o whey ao fogo (quando ultrapassam 80 graus) prejudicam as estruturas proteicas do nutriente, comprometendo suas funções biológicas.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.