Surpreendidos pela enchente

Bento achou que eu estava morta. E eu também. Simplesmente nesta segunda-feira, 1 de julho, não conseguia me levantar. Nove horas e nada. Eu nunca fico na cama além das 7.  Não acordei com despertador, mas com os espirros do animal.

TU TÁ BEM?

Sim, eu acho que estava bem. Ao menos viva eu estava. Olhei para o relógio e saltei da cama feito um lambari chamuscado na grelha.

NOVE DA MANHÃ??

Escovava os dentes enquanto fazia uma rápida retrospectiva do domingo. Foi quando lembrei do motivo de estar semi-morta.

TIVE PENA DELA

Tenho uma mini-lavadora de roupas para lingeries.

MUITO PRAZER!
SOU A LAVADORA OVO DA MARIANA!

Ganhei de presente de casamento. Eu amo a minha mini-lavadora, nós sempre tivemos um relacionamento ótimo – apesar de achar que ela podia se dar ao trabalho de centrifugar as lingeries, o que ela não faz alegando contribuição para a destruição das mesmas. Como ia dizendo, já são mais de três anos de parceria. Ontem à noite, porém, nossa amizade ficou seriamente abalada.

FOI UMA SACANAGEM DAS GRANDES

Antes de entrar no banho, coloquei algumas peças dentro da Ovo. Na saída do banho, ia cantarolando até a cozinha para fazer uma massinha com molho de tomate quando de repente….

JESUS AMADO!!!
O QUE É ISSO AQUI, BENTO??

BENTOOOOOOOOOO!!!!!

EU DORMIA EM CIMA DO SOFÁ

Num primeiro momento, achei que o Bento tivesse feito algo que nunca faz: xixi dentro de casa. No caso, xixi na cozinha. Então, fui seguindo o rastro daquela aguaceira e percebi que não era xixi. Havia vazado água da minha mini-lavadora. Tanta, mas tanta, mas tanta água que ela se espalhava por toda a área de serviço, pelo banheiro da área de serviço, pela despensa e escorria até a metade da cozinha. Chegava a fazer onda, sabe assim?

FAZIA ONDA

Não há ralo para escoar a água nessa parte da casa. Então, eu, Mariana, 40 anos e banho recém-tomado e com fome, me atirei de balde e pano no chão sem saber por onde começar. A água escorria para baixo das outras lavadoras maiores, molhava tudo que estava pelo chão. Eu fiquei uma hora e meia secando o chão.

UMA HORA E MEIA SECANDO O CHÃO

TIVE PENA DELA

O que aconteceu quando saí da posição quatro patas para me tornar uma criatura de duas pernas?

ESTAVA TODA QUEBRADA

O que aconteceu então? Não tomei um comprimido de Musculare 5mg. Tomei dois. Tomei 10 miligramas de Musculare. Me joguei em cima do sofá pra assistir o jogo e aguentei até a metade do segundo tempo. Musculare dá sono-  e babando eu fiquei no sofá até o final do Fantástico, babando eu fui arrastada para a cama e toda babada eu acordei hoje

ÀS 9 DA MANHÃ!!

O animal já dava mortal de costas para passear. E eu lembrei que havia dito para a Rosa fazer sopa de legumes para deixar na geladeira. Mas e os legumes? Onde estão os legumes?

ESTÃO NO SUPERMERCADO!

Sem saber o que fazia primeiro – se passeava com o animal, se tomava meu café ou se saía correndo até o supermercado -, eis que a mão de Jesus aliviou minha alma. Conduziu meu olhar até o ímã da tele-entrega do Paulinho da Cobal colado na lateral da geladeira.

OBRIGADO, SENHOR

Então, para lá eu liguei e pedi abóbora, berinjela, cenoura, tomate, cebola, mandioquinha, brócolis e o favor de entregar tudo aos cuidados da Rosa. E neste momento a Rosa corta todos os legumes lépida e faceira da vida – sem que eu tenha precisado colocar os pés no supermercado em plena segunda-feira e atrasada.

ESTOU MUITO FELIZ!!

Vou pegar um café e já volto.

TENHO OUTRAS HISTÓRIAS PRA CONTAR

JÁ PASSEAMOS, GRAÇAS A DEUS

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

9 Comentários
  1. Isto acontece, SEMPRE AOS DOMINGOS QUANDO NÃO TEMOS QUEM AJUDE!Gosto de tuas crônicas ilustradas , em pílulas. Minha mãe (92 anos) também gosta. Conheço teu pai, pois sou bageense, mamãe conheceu teus avós e demais familiares.Tu está dando um colorido muito especial ao Caderno Donna. Está DEZ. ABs

  2. É tão bom , tão gostoso ler tuas postagens !!!!! me fazer rir com vontade !! me deu uma peninha ,teres q secar todo teu chão !!!!! olha como vou te consolar : tem coisa bemmmm pior : semana passada , tive uma indisposição as 3hs ,madrugada ( a última vez q vomitei foi na minha gravidez , 33 anos anos atrás ) e sozinha em plena madrugada , tive q lavar todo o banheiro e chorar , chorar e chorar !!!!!! bjssssss

  3. Boa tarde Mariana. É verdade quando dizem que sempre tem alguém com problema maior.Exemplo:acordei também tarde, as 9.00h. Depois do café, fui para a garagem pois é la que o Biliskinha faz xixi, então todos os dias eu limpo na boa. Quando me dirigia para la minha sala da frente exalava xixi. Em três lugares, sendo que num deles era um lago! Também tive que me virar sozinha e era xixi e não água. Viste? Te consola. kkkkkkk Beijos.

  4. Comprei uma Mini Silent da Electrolux, além de ser de embutir na parede, é pequena (capacidade 3kg) lava e centrifuga e é liiinda. Adeus às enchentes. :)

  5. Que lindinha que é essa máquina. Sempre quis saber se elas funcionam de verdade, hehehe! Agora fiquei com medo!!!
    Ninguém merece secar chão sem um ralo pra escoar… dá uma trabalheira só…

  6. Ahhhh Mariana tô aqui morrendo de dó de ti, até porque passei por isso com uma lavadora graaande, daquelas que inundam o apê inteiro, e eu morava em genebra e não sei porque cargas d’agua europeu odeia ralos, NÃOEXISTERALONAEUROPA !!! pelamor, tive que usar todas toalhas de banho da família, ahhh não posso nem lembrar daquele pesadelo :(

  7. Acabei de lembrar que passei por uma dessas. Quando fazia mestrado e dividia um apto com colegas da faculdade, tínhamos a máquina de lavar numa varanda que ficava ligada aos dois quartos. Certo dia acordei com um barulho de chuva, engraçado porque era época de seca em Brasília, ehheeh. Fui levantar da cama e coloquei o pé num chão inundado!!!! A mangueira da máquina havia arrebentado. A varanda até tinha um ralo, mas tinha inclinação pra dentro da casa, um horror arquitetônico, hehehe. Alagou os dois quartos, e isso lá pelas 4 da madrugada. Tivemos que secar tudo, de pijamas e sonolentas.

Deixar uma resposta Cancelar Resposta

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.