Minhas escolhas do red carpet 2012

Fui eleita no jornal para fazer a seleção dos melhores e piores looks do Oscar. Está publicado hoje em ZH.

Ontem, achei que fosse enlouquecer. No meu tempo (hahahaha!!), quero dizer, quando me formei, existia só a TV na cobertura. A gente ficava vendo, selecionando as fotos que entravam por agência e pronto. Não tinha Instagram, Facebook e Twitter. Ontem, eram tantos palpites e um tal de “gostei” e “não gostei” no Twitter que eu achei que fosse ter um piripaque e cair dura na tentativa de acompanhar tudo.

Passada a tormenta, hoje acordei…

… matei o Bento de tanto passear pra ver se ele me deixa um pouco em paz e agora, na tranquilidade do escritório, consigo analisar melhor tudo o que se passou no red carpet. Pra variar, não tenho o tempo que gostaria pra falar de tuuuuuudo, mas vamos a alguns comentários da Mariana palpiteira.

Como todas, estava ansiosa para ver Angelina Jolie. Não dá pra dizer que errou, até porque uma mulher como Angelina não fica feia, né? Mas eu acho que ela foi meio displicente, sabe assim?

1) Achei vulgar essa coisa de ficar toda hora – no tapete vermelho e no palco – mostrando a perna na fenda do Versace. Jolie não precisa disso.

2) Achei que podia ter prendido o cabelo e ter tido um pouquiiinho mais de postura de superstar.

Antes de continuar: me desculpem a discrepância de tamanhos de uma foto pra outra, mas não tenho um staff que me ajude com isso, sabe? E como sou uma nerd tecnológica – e como vocês sabem disso – tenho certeza que não vão se importar ;-)

Muito bem, Bérénice Bejo foi uma das minhas preferidas. Adorei a cor do vestido de Elie Saab, um verdinho claro com toque de frescor, adorei o estilo manga comprida, adorei a cor do cabelo e o penteado, um mix de coque com tranças. E amo, AMO cabelo preso com brincões.

Emma Stone foi incrível também nessa escolha do designer Giambattista Valli. Reparou na cor de cabelo das duas? Ruivo não é demais? As joias estavam discretas em contraposição à cor pink e ao modelo com laçarote extragrande. A maquiagem (e daí vocês podem ver nesses sites que recortam cada detalhe do figurino, o que não é meu caso) também foi clean e discreta. Uma das melhores da noite, na minha opinião.

Posso gritar? EU AMO GWYNETH PALTROW! Ela baila em cima de todo mundo, ela subverte a ordem das coisas, ela dá novas diretrizes pra moda, ela é demais. Num universo de caudas e penteados e makes e joias e bordados e babados… Olha o que ela fez! Chamou o amigo Tom Ford e disse: “Eu vou de look sequinho, básico, com uma capa que tiro na hora de apresentar o prêmio, de rabinho de cavalo baixinho e só uma pulseira e aneis incríveis. Chris Martin, tu tem noção da mulher que tem em casa?


Pois bem, Jessica Chastain. Giste e não gostei. Gostei (de novo) da cor do cabelo. Gostei da escolha do meio preso meio solto. E gostei do vestido Alexander McQueen. Mas acho que ela tem muito frescor para um vestido tão pesado. Envelheceu o visual. Eu teria escolhido menos bordados e uma cor mais suave.

Ah, Meryl Streep parece enrolada numa cortina nos idos anos 1980… Ah, Meryl Streep não acerta nunca…. Tinha de tudo no Twitter ontem. Eu? Eu adorei Meryl Streep. Cheia de personalidade, classuda, elegante, demais! E fez o melhor e mais autêntico discurso da noite. E só ela é capaz de levar um fiasco de filme como Dama de Ferro a dois Oscar – atriz e maquiagem. E tenho dito. E não falem mal de Meryl perto de mim. Hahahaha!

Ui, fotão… Hahaha!! Bem, fiquei numa dúvida cruel quando vi Michelle Williams. Não sabia se gostava ou não. Costumo gostar das escolhas dela, mas essa estava difícil de me passar na garganta. Fiquei pensando nos motivos.

1) Gosto da cor coral, mas não acho que combine com ela e com essa cor de cabelo.

2) Acho que chega de cabelo curto joãozinho.

3) Acho ela do tipo mignon, e o vestido, cheio de babadinhos e peplum, deu um ar de abajur de cabaré, sabe? Hahaha, ai, Mariana acabou com o modelo Louis Vuitton, credo!

4) E esse brochezinho meigo na cintura me incomoda um pouco.

Adoro Rooney Mara, acho uma das atrizes de mais personalidade que já apareceram nos últimos tempos, achei lindo o vestido Givenchy. Mas faltaram umas joias. Parece menina pobrinha, o que, de longe, não é o caso dessa herdeira de família milionária.

1) Acho também que andam faltando umas aulinhas de pilates pra postura.

2) E faltam uma aulinhas pra que ela entenda que agora é uma superstar. Chega dessa cara de envergonhada e assustada.

Linda, linda, linda, linda, Milla Jovovich. Eu falava de atitude, né? Pois é. Aqui há de sobra. Repara na diferença do olhar da Milla para o olhar da Rooney. É disso que falo: postura. E a roupa? O que era esse vestido de Elie Saab? Tudo tinha completa sintonia. A clutch de Edie Parker, o esmalte perolado, a boca vermelha. Milla foi hors concours pelo conjunto da obra.


Conhecem a expressão “a pessoa sai da periferia, mas a periferia não sai da pessoa”, né? Tudo o que tenho a dizer sobre Jennifer Lopez.


Adoro Natalie Portman, mas NUNCA consigo achar que ela faz as escolhas certas. Achei péssimo esse vestido poá com essa bolsa preta e esse cabelo e esse colar e esse esmalte….

Pra terminar….

, onde estava o Bardem para não deixar você sair de casa com esse cabelo?

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Maaaari, seus comentários são demaaaaais! Mas não fale mal da J.Lo, ela é MUSA! hahahaha ah eu gostei do vestido dela… Mas da Portman pode falar mal, hehehe, nunca consigo gostar das escolhas dela também.

  2. Maaaari, seus comentários são demaaaaais! Mas não fale mal da J.Lo, ela é MUSA! hahahaha ah eu gostei do vestido dela… Mas da Portman pode falar mal, hehehe, nunca consigo gostar das escolhas dela também.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.