Aguardente à italiana, a grappa (ou graspa) é um ótimo e luxuoso “espanta frio”

Está com frio? Quer um café com graspa? Vocês já devem ter ouvido falar na velha tradição italiana de fechar uma refeição com uma boa xícara de café misturada a uma bebida chamada graspa. Potente e com alto teor alcoólico, o destilado é uma marca registrada na Itália. Aqui no Brasil não é tão fácil encontrar a bebida, até porque o método de elaboração é trabalhoso e culturalmente o brasileiro não tem por hábito beber.

Algumas vinícolas brasileiras a elaboram, mas a graspa boa mesmo é aquela artesanal, feita pelo pequeno produtor. Só que eles estão sumindo. As gerações dos antigos produtores não tem mais interesse em seguir o ofício, o que faz com que a tradição vá se perdendo. Mas tem um agricultor de Flores da Cunha, aqui na Serra Gaúcha, que produz. E é essa história que quero contar para vocês.

grapa1RENATO LOVATEL: ele tem como principal atividade na propriedade rural a elaboração artesanal de graspa

grapa2A GRASPA é uma bebida seca, digestiva, que revela nuances das uvas e da madeira – se for envelhecida

Renato herdou do pai, Luiz Lovatel, o método de elaboração da graspa. De uma dificuldade com a comercialização das uvas, há mais de 20 anos resolveu investir no alambique da família. Estudou, fez cursos, buscou métodos próprios para facilitar o trabalho e hoje já tem na La Grappa Licores e Destilados, o principal rendimento econômico da família – que trouxe, ainda, o turismo para o local em meio aos vales do distrito de Mato Perso.

Conta Renato:

– Hoje, a destilação do bagaço da uva e o turismo já representam o carro chefe da economia familiar aqui em casa. Com o passar dos anos, fomos agregando os licores e o nosso primeiro conhaque está quase pronto – conta ele.

A La Grappa está inserida no Roteiro Caminhos da Colônia e na Associação de Turismo da Serra Nordeste (Atuaserra). Toda a produção, que gira em torno de 2 mil litros por ano, é engarrafada e vendida na propriedade.

grapaPara quem quiser conhecer a propriedade La Grappa Licores e Destilados, fica na Capela São Tiago, no distrito de Mato Perso, interior de Flores da Cunha. Informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3026.6758,  pelo e-mail lagrappa@bol.com.br ou na página no Facebook.

Você quer ver como se elabora a graspa? Então acessa AQUI. Eu te conto todo o processo de elaboração e ainda mostro imagens do Renato produzindo a graspa!

Compartilhar
Andréia Debon

Andréia Debon

Jornalista e sommelier internacional, Andréia Debon é editora da revista Bon Vivant, publicação sobre vinhos e outras bebidas, turismo, gastronomia e tudo o que envolve os prazeres em torno da mesa. Participa de degustações e concursos de vinhos no Brasil e no exterior. À frente da publicação, viaja para países produtores de vinhos para conhecer novos produtos e investimentos em enoturismo.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Gorducha aderiu à moda da piranha 🐶♥️ Olha isso, @youhairstore! 🤣
  • As redes sociais hoje: DR até com a balança 🤣🤣🤣
  • O trio trabalhador deste feriado em que contamos para a @reginalimaoficial no Band Mulher nossas aventuras pelo Uruguai 🇺🇾♥️🐶 #porai #bandrs #bandemmovimento #turismoquatropatas #uruguay #uruguaynatural
  • Meu #tbt lembra minha primeira carteira de jornalista. Em uma época em que o jornalismo era imparcial, ouvia os dois lados e reportava a realidade dos fatos. Esta escola se perdeu, mas eu acredito que ela pode seguir viva entre aqueles que, como eu, fizeram o juramento pela verdade. Março de 1993
  • Três anos de adoção. Feliz Aniversário, minha Gorducha querida. Obrigada por este amor e este olhar ♥️🐶♥️ #18desetembro #adotaretudodebom
  • Né?! 🍫