Formiguinhas versus Mariana: a batalha doméstica já vai começar

Com o Bento aos gritos e Papaqui ao lado muda, mas dando aval à histeria do animal, eu cozinhava o pedaço de frango que costumo picar junto com a ração. Dou um franguinho cozido na água, sem sal, sem nada. Daí, guardo em um Tupperware junto com um pouco da água que sobrou da panela. Cada vez que vou servir a dupla, rego a ração com aquela água com gostinho de frango e misturo uns pedacinhos. Isso impede que eles façam o que chamo de “pescaria”, sabe assim? Me refiro aos espertinhos selecionarem apenas os pedacinhos de frango e deixarem a ração no prato. Como está tudo ensopadinho, molhadinho e parecendo uma coisa só, eles lambem o fundo do prato e ficam felizes da vida.

bento1123ELA ACHA QUE ENGANA A GENTE

manaNÃO NOS RESTA OUTRA OPÇÃO

feliz11HE HE HE

Como ia contando, estava eu cozinhando o tal pedaço de frango. Ao ficar pronto, tirei da panela e deixei no prato, em cima da pia, esfriando um pouco a bem de não queimar a delicada boquinha dos lhasas. Então, lembrei que não havia regado as plantas e fui fazer isso rapidinho na sacada. Quando voltei para a cozinha para servir os pratos dos dois…

mulher-com-vergonhaNÃO QUEIRAM SABER

Simplesmente, não havia mais pedaço de frango visível dentro do prato. Uma civilização daquelas formiguinhas bem pequenas e bem rapidinhas – que provocam até uma ansiedade na gente porque parecem que estão sempre atrasadas para alguma coisa – havia tomado de assalto o prato. Elas devoraram aquele frango como sanguessugas assassinas. O frango, ora branco e pálido, estava preto, consumido por elas.

Como exterminei as formiguinhas das plantas

As formiguinhas espraiavam-se pela pia, desciam pela porta do armário e faziam um mutirão no chão da cozinha. Eu fiquei hipnotizada por aquele ataque que havia saído não sabia de onde e sem saber por onde começar o extermínio. Sim, eu mato formiguinhas babando de prazer pelo canto da boca.

Woman looking crazy.ODEIO AS MALDITAS

Respeito todos os animais do planeta. De alguns tenho pânico, tipo sapo e lagartixa. Das formigas na rua, aquelas pretas, grandes e trabalhadoras, eu desvio deixando que sigam seu curso. Mas essas malditas e malfadadas formiguinhas têm todo o meu desprezo. Saí correndo até a despensa e peguei o álcool com borrifador. Nada mais me ocorria. Então, com o braço esticado e em riste, vim caminhando a passos largos da despensa acionando aquele borrifador feito um rifle.

httpwpclicrbscombrporaifiles201211woman-with-gun-psd543952pngMORRAM, DESGRAÇADAS!!!

Borrifei álcool pela cozinha inteira, em cima delas. Elas corriam desesperadas tentando escapar dos meus jatos certeiros, mas não dei trégua. Borrifei no prato, no frango, em cima da pia, no armário, no chão. Não sobrou uma para contar a história. Então, fui obrigada a jogar aquele pedaço de frango no lixo (me perdoe, Senhor) e a pegar um balde com água e Ajax para limpar a matança.

bento113NOSSA BARRIGA RONCAVA

Desde então, vivo um estado de alerta permanente: nada pode ficar em cima da pia, da mesa, fora da geladeira, aos olhos das formiguinhas. Elas estão por toda parte e prontas para dar o bote. Não é só  mim que essa praga resolveu incomodar. Várias pessoas têm me comentado da avalanche das malditas na cidade. Então, fui pesquisar a respeito para saber como evitá-las.

apresentador-de-circo2SENHORAS E SENHORES

httpwpclicrbscombrporaifiles201307tamborpngBAM BAM BAM

apresentador-de-circo2COMO MANTER AS FORMIGUINHAS LONGE DO LAR

Eis a informação que encontrei no site WikiHow: “Os primeiros sinais de formigas em sua cozinha representam um aviso. São elas as escoteiras que conferirão a sua cozinha em busca de sinais que a mostrem adequada à invasão. A seguir, será delas o trabalho de regressar ao ninho e informar as outras de que a cozinha está repleta de potencial. Não perca tempo e comece já a limpar a cozinha, selar todos os alimentos e remover todas as fontes de comidas grudentas, doces, gordurosas e que contenham carne do alcance das formigas”.

young-angry-woman-with-baseball-bat-in-hand1VOCÊS NÃO PERDEM POR ESPERAR, ESCOTEIRAS

Por onde começar: seguindo as primeiras formigas, as malditas escoteiras, a fim de descobrir de onde elas entram e para onde saem (eu descobri que elas entram e saem entre o azulejo e o mármore da pia. Chico acha que fizeram um ninho ali dentro). Solução: selar todos os orifícios de entrada possíveis. Como? Com selantes de silicone, betume, cola ou gesso. Métodos temporários podem incluir vaselina ou buchas.

woman-question21ESTAVA CERTO USAR ÁLCOOL, MARIANA?

Não muito… O ideal é água com sabão mesmo. Adicionar uma colher de sabão líquido com água em um borrifador e pronto: partir para o extermínio. Se quiser que elas fiquem mais loucas ainda, adicione óleo de menta, cascas de frutas cítricas ou óleo cítrico à água.

apa_17279_600UM SUQUINHO DE LIMÃO PRA VOCÊS!

Barreiras aromáticas também são eficazes. As formigas não gostam de alguns odores, como os de hortelã, pimenta e alho. Além de tudo, vou debulhar uma cabeça de alho inteira e vou esfregar bem esfregadinho na entrada daquele maldito ninho daquelas malditas sanguessugas de frango. Como se não bastasse, vou colocar na frente um vaso de hortelã. Mas o que eu gostei mesmo foi saber que posso matá-las pela boca. Que elas vão estrebuchar até começarem a babar. Como?

shouting-woman1FARINHA E FUBÁ!

 Há muitos alimentos que não podem ser digeridos pelas formigas, sabia? Eu não sabia. Pois vou entupir as esfomeadas de farinha crua e fubá. Elas vão colocar na boca, a farinha e o fubá vão distender o estômago e elas vão espernear até a morte

bento1113TU NÃO ACHA QUE ESTÁ SENDO MUITO CRUEL?

murderess-murderer-womanNÃO

Compartilhar
mariana kalil

mariana kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

12 Comentários
  1. Mari, eu descobri que o unico produto capaz de acabar com estas praguinhas é o Oleo de Eucalipto da marca Coala (ps: tem no Zaffari para vender 🙂 Tu vai ver, elas somem!

  2. SBP automático, instalado acima de 2m do piso. Mata todas as formigas (até aquelas que saem de “ninhos” atrás dos azulejos, dentro do concreto). Mata também mosca, abelha, barata. Dura 1 a 1,5 mês no nível baixo. Não tem cheiro e não mata as flores. Inacreditável: é a partir do primeiro dia de uso. Antes eu não podia deixar nada em cima pia, nem doce nem salgado, qualquer grão de arroz no piso já virava um formigueiro, agora posso deixar um pote de açúcar aberto na cozinha que não tem mais formigas! E então elas foram para o quarto, e eu pus um no quarto. E depois ela foram para a pasta de dente no banheiro e, então, tem outro no banheiro. É fantástico!

  3. Tem uma caixinha verde com iscas de formiga dentro, vende no zaffari tambem, elas levam as iscas pra dentro do esconderijo e ai matam o ninho.

    É jimo antiformiga o nome, se não me engano.

  4. Oi Mariana,
    tenho alguma experiência com essa pilantrinhas…rs. O fundamental e vc achar o local em que elas estão entrando e atacar ali! O resto são paliativos do momento…elas voltam em seguida.
    Eu moro em casa, então tenho tentativas de invasão de tempos em tempos, no calor e pior! Eu chamo as escoteiras de ” batedoras”, e são elas que chamam o exército mesmo. Quando encontro alguma, tenho que eliminar. Eu uso o Jimo do tipo njetavel, pq normalmente é uma fresta, e uso o spray pelo lado de fora da parede. Elas deixam rastros com cheiro, então é importante limpar esse rastro!
    Boa sorte!

  5. Mari, tem uns comedouros para nossos pets que são tipo aqueles vasos antigos que as nossas avós plantavam as roseiras, eles tem uma borda que a gente põe água e aí protege as comidinhas deles. Custam em torno de seis reais no centro. Aqui em casa funcionou, elas não atacam mais a ração da nossa gatinha Gigi…. 🙂 fabiane

  6. Oi Mariana,

    Lá em casa consegui sumir com as formigas usando um gel mata-formigas que tem no zaffari. Tem que colocar nos buraquinhos de onde elas saem e elas simplesmente desaparecem no mesmo dia.

    Eu tenho gatos e criança pequena, e é a única coisa de veneno que posso usar. No meu caso, elas vem do vizinho, pela porta de entrada, então coloco o gel debaixo do marco da porta de entrada e debaixo do marco da porta da cozinha.

    (o troço às vezes fica meio feio depois de um tempo, porque é grudento e fica parecendo sujeira, daí limpo tudo e encho de novo com o gel).

    Eu usava detergente também, mas não era muito eficiente, as formigas só sumiam na hora.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • 👌🏻♥️🤣 #vivaosensodehumor
  • Das preciosidades que encontrei na @loja_loveit ♥️ Tem post completo no site e Stories aqui no Insta deste primeiro #MariIndica com cafeterias da Capital! ☕️
  • Churrasco no Jangadeiros que começa no almoço e não termina na madrugada. #tbt dedicado a vocês @aleloureirodesouza @luciakalil @carloseduardosperotto @marlova_sperotto @alesperotto  @rodrigo_pilla e ao nosso amado Cabeco in memorian ♥️ Junho de 2010
  • Selfie! 🐶📸♥️ #bento #xerife #comendador #matusa
  • VAMOS?! ♥️ Repost @rsmoda_ O olhar atento da jornalista Mariana Kalil será destaque no RS Moda 2018. Mariana já trabalhou como repórter e editora nas redações das revistas Época, IstoÉ Gente e Donna, nos jornais Zero Hora, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil. Foi correspondente da Vogue no Rio de Janeiro e da BBC na Espanha. Muita experiência para compartilhar com você. Inscreva-se gratuitamente no link da bio.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
#RSModa #RSModa2018 #Sivergs #CentroDeEventosFiergs #Handmade #Moda #Fashion #RioGrandeDoSul #FeitoNoRS #MadeInRS #Business #FashionBusiness #ModaPlus #NegocioDeModa #Palestra #MarianaKalil #Jornalista #Conteudo
  • Quentinha #adorocapuz #coresdeoutono🍁🍂🍃