Fui à feira de moda do Cine Coral

Semana passada, comentei entusiasmada neste post a respeito da feira de moda que seria inaugurada ali no extinto Cine Coral. Recebi muitos, muuuitos comentários – de gente que gostou da feira e de pessoas que, contagiadas com minha euforia, foram até lá conferir e se decepcionaram. Como eu havia dito, fui lá ver de perto a promessa de maravilhas a preços módicos.

Eu me entusiasmo com novidades bacanas e costumo dividi-las quando posso. Mas também gosto de ver in loco se o que estão me “vendendo” vale ou não a pena. E seria hipócrita se dissesse que a feira oferece o que promete: peças bacanas e grifes bacanas. Não vi nada disso.

Sim, eu também fiquei decepcionada. Mas, uma vez lá, tratei de tentar fazer do limão uma caipira. E anotei algumas coisinhas interessantes. Por exemplo: para mulheres que gostam de sapato, a feira tem várias opções bacanas. Gostei, particularmente, do estande da Zanini Barcelos e de um modelo em veludo, com salto plataforma e uma fitinha delicada de amarrar em cima do pé. Também achei as sapatilhas animal print um bom investimento.

Em outro estande (pensei que tinha anotado o nome, mas me enganei), achei bem bonitas as carteiras em palha, muito usáveis no verão. Esse estande é o mesmo que vende tiaras com couro e plumas – alguns modelos são bem bonitinhos.

Enfim, é isso. Desculpem se não consegui conter minha emoção ao ser informada que a feira seria uma maravilha e acabei contagiando vocês com um programa que está muito, muito longe de ser imperdível. Fica aqui meu mea culpa.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Mariana, tudo bem? Vc. se equivocou ao só dar destaque às grifes internacionais, pois a feira trabalha – eu estive lá domingo – tb e principalmente com excelentes marcas nacionais, inclusive do Vale do Sinos. Há multimarcas e marcas próprias. Considero que jornalista não deveria se “empolgar” mas, ao receber um release, correr para o local e conferir in loco, o que não aconteceu neste caso. Você agora quer remediar o seu erro sendo crítica ao extremo. Desculpe, mas nem tanto ao céu nem tanto à terra. Eu encontrei produtos ótimos a preços reduzidos, sim, mas sabia exatamente o que queria adquirir.

  2. Mariana, tudo bem? Vc. se equivocou ao só dar destaque às grifes internacionais, pois a feira trabalha – eu estive lá domingo – tb e principalmente com excelentes marcas nacionais, inclusive do Vale do Sinos. Há multimarcas e marcas próprias. Considero que jornalista não deveria se “empolgar” mas, ao receber um release, correr para o local e conferir in loco, o que não aconteceu neste caso. Você agora quer remediar o seu erro sendo crítica ao extremo. Desculpe, mas nem tanto ao céu nem tanto à terra. Eu encontrei produtos ótimos a preços reduzidos, sim, mas sabia exatamente o que queria adquirir.

  3. Cara Nina. Não cometi erro algum. Apenas informei o que me foi apresentado. Que era a primeira vez que Porto Alegre receberia grandes grifes internacionais. Compartilhei a informação com os leitores, como fazem os jornalistas. E, como jornalista que sou, fui lá conferir para fazer a cobertura, como também se faz no jornalismo. Dei minha opinião: me decepcionei. Se minha opinião não é do seu agrado, aí a discussão já é outra. Att. Mariana

  4. Cara Nina. Não cometi erro algum. Apenas informei o que me foi apresentado. Que era a primeira vez que Porto Alegre receberia grandes grifes internacionais. Compartilhei a informação com os leitores, como fazem os jornalistas. E, como jornalista que sou, fui lá conferir para fazer a cobertura, como também se faz no jornalismo. Dei minha opinião: me decepcionei. Se minha opinião não é do seu agrado, aí a discussão já é outra. Att. Mariana

  5. Mariana, acho que você está fazendo uma crítica muito direcionada, não acho que combina com o seu perfil. Fui à feira e confesso que o que me chamou à atenção foram duas lojas, que não esperava encontrar: Artesanías e Carmen Moreira. O acabamento da Carmen Moreira é lindo. Particularmente, adoro fiação manual e peças com tricot, vale a pena conferir.
    A Artesanías oferece produtos artesanais, como porta-treco, ‘bandeja’ com almofada para notebook… Resumindo, de tudo um pouco.
    Não podemos ser ríspidas, é a primeira edição da Poa Fashion Offer.
    Atenciosamente, Aletha.

  6. Mariana, acho que você está fazendo uma crítica muito direcionada, não acho que combina com o seu perfil. Fui à feira e confesso que o que me chamou à atenção foram duas lojas, que não esperava encontrar: Artesanías e Carmen Moreira. O acabamento da Carmen Moreira é lindo. Particularmente, adoro fiação manual e peças com tricot, vale a pena conferir.
    A Artesanías oferece produtos artesanais, como porta-treco, ‘bandeja’ com almofada para notebook… Resumindo, de tudo um pouco.
    Não podemos ser ríspidas, é a primeira edição da Poa Fashion Offer.
    Atenciosamente, Aletha.

  7. Oi Mariana. Estive visitando a feira nessa semana. Tem muitas coisas bacanas, como a Celibatto (marca que tu citou e havia esquecido o nome, rsrsrrsrs) além disso, a Impeccabile tem calçados femininos lindos e super baratos. Outras duas marcas que me deixaram besta (mas sem produtos pra mim) foram a Artesanías e a Carmen Moreira. Os caras realmente investem no trabalho manual e fica lindo! Vale a pena, mas como todos os eventos que frequentamos, sempre há um ou outro ponto negativo. É natural. Abração, Doug.

  8. Oi Mariana. Estive visitando a feira nessa semana. Tem muitas coisas bacanas, como a Celibatto (marca que tu citou e havia esquecido o nome, rsrsrrsrs) além disso, a Impeccabile tem calçados femininos lindos e super baratos. Outras duas marcas que me deixaram besta (mas sem produtos pra mim) foram a Artesanías e a Carmen Moreira. Os caras realmente investem no trabalho manual e fica lindo! Vale a pena, mas como todos os eventos que frequentamos, sempre há um ou outro ponto negativo. É natural. Abração, Doug.

  9. A FEIRA É SHOW, PREÇOS IMBATÍVEIS, NOVIDADES, MARCAS CONSAGRADAS, ATENDIMENTO DE PRIMEIRO MUNDO.
    PAREM DE RECLAMAR POR BOBAGEM E COMPREM COMPREM MUITOOOOOO.
    BJS

  10. A FEIRA É SHOW, PREÇOS IMBATÍVEIS, NOVIDADES, MARCAS CONSAGRADAS, ATENDIMENTO DE PRIMEIRO MUNDO.
    PAREM DE RECLAMAR POR BOBAGEM E COMPREM COMPREM MUITOOOOOO.
    BJS

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.