Nuni Acessórios, a marca de bijoux que transforma nosso dia para melhor!

Tenho uma querida amiga carioca, com pedacinho de alma gaúcha e família também, e que mora no Rio. Ela chama-se Ana Petrik, a Aninha. Aninha é irmã de outro querido amigo, o Tiago, que também vive no Rio e é um dos maiores fotógrafos que conheço. Sabe o site RIOetc? Aquelas imagens incríveis de moda e estilo são assinadas pelo Tiago – e outras tantas imagens incríveis de tantas outras paisagens incríveis também (as imagens deste post são dele). Arte, portanto, está no sangue dos meus dois queridos amigos.

Graças ao advento do WhatsApp, vivo em contato com a Aninha. Dia desses, ela me escreveu dizendo: “Mari, estou deixando a assessoria onde trabalho para me dedicar exclusivamente à Nuni. Queria muito que você fosse a minha it girl aí no Sul”. Que honra, amiga querida!

Olha!

unnamedJÁ SOU!
Amei! Beeeem leve!

A Nuni Acessórios é a nova marca de acessórios e bijoux da Ana Petrik. Aninha transformou em um lindo negócio algo que sempre povoou sua alma e serviu como terapia ao longo da vida: criar e confeccionar bijoux. Costumava fazer bazares na casa de sua mãe, no Rio, e quando eu vivia lá lembro muito bem de frequentar alguns. Nunca dava para sair de mãos abanando.

Era um acessório e uma bijoux mais linda do que a outra – e algo que considero fundamental: eles tinham o poder de transmitir a boa energia da Aninha. Não por acaso, cada peça da Nuni traz no verso da embalagem a seguinte e verídica frase: “Esta peça foi feita com tanto amor, que cada vez que você usar, algo fantástico irá te acontecer! E então, você vai querer usar todos os dias!”.

aninha6-costasMENSAGEM COM AMOR NO VERSO: CARINHO PARA QUEM USA

Aninha adora misturar materiais variados, como cordas, resina, metal e acrílico. Sua especialidade são colares e brincos – brincões! E quem me conhece bem sabe da minha paixão declarada por brincões! Muitos dos materiais que ela utiliza são retirados de lugares não habituais para as bijuterias, como peças de cortinas ou achados pelas andanças da Ana. A última minicoleção foi inspirada em Matisse e Mondrian – brincos e colares cheios de cor feitos de acrílico.

aninha2PEÇA DA MINICOLEÇÃO INSPIRADA EM MONDRIAN: COR E ACRÍLICO

O negócio da Aninha apenas iniciou – e já é um sucesso. No Rio, está à venda em uma das lojas mais bacanas da cidade, a Via Flores. Aninha pediu que eu avisasse que é possível comprar pelo Instagram da Nuni e pelo Whats App. Sabe aquele brinco que estou usando lá no começo do post? Escolhi pelo Insta da Nuni.

Deixo aqui os contatos para quem curtiu!
nuniacessorios@gmail.com
Telefone e Whats App: (21) 98836-4050
Instagram: nuni_acessorios

aninha3QUASE MORRI, OU MELHOR, MORRI MESMO DE AMORES POR ESTA ARGOLA!
Comprando em 3, 2, 1…

Logo logo, a Nuni estreará o site próprio e o sistema de-commerce. Então, o trabalho de Aninha vai voar, vai voar bem alto, acima das estrelas. Porque é isso que acontece com quem coloca amor naquilo que faz.

aninhaAVANTE, AMIGA QUERIDA!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Muito havia ouvido falar de que filhos de nossas irmãs são nossos filhos também. Mas a teoria sempre só faz sentido quando a realidade se confirma. Quando João Benício nasceu, me tornei tia – e ser tia é o maior presente que um irmão e uma irmã podem nos dar. Ser tia é descobrir a maternidade de outra forma, é descobrir um amor que não sabíamos que existia. Quando me tornei tia, passei a enxergar as crianças sob outra ótica, com mais ternura e paciência. Passei a entender também a falta de paciência das mães em muitos momentos. Quando me tornei tia, passei a sentir mais saudade, passei a beijar e a abraçar mais. Passei a me preocupar mais com a humanidade, com o futuro, com o legado das pessoas e das coisas. Quando João nasceu, me tornei um ser humano melhor. Ser tia é amar profundamente uma pessoa que parece ter saído de dentro de nós. É encontrar tempo onde antes só havia falta de tempo. É segurar no colo, é não sentir dor no braço, é aguentar sem reclamar a dor nas costas. É deixar a garrafa de vinho e o Netflix de lado numa sexta-feira à noite para deitar ao lado de quem insiste em se manter acordado. Tias também são mães, são capazes de amar como mães. Tias são a segurança das mães de que, em qualquer ausência delas, amor é o que jamais faltará. Porto Alegre, agosto de 2015. #joãobenicio #amordatia #amordadinda
  • Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. Pecado capital, viu Gorda?
  • Abdominal, substantivo masculino. Preguiça, substantivo feminino. #chico #gorda
  • Observe os seus pensamentos, eles se transformam em palavras. Observe suas palavras, elas se transformam em ações. Observe suas ações, elas viram seus hábitos. Observe seus hábitos, pois eles se transformam em seu caráter. Observe seu caráter, pois ele se torna o seu destino. 🙌🏻♥️🙏🏻 Lao Tzu, filósofo e escritor da Antiga China, fundador do taoismo filosófico e religioso.
  • “Nunca estou mais acompanhado do que quando estou sozinho.” Carlos Drummond de Andrade. 🙌🏻
  • Durante anos e anos e anos que somam mais de uma década, essa foi nossa história: de aeroportos em aeroportos, nos mudamos 12 vezes de casa. Cruzamos estados, fronteiras, oceanos. Como escreveu Machado de Assis, “felizes os cães, que pelo faro descobrem os amigos”. Feliz de mim, que pelo faro também te descobri, Bentolino. E lá se vão 18 anos de jornada. 🙌🏻🐶♥️ Rio de Janeiro, 2012. #tbt #bento #xerife #companheirodejornada