Cenas dos últimos capítulos

O ditado “tudo que é bom acaba logo” mais uma vez impera na minha vida. Fim de domingo, fim de férias. Acabou-se o que era doce. A segunda-feira terá um gosto ainda mais amargo de segunda-feira. Se uma segunda-feira normal já é algo terrível, que dirá uma segunda-feira de retorno de férias.

mulher doidissimaVOU PASSAR O DIA TENTANDO PARECER NORMAL

Escrevi menos no blog do que gostaria – e digo isso de coração. Mas passei férias em família – e férias em família significa fazer um pouco a vontade de todo mundo para todos conviverem felizes e contentes. Era um programa aqui, outro ali – e eu acabava tentando encaixar pequenos intervalos da programação para contar algumas novidades. É bem verdade que foram apenas dois posts em 10 dias.

baby-kissMAS EU SEI QUE ME ENTENDEM

Algumas cenas estiveram presentes nos últimos capítulos das minhas férias – e a maioria inclui gastronomia. Comilança, melhor dizendo. Rodrigo Pilla, o chef Magro, respectivo esposo da minha querida irmã e guitarrista da Bidê ou Balde, é um cozinheiro de mão cheia. Sim, nós abusamos dele sem nenhuma cerimônia. Sim, pedimos que fizesse um maravilhoso camarão no abacaxi, prato tailandês que é sucesso no Press Hilário, para 16 pessoas. Sim, ele fez.

Olha!

fila de abacaxisABACAXIS ENFILEIRADOS À ESPERA DO ARROZ COM CAMARÃO

magroCHEF MAGRO EM AÇÃO!!

E agora, senhoras e senhores….
O meu abacaxi!!
Olha!!

abacaxiOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!

Eu recomendo: na próxima ida ao Press Hilário peça este prato. É muito, muuuito bom. Tem um toque bem picante, já aviso. Mas eu gosto. Na noite anterior, mais comilança. Fomos com a Ju e o Lamachia conhecer o Elmo. O Elmo RestoBar, para quem não conhece, é um restaurante que fica escondido em Manantiales. Aliás, a moda em Punta del Este é restaurante escondido, daqueles que a gente quase precisa de uma bússola para encontrar. Mas eu tinha ouvido falar muito bem do Elmo e fomos de caravana atrás do tesouro escondido.

ELMOAQUI CHEGAMOS

Ficamos sentados na rua, pois só havia reserva para mesinha na rua. Sim, é preciso reservar com um dia de antecedência, pois está sempre cheio. Esta era a visão que eu tinha de dentro do restaurante, uma espécie de taberna toda de madeira. A especialidade do Elmo são as pizzas e eu não cogitei pedir outra coisa. Fui direto para o cardápio.

Olha!

ELMO CARDAPIODIFÍCIL, HEIN?
Pra ter uma idéia do preço, tirem o último zero sempre.
É o valor de cada uma em reais

Como eu amo queijo de cabra e não perco a oportunidade de comer queijo de cabra, escolhi a segunda opção. Chico concordou com o pedido.

Olha!

ELMO CABRAOOOOOOHHHHHHHHHH!!!
CROC CROC CROC CROC!!!

Estava divina. Aliás, duvido que exista alguma pizza ruim no Elmo. Ju e Magro foram de tomate natural e manjericão.

Olha!

ELMO TOMATEOOOOOOOHHHHHHH
CROC, CROC, CROC, CROC!!
Como estava escuro, colocávamos velas para fazer as fotos!

Lulu e Lamachia preferiram comer um fettucine com tomate e manjericão. Eu não tirei fotos porque eles não aconselharam a pedida e também porque não ia ficar uma coisa bonita. Explico: Lulu disse que o molho estava delicioso, mas o ponto da massa passou bastante e parecia mingau. Portanto, reafirmo minha dica: no Elmo, peça pizza. E agora eu peço licença para não saber por onde começar neste retorno. São muitas as opções.

Woman_writing_chalkboardME ACOMPANHEM, POR FAVOR

1) Desarrumar a mala
2) Fazer a lista do supermercado
3) Molhar as plantas
4) Recolher os jornais velhos
5) Abrir emails de uma caixa entupida
6) Pensar no jantar sem ter nada na geladeira.
7) Alimentar o animal.

bento clássicaFICO COM A OPÇÃO SETE

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Oi Mari,
    Bom retorno para ti! Para mim a pior parte é desfazer a mala, fico obsessiva, enquanto não estiver com tudo lavado e organizado não descanso. Bjs.

  2. Bem lembrado Mari, somente 2 posts em 10 dias mas estás perdoada foi por um não mas ótimos motivos e assim tb ficávamos com mais saudades das tuas histórias e das tiradas do Bento. Ah e concordo com a Elaine a pior parte é desarrumar as malas, bjos.

  3. Pobre Bento, ficou em sétima posição! Mas sabemos que no coração ele é o primeiro lugar! de volta a Porto Alegre, mas com férias merecidas e curtidas ao máximo, com certeza valeu cada minuto em família!! Bom retorno!!!!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.