Lavar o cabelo com Coca-Cola é garantia de fios brilhantes. Vai encarar?

Quem começou com esta onda foi a modelo e atriz Suki Waterhouse, ex-namorada do ator Bradley Cooper. Então, foi aquela coisa: uma mulher influente fala que ;e adepta de algo – por mais absurdo que seja – e este algo logo vira uma febre de consumo. No caso, estamos falando em lavar o cabelo com… Coca-Cola! Disse Suki à revista US Weekly:

– Não gosto  do meu cabelo depois de lavado, fica muito lisinho e certinho. Prefiro quando uso Coca-Cola no lugar de água e shampoo. O refrigerante garante um estilo despenteado aos fios, como se eu tivesse saindo da praia.

Foi o que bastou para que vlogueiras, blogueiras, youtubbers e afins experimentassem a técnica. A maioria relatou que os cabelos ganharam, sim, esses aspecto mais rebelde, como se elas estivessem borrifado aqueles produtos salt spray.

Hair-Romance-sea-salt-spraysPRODUTOS SALT SPRAY: A MESMA FUNÇÃO DA COCA, MAS FEITOS PARA OS CABELOS

Uma das explicações para o resultado seria o ácido fosfórico presente no refrigerante. Segundo entrevista da tricologista Viviane Coutinho ao jornal O Globo, este ácido supostamente deixaria o cabelo mais brilhante. Disse ela à publicação:

— Além disso, a Coca-Cola tem um ph baixo, logo é ácido, e o ph ácido tem o resultado no cabelo de selar cutículas, dar brilho. Como apresenta uma grande quantidade de açúcar, também supostamente traria brilho e maciez, já que o açúcar é um umectante natural.

Segundo Viviane, há duas maneiras diferentes de usar o refrigerante nos fios, o que também causaria efeitos distintos:

— Quando usado após o xampu, tendo um período de pausa e sendo enxaguado e seco, os relatos são de cabelos macios, soltos e brilhosos. Já quando se seca com a coca no cabelo, o efeito fica bagunçado, mais ondulado, mais texturizado com acabamento moderno e despojado.

suki-640x427SUKI WATERHOUSE: COCA-COLA PARA FIOS MAIS REBELDES

Viviane esclarece que a Coca-Cola não é e não deve ser usada como um produto de beleza:

— Não há nada comprovado, não há estudos. Não sabemos precisamente o mal que faz, principalmente pela quantidade de corantes. Portanto, é mais indicado ter cautela e usar produtos conhecidos para essas finalidades.

Alguém se habilita a testar?
Veja vídeos de quem se atreveu a mergulhar a cabeça na Coca!

 

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.