Inspira, expira, inspira…

Acho que faz um pouco menos de um ano que eu estava passando na Oscar Freire, em São Paulo, e pimba! Dei de cara com uma vitrine linda, bem discreta, com umas sapatilhas que eram tudo o que eu precisava para ser feliz. Só que os preços me levaram a uma infelicidade absurda. Eu até pagaria, coisa e tal, já que acredito que sapatos, bolsas, óculos e afins funcionam como uma espécie de investimento. Mas fato é que eu vivia uma fase de pão durismo absurdo. Coloquei em prática a respiração iogue, segui meu rumo e resolvi abstrair que Alexandre Birman existia.

Minha negação a Alexandre Birman durou até hoje. Acabo de lembrar de sua existência ao saber que o todo-poderoso da Schutz, o homem que dá nome a uma linha premium de sapatos e que é vendida na Saks Fifth Avenue, Bergdorf Goodman e Neiman Marcus, além de outros endereços bacanas, acaba de criar uma coleção de bolsas, clutches, cintos e pulseiras para o verão 2012. Tudo em python.

Devo saber em breve, pois já estou sondando por aí, se as maravilhas serão vendidas aqui em Porto Alegre, na Schutz. Se forem – e se o budget de vocês não tiver condições de encarar -, deixa comigo. Ensino a todas a praticar o desapego que o inspira-expira da ioga me ensinou.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.